Ansiedade, Enfrentamento e Rede Social Significativa do Cuidador de uma Criança com Queimaduras

Adriano Valério dos Santos Azevêdo Maria Aparecida Crepaldi Sobre os autores

Resumo

A pesquisa objetivou identificar e analisar ansiedade, enfrentamento e a rede social significativa do cuidador de uma criança com queimaduras. Trata-se de um estudo de caso por meio de seguimento do cuidador em duas fases: 1. Momento da hospitalização da criança, e 2. Durante o retorno à Unidade hospitalar. O cuidador é representado pela figura materna, casada, e tinha mais de três filhos. Foram utilizados instrumentos para identificar indicadores de ansiedade, enfrentamento e redes sociais, além de entrevista e questionário sociodemográfico. Os dados foram analisados por meio de frequência, médias e exploração qualitativa. Os resultados mostraram que a ansiedade apresentou um indicador leve, as estratégias de enfrentamento foram focalizadas nas práticas religiosas, no problema e suporte social. As redes sociais foram constituídas prioritariamente por pessoas da família e integrantes da comunidade, além de amigos e equipe de saúde. Ajuda material e apoio emocional foram as principais funções da rede, e a função de guia cognitivo foi específica da equipe de saúde. Os resultados evidenciam a necessidade de acompanhar o cuidador familiar durante o período de hospitalização e reabilitação da criança para que se torne possível oferecer atenção integral às suas necessidades.

Palavras-chave:
Ansiedade; enfrentamento; rede social significativa; queimaduras; criança hospitalizada

Sociedade Brasileira de Psicologia R. Florêncio de Abreu, 681/1005 - CEP 14015-060 / Ribeirão Preto - SP, Brasil - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: comissaoeditorial@sbponline.org.br