Preditores da Aprendizagem em um Curso a Distância: Um Estudo com Profissionais da Saúde Pública

Alline Alves de Sousa Thaís Zerbini Sobre os autores

Resumo

Ações educacionais ofertadas a distância são utilizadas frequentemente por profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil. Esta pesquisa consistiu na avaliação de preditores da aprendizagem em um curso de especialização a distância ofertado para profissionais da saúde pública por uma Universidade. O trabalho apresentou o objetivo geral de analisar a influência de variáveis relacionadas às características da clientela (dados pessoais, dados profissionais, bem-estar no trabalho) e à reação ao curso (reação aos procedimentos instrucionais e reação ao desempenho do tutor) no processo de aprendizagem. A coleta foi realizada pela internet, participaram 125 alunos. As médias dos itens da Escala de Bem-estar, da Escala de Reação ao desempenho do tutor e da Escala de Reação aos procedimentos instrucionais ficaram localizadas próximas ao ponto médio da escala. Com relação à aprendizagem, identificaram-se médias altas nas atividades avaliativas dos alunos do curso (notas). Os questionários de bem-estar e de reação mostraram-se válidos a partir das análises realizadas. Análises de regressão múltipla mostraram que a reação aos procedimentos instrucionais e a área de atuação profissional predizem significativamente o processo de aprendizagem na amostra. Verificou-se que este trabalho agregou novos conhecimentos para a área de avaliação de treinamento a distância em saúde pública.

Palavras-chave:
Educação a distância; aprendizagem; profissional de Saúde Pública

Sociedade Brasileira de Psicologia R. Florêncio de Abreu, 681/1005 - CEP 14015-060 / Ribeirão Preto - SP, Brasil - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: comissaoeditorial@sbponline.org.br