Tradução e adaptação transcultural da versão brasileira da Driving Anger Scale (DAS): forma longa e forma curta

Jessye Almeida Cantini George Oliveira Santos Eduardo de Carvalho Machado Antonio Egídio Nardi Adriana Cardoso Silva Sobre os autores

Introdução:

A raiva na direção de veículos tem atraído a atenção de pesquisadores nos últimos anos, pois pode induzir as pessoas a dirigirem agressivamente ou a adotarem comportamentos de risco. A Driving Anger Scale (DAS) foi criada a fim de avaliar a propensão de motoristas a se tornarem agressivos ou raivosos enquanto dirigem. Este estudo descreve a adaptação transcultural de uma versão brasileira da forma longa e da forma curta da DAS.

Método:

O processo consistiu em quatro passos: duas traduções e duas retrotraduções elaboradas por avaliadores independentes; elaboração de uma versão sintética por quatro especialistas em saúde mental e comportamentos na direção bilíngues; posterior aplicação experimental; e, finalmente, investigação da equivalência operacional.

Resultados:

Foram definidas e são apresentadas as versões finais da forma longa e da forma curta da DAS em português brasileiro.

Conclusões:

Este importante instrumento, que mensura a raiva na direção e comportamentos agressivos, está agora disponível para avaliar os comportamentos na direção da população brasileira, facilitando a pesquisa nesse campo de estudo.

Adaptação transcultural; psicometria; veículos automotores; condução de veículos


Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul Av. Ipiranga, 5311/202, 90610-001 Porto Alegre RS/ Brasil, Tel./Fax: (55 51) 3024 4846 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: trends@aprs.org.br