Accessibility / Report Error

A ordem carnavalesca

The Carnival order

MARIA ISAURA PEREIRA DE QUEIROZ Sobre o autor

A autora estuda as manifestações carnavalescas nas cidades de Tatuí, Piracicaba e São João del Rei. Baseando-se nas observações das formas pelas quais o Carnaval é celebrado nos bailes e nas ruas, questionam-se as interpretações que concebem o Carnaval como um lugar aonde as normas às quais os cidadãos se adaptam cotidianamente parecem abolidas. Pelo contrário, a pesquisa mostra que a estrutura social permanece durante estas festas, o que pode ser notado pela separação entre espectadores e foliões nas ruas, e na presença dos diferentes grupos sociais, cada um em seu respectivo bloco carnavalesco. Estes fatos apontam que as origens sócio-econômicas das pessoas se mantém e se reproduzem durante o Carnaval.

Carnaval; ordem; estrutura social; cotidiano


Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, 05508-010, São Paulo - SP, Brasil - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: temposoc@edu.usp.br