Tempo Social, Volume: 6, Issue: 1-2, Published: 1994
  • Capital reproduction in the pioneer front and slavery rebirth in Brazil Artigos

    MARTINS, JOSÉ DE SOUZA

    Abstract in Portuguese:

    A acelerada expansão territorial do capital, sobretudo na região amazônica, a partir de meados dos anos sessenta, revigorou ali, mas também em outras regiões do país, a escravidão por dívida ou peonagem. Diversa da escravidão clássica, que no Brasil se firmou no cativeiro do negro, a peonagem recente entre nós é marcada por extrema violência física contra os trabalhadores, em alta proporção culminando com o assassinato daqueles que procuram fugir. A tese do autor é a de que a escravidão por dívida é variação extrema do trabalho assalariado em condições de superexploração, isto é, em condições de mercado em que a exploração do trabalhador é levada ao limite de comprometer sua própria sobrevivência. E de que se dá especialmente quando mecanismos de acumulação primitiva são incorporados no processo de reprodução ampliada do capital.

    Abstract in English:

    The rapid territorial expansion of capital which took place mostly in Amazonia in the mid-60s, has reinforced slavery through debt or peonage not only there, but in other areas in the country. Unlike classic slavery, settled in captivity of black people, the peonage of our days is characterized by extreme physical violence against workers, often culminating in the murder of those who try to escape. The author's thesis is that slavery through debt is the utmost variety of waged work at overexploitation conditions, namely, in market conditions at which the workers exploitation goes until the limits to put their own survival in jeopardy. Also, that slavery through debt occurs specially when primitive accumulation mechanisms are incorporated in the process of enhanced capital reproduction.
  • The Carnival order Artigos

    QUEIROZ, MARIA ISAURA PEREIRA DE

    Abstract in Portuguese:

    A autora estuda as manifestações carnavalescas nas cidades de Tatuí, Piracicaba e São João del Rei. Baseando-se nas observações das formas pelas quais o Carnaval é celebrado nos bailes e nas ruas, questionam-se as interpretações que concebem o Carnaval como um lugar aonde as normas às quais os cidadãos se adaptam cotidianamente parecem abolidas. Pelo contrário, a pesquisa mostra que a estrutura social permanece durante estas festas, o que pode ser notado pela separação entre espectadores e foliões nas ruas, e na presença dos diferentes grupos sociais, cada um em seu respectivo bloco carnavalesco. Estes fatos apontam que as origens sócio-econômicas das pessoas se mantém e se reproduzem durante o Carnaval.

    Abstract in English:

    The author studies the Carnival shows in the cities Tatuí, Piracicaba and São João Del Rei. Based on the observation of the ways by which Carnival is celebrated at the parties and in the streets of these cities, she questions usual interpretations that conceive Carnaval as a situation in which all the norms citizens usually adapt themselves to seem to be abolished. On the contrary, the research shows that the daily social structure lasts during this feast, a fact that can be realized by noticing the separation of the coarse jesters and spectators, the presence of different social groups at the parties and in the various Carnival "blocs" [groups of people who dance together in the festive procession]. These facts point out that the persons' socio-economic origins are carried on during the Carnival days.
  • O pêndulo da modernidade Artigos

    HELLER, ÁGNES; FEHÉR, FERENC

    Abstract in Portuguese:

    O bicentenário da Revolução Francesa, em 1989, e as revoluções anti-totalitárias da Europa Oriental entre 1989 e 1991 levam os autores a interpretar a modernidade através da metáfora do pêndulo, utilizada para denotar a dinâmica do atual ordenamento social, pluralista e autônomo e que oscila, sem nunca parar, entre radicalismo e moderação. Para fazer uma diagnose do auto-conhecimento dos indivíduos modernos, o texto analisa questões referentes à modernidade e seus problemas: o totalitarismo lhe é inerente? Há como evitá-lo? As promessas de 1789 podem ser mantidas? E recorre à história para avaliar ceticamente a modernidade a partir de suas duas condições de existência: a dinâmica moderna (dialética), que opera através da auto-reflexividade da justiça dinâmica, e o ordenamento social moderno, estrutura constante de (re)-distribuição simétrica ou assimétrica de liberdade e chances de vida. O artigo introduz as lógicas dinâmicas da modernidade (a divisão funcional do trabalho, a arte de governar e a tecnologia), mostrando que elas, operando conjuntamente ou em conflito, movimentam o pêndulo da modernidade geralmente entre os pólos do "individualismo" e do "comunitarianismo", entre a defesa do Estado do Bem-estar e a prática do mercado auto-regulador, de forma que não oscile entre oposições binárias ("capitalismo" e "socialismo", "direita" e "esquerda", "progresso" e "reação"). Por fim, são enfatizados os efeitos advindos da percepção da existência do pêndulo da modernidade sobre a política, que se transforma em pós-moderna: acaba a vontade pela transcendência da modernidade; novas alianças, a "contextualidade" e algumas premissas universais na área política tornam-se importantes; o "modo de vida" prevalece sobre a "classe". No entanto, o texto atenta para os problemas destes ideais anti-holistas, que podem levar à intolerância e à impossibilidade de um meio coletivo de entendimento.

    Abstract in English:

    The bicentennial year of the French Revolution, in 1989, and the antitotalitarian revolutions in Eastern Europe during 1989 and 1991 lead the authors to interpreting modernity through the pendulum's metaphor, used in order to show the dynamics of the present social arrangement, pluralistic and autonomous, and which swings without stopping between radicalism and moderation. In order to make a diagnosis of the moderns' self-knowledge, the text analyses questions referring to modernity and its problems: Totalitarianism is the offspring of modernity? How to avoid it? Can the 1789 promises be kept? And it appeals to history for evaluating skeptically modernity starting from its two survival conditions: modernity's dynamic (dialectics), which works through the auto-reflective dynamic justice, and the modern social arrangement, a constant framework of symmetric and asymmetric (re) -distribution of freedom and life-chances. This article introduces the dynamic logics of modernity (the functional division of labour, statecraft and technology), showing that they, operating together or in conflict with one another, usually move the modernity's pendulum between the poles of "individualism" and "communitarianism", between "welfarism" and the practise of a self-regulating market, so that it doesn't swing between binary oppositions ("capitalism" and "socialism", "right" and "left", "progress" and "reaction"). At the end, the outcoming political effects derived from the perception of the pendulum's existence in modernity are emphasized. Politics becomes a postmodern one: the will to the transcendence of modernity ends; new alliances, "contextuality" and some universalist premises in the political field become important; the "way of life" prevails over the "class". However, the text points out the problems of these anti-holistic ideals which can bring about intolerance and the impossibility of a collective medium of understanding.
  • The building and deconstruction of the hero: a matter of national identity Artigos

    MATOS, OLGÁRIA CHAIN FÉRES

    Abstract in Portuguese:

    O ensaio procura compreender a emergência e a desconstrução do herói e do heroísmo no horizonte da morte, segundo o mito da invulnerabilidade e da fantasia do renascimento que vence a brevidade da vida. Fator de convergência de identidades imaginárias, sua sobrevivência torna-se problemática na modernidade, regida esta pela conversão do herói em espetáculo televisivo momentâneo, de tal forma que se configura uma alucinação negativa, a ausência da representação do direito a ter direito no processo de dessocialização no mundo contemporâneo.

    Abstract in English:

    The essay tries to understand the emergence and deconstruction of both the hero and heroism in the realm of death, according to the myth of invulnerability and fantasy of rebirth that strikes life's briefness. As a point of convergence for imaginary identities, its survival becomes a problematic issue for modernity, which is ruled by the hero's conversion into a transient TV show, as to configure a negative delusion, that is, the absence of representation of rights to the process of desocialization in the contemporary world.
  • Modern and contemporary: reflections on the concepts of individual, time and death Artigos

    AUGUSTO, MARIA HELENA OLIVA

    Abstract in Portuguese:

    As relações que os homens compartilham na sociedade, entre elas a própria forma como percebem o tempo, permitem-lhes atribuir significados específicos a várias dimensões de sua existência. O que se pretende nesta comunicação é refletir sobre o sentido que a morte adquire para os indivíduos na sociedade contemporânea e, através dessa reflexão, discutir o próprio significado que atribuem à vida. Com essa finalidade, discorrer-seá sobre alguns traços da vida social na modernidade, principalmente sobre a emergência do indivíduo livre e sobre as alterações que se fizeram sentir na noção de tempo. Em seguida, os mesmos traços serão identificados no mundo contemporâneo. A percepção das alterações de significado que a vida e a morte sofreram na vivência contemporânea das pessoas emergirá, espera-se, da comparação entre os dois momentos.

    Abstract in English:

    The relations that bind members of a society together and allow them to formulate shared ideas about the world, such as the ways in which the nature of time is perceived, also permit them to attribute specific meanings to the various dimensions of their existence. This paper deals with the meaning of death for members of contemporary society and with the related issue of the meaning of life. To accomplish this, I will discuss certain aspects of modern social life, as conceived of in the late 18th and early 19th centuries. Principally, I will deal with the emergence of the individual, the idea of freedom and changes in the notion of time - features which will then be identified in the contemporary world. Changes in the meaning of life and death as perceived in people's contemporary experience will hopefully become clear by comparing these two moments.
  • The problem of the subject-hero in twenty years later (cabra marcado para morrer) - Film by Eduardo Coutinho Artigos

    MENEZES, PAULO ROBERTO ARRUDA DE

    Abstract in Portuguese:

    Realizado em três etapas, 1964, 1981 e 1983, o filme procura resgatar os acontecimentos trágicos que levaram à morte João Pedro Teixeira, presidente da liga camponesa de Sapé, no interior da Paraíba, em 1964. Cortado pelo Golpe de Estado, teve suas filmagens retomadas 17 anos depois. O artigo procura destrinchar a articulação do discurso de Eduardo Coutinho como discurso da verdade por se colocar o tempo todo como um documentário, e portanto neutro, que retrataria os descaminhos e a violência da política brasileira da época. Ao analisar as imagens e sua montagem, associadas ao discurso do narrador, procura mostrar que aí se construiu uma nova interpretação acerca dos fatos tomados como pano de fundo, que muito mais tem a dizer sobre uma certa visão acerca do campesinato brasileiro e de uma forma de se fazer política, e conseqüentemente história, do que sobre os fatos em si que, em princípio, se estaria narrando. Essa flutuação faz com que quem deveria surgir como sujeito troque de lugar o tempo todo, acabando por reforçar os mesmos artifícios que, primordialmente, o filme se esforçaria em denunciar.

    Abstract in English:

    Run in three stages, 1964, 1981 and 1983, this film is an attempt to redeem the tragic events which provoked the death of João Pedro Teixeira, president of Sapé Peasant League, Paraíba state, in 1964. Interrupted by the 1964 military coup, shooting was resumed 17 years later. The article is an attempt at disentangling the articulation of Eduardo Coutinho's speech as the discourse of truth for, from beginning to end, it is posed as a documentary, and neutral as a result, which would portray the excesses and violence generated by Brazilian politics at that time. By analyzing the images and their editing in connection with the narrator's speech, the article tries to show that a new interpretation of facts taken as background has been made, and such interpretation surely has much more to say about a certain view on the Brazilian peasantry and a way of making politics - and therefore history - rather than about the narrated facts as such. As a result of that fluctuation the subject-character keeps changing places all the time, thus confirming the very same tricks the film primarily strives to denounce.
  • Berlin: imaginary frontiers, real frontiers? Artigos

    FREITAG, BARBARA

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo, a autora procura recuperar através dos romances de Theodor Fontane (1819-1898), Alfred Döblin (1878-1957) e Irina Liebmann (1943) as imagens urbanas de três períodos decisivos da história e vida de Berlim: os Gründerjahre (anos de fundação) a partir de 1870, o período da "República de Weimar" do entre-guerras e, finalmente, o período do Muro de Berlim e seu desmoronamento em 1989. Indaga-se, a partir desta "memória literária", quais as perspectivas da cidade futura.

    Abstract in English:

    In this article, the author tries to re-construct, through the novels of Theodor Fontane (1819-1899), Alfred Döblin (1878-1957), and Irina Liebmann (1943) the city landscape during three decisive periods of Berlin's history: (I) the years of the "Founders" (Gründerjahre), since 1870; (II) the years of the Weimar Republic, between the two World Wars, and, finally, (III) the twenty-eight years of the existence of the Berlin Wall. Cant these literary images of the past help us to forecast the shape of Berlin "after the Fall"?
  • Questions on a collapsing theoretical field Artigos

    RIZEK, CIBELE SALIBA

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo tem por base a discussão de alguns conceitos desenvolvidos pela Sociologia do Trabalho e pela Teoria do Processo de Trabalho. Entre eles podem ser destacados a questão da perda da centralidade do trabalho nas sociedades contemporâneas, as dimensões da subjetividade dos trabalhadores e as idéias de controle e consentimento. As indagações presentes no texto foram formuladas durante pesquisa, cuja investigação estava centrada nos trabalhadores da primeira central de matérias-primas de produtos petroquímicos do Brasil, buscando explicar as metáforas que foram construídas para descrever seu trabalho, a empresa e a si mesmos. Suas práticas e imagens poderiam ser consideradas como o resultado de uma gestão empresarial assentada sobre o consenso e, por isso, completamente bem sucedida. A recusa dessa interpretação acabou por gerar outra maneira de explicação e análise dos dados, processo que acabou por desencadear as interrogações presentes neste texto.

    Abstract in English:

    This article is based on the discussion of some concepts developed by the Labour Process Theory, specially what can be considered as a loss of centrality of labour in contemporary societies, the workers subjectivity and the ideas of control and consent. The questions proposed in this paper are formulated during the research about the workers of the first State petrochemical enterprise in Brazil, and the metaphors they constructed to describe the place they work, their work conditions and themselves. Their practices and images could be considered as a result of sucessful manegement. The refuse of this hypotheses forced another and unusual form of explanation and the review of the main concepts used by the Labour Process Theory.
Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Av. Prof. Luciano Gualberto, 315, 05508-010, São Paulo - SP, Brasil - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: temposoc@edu.usp.br