Accessibility / Report Error

Anthropological perspectives on documents. Ethnographic dialogues on the trail of police papers

O artigo discute implicações e potencialidades analíticas de se pensar e pesquisar antropologicamente com documentos, argumentando que estes constituem artefatos etnográficos especialmente rentáveis em certos contextos de pesquisa. Para tanto, recupera alguns movimentos de distanciamento e aproximação entre a antropologia e os documentos e coloca em diálogo duas experiências etnográficas recentes: uma pesquisa em meio a inquéritos da Polícia Federal brasileira relativos a crimes de "tráfico de pessoas para fim de exploração sexual", e outra voltada para procedimentos administrativos em torno de casos de "desaparecimento de pessoa" investigados pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. Além de revelar o potencial heurístico da escolha por "seguir o papel" e chamar atenção para a micropolítica das interações entre documentadores e documentados, o texto busca contribuir para reflexões mais amplas acerca dos desafios que a lida com documentos em situações de trabalho de campo aporta à antropologia e às suas autorrepresentações.

documentos; artefatos etnográficos; Polícia Federal; Polícia Civil; tráfico de pessoas; desaparecimento de pessoas


Associação Brasileira de Antropologia (ABA) Caixa Postal 04491, 70904-970 Brasília - DF / Brasil, Tel./ Fax 55 61 3307-3754 - Brasília - DF - Brazil
E-mail: vibrant.aba@gmail.com