A Rouparia da casa e a manutenção de costumes ibéricos em São Paulo no século XVII

The Household Linen and the Maintenance of Iberian Customs in the Village of São Paulo in the Seventeenth Century

Resumo

Neste artigo discutiremos a presença e a importância da rouparia da casa nos domicílios da vila de São Paulo e arredores, entre 1596 e 1640, com base no estudo de 130 inventários post mortem, a partir da perspectiva de análise da cultura material. O objetivo é compreender aspectos da relação entre a manutenção de costumes de matriz ibérica e esses artefatos têxteis numa região do Império e num período marcados por uma forte adesão à elementos culturais indígenas. Para tanto, o interior da casa será brevemente delineado, dando a conhecer traços relevantes dos conjuntos de objetos que o preenchiam, de acordo com diferentes níveis de fortuna. Composto esse breve panorama, os conjuntos de rouparia da casa serão analisados, quantitativa e qualitativamente. Os conjuntos mais ricos, por serem os mais diversificados e completos, serão apresentados como estudos de casos, a partir dos quais observaremos importantes aspectos de como os itens dessa categoria de artefatos em escrutínio eram compostos e usados e o que eles significavam no cotidiano do período em questão.

Palavras-chave:
cultura material; inventários post mortem; vila de São Paulo

Pós-Graduação em História, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais Av. Antônio Carlos, 6627 , Pampulha, Cidade Universitária, Caixa Postal 253 - CEP 31270-901, Tel./Fax: (55 31) 3409-5045, Belo Horizonte - MG, Brasil - Belo Horizonte - MG - Brazil
E-mail: variahis@gmail.com