(Atualizado: 31/01/2022)

Sobre o periódico

 

Informações básicas

 

Contexto Internacional é uma das principais revistas de Relações Internacionais no Brasil. Publicada desde 1985, sua história e desenvolvimento ocorreu paralelamente à do Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio, constituindo-se como um importante fórum para pesquisas cientificamente rigorosas, inovadoras e que desafiam os limites das RI, particularmente no que se refere à dinâmica e aos desafios vividos no e ao redor do Sul Global.

Desde a sua criação, a revista tem sido conhecida por publicar artigos que preenchem a lacuna entre política e análise teórica, privilegiando um olhar interdisciplinar sobre questões que geram extrema preocupação nos assuntos globais. Em seu formato atual, a Contexto visa conectar pesquisas de diferentes partes do mundo que se aprofundem criticamente sobre questões que envolvam o Sul Global.

A Contexto é publicada em inglês. Os editores convidam submissões de pesquisadores e profissionais de todo o mundo, especialmente estudiosos seniores e júnior, e estudantes de PhD nos campos de Relações Internacionais, Ciência Política e áreas relacionadas, que possam contribuir para uma melhor compreensão das questões internacionais em um mundo em transformação. A Contexto é particularmente indicada para a submissão de artigos inovadores, investigativos e exploratórios, que forneçam ideias sobre as realidades e conhecimentos locais derivados do Sul Global ou de seu entorno.

Contexto recebe com entusiasmo propostas para a publicação de edições especiais em torno de temas que são centrais para a agenda internacional atual e para o campo das Relações Internacionais. Se você deseja submeter uma proposta de edição especial, verifique antecipadamente com os editores através do email: cintjournal@puc-rio.br.

São também aceitas submissões de resenhas temáticas e resenhas de livros, em um esforço para fornecer uma cobertura abrangente e reflexiva da análise política contemporânea e do debate acadêmico no campo cada vez mais interdisciplinar das relações internacionais. Doutorandos são fortemente encorajados a enviar resenhas temáticas e de livros que se relacionem ao escopo da revista.

Todas as contribuições são submetidas a um processo de revisão cega por pares (double-blind) e são rigorosamente avaliadas por especialistas. Os trabalhos enviados devem ser originais e não devem ter sido enviados para publicação em outros lugares enquanto estiverem sendo avaliados pela Contexto. Em circunstâncias excepcionais, artigos que tenham sido previamente publicados em outros idiomas, que não o inglês, e que ofereçam contribuições originais e inovadoras para o campo poderão ser considerados pelos Editores. Nesses casos, caberá exclusivamente ao autor garantir que nenhum direito de autor/copyright seja violado.

A taxa média de rejeição da Contexto em 2016 foi de 0,56.

Ética de Publicação

A Contexto Internacional acredita na importância de seguir a ética de publicação, para manter a qualidade da revista, buscando atender as expectativas dos autores e leitores da mesma. A revista segue as instruções do Comitê de Publicação de Ética (CommitteeonPublicationEthics – COPE), tais como: manter a integridade acadêmica; publicar errata quando necessário; certificar-se de que os artigos sejam revisados por pareceristas qualificados; prover accountability da revista. Maiores informações sobre as instruções de ética de publicação do COPE podem ser acessadas no site: http://publicationethics.org/files/Research_institutions_guidelines_final.pdf.

Chamada de Artigos

A Contexto Internacional recebe submissões de artigos originais, resenhas temáticas e resenhas de livros em fluxo contínuo, além de propostas de edições especiais. A Contexto considera apenas manuscritos inéditos, não sendo aceitos manuscritos já publicados ou sob consideração para publicação em outros meios de publicação. Autores deverão apresentar manuscritos originais, os quais estarão sujeitos à revisão cega por pares à critério do comitê editorial.

Manuscritos e propostas podem ser escritos em inglês, francês, português e espanhol e serão revisados no idioma em que forem submetidos. Entretanto, caso o artigo seja aprovado para publicação, é de inteira responsabilidade do autor a realização da tradução de seu artigo para a língua inglesa. A Contexto Internacional se reserva o direito de rejeitar manuscritos cuja tradução para o inglês seja considerada insuficiente.

Todos os manuscritos devem ser referenciados de acordo com o Sistema Harvard e seguir as normas de estilo da Contexto Internacional. Orientações completas podem ser acessadas na página Instruções aos autores.

Artigos de investigação, resenhas temáticas e resenhas de livros devem ser submetidos online, através do site de Manuscritos do ScholarOne da Contexto Internacional. Propostas de edições especiais devem ser enviadas para o email cintjournal@puc-rio.br.

 

 

Fontes de indexação

   

 

Copyright

 

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY-NC.

Contexto Internacional: revista de conexões globais é publicado sob o modelo de acesso aberto e é, portanto, livre para qualquer pessoa a ler e download, e para copiar e divulgar para fins educacionais. Procedimentos de apresentação e avaliação são livres de encargos e todos os processos editoriais são financiados por patrocinadores e nossas pelo Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio. 

A Contexto não cobra taxas de submissão ou revisão.

 

 

Contato

 

Claudia Farulla Darze
Escritório Editorial, Contexto Internacional
E-mail: cintjournal@puc-rio.br.

IRI – Instituto de Relações Internacionais
Rua Marquês de São Vicente, 225 - Vila dos Diretórios,
Casa 20, Gávea - Rio de Janeiro - RJ, Brasil
Tel/Fax: +55 21 3527-1557 3527-1558 3527-1560
Site: http://www.iri.puc-rio.br/

 

 

 

Órgão financiador

 

A publicação recebe financiamento de:

 

 


 

Corpo Editorial

Editores chefe

   

 

Editores associados

   

 

Assistente editorial

 
 

 

Conselho editorial

 
  • Achille Mbembe (University of Witwatersrand, South Africa)
    Adrián Bonilla (Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales, Ecuador)
  • Andrew Hurrell (Universiy of Oxford, United Kingdom)
  • Antonio Carlos Lessa (Universidade de Brasília, Brazil)
  • Antonio Jorge Ramalho da Rocha (Universidade de Brasília, Brazil)
  • Arlene Tickner (Universidad de los Andes, Colombia)
  • Barry Hindess (Australian National University, Australia)
  • Christian Reus Smit (University of Queensland, Australia)
  • Deisy Ventura (Universidade de São Paulo, Brazil)
  • Eduardo Viola (Universidade de Brasília, Brazil)
  • Elspeth Guild (Queen Mary, University of London, United Kingdom)
  • Eugênio Pacelli Lazzarotti Costa Diniz (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Brazil)
  • Federico Merke (Universidad de SanAndrés, Argentina)
  • Flávia de Campos Mello (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brazil)
  • Francisco Carlos Teixeira da Silva (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brazil)
  • Gustavo Sénéchal de Goffredo (Univeridade do Estado do Rio de Janeiro, Brazil)
  • Heloise Weber (University of Queensland, Australia)
  • Henrique Altemani de Oliveira (Univeridade Federal da Paraíba, Brazil)
  • Himadeep Muppidi (Vassar College, United States)
  • Naeem Inayatullah (Ithaca College, United States)
  • Janina Onuki (Universidade de São Paulo, Brazil)
  • Jef Huysmans (Queen Mary, University of London, United Kingdom)
  • Jens Bartelson (Lund University, Sweden)
  • José Luis da Costa Fiori (Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brazil)
  • José Manuel Pureza (Universidade de Coimbra, Portugal)
  • Juan Gabriel Tokatlian (Universidad Di Tella, Argentina)
  • Jürgen Rüland (University of Freiburg, Germany)
  • Mahmood Mamdani (Columbia University, United States)
  • Marco Antonio Pamplona (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Brazil)
  • Marco Aurélio Cepik (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brazil)
  • Marcos Aurélio Guedes (Universidade Federal de Pernambuco, Brazil)
  • Maria Alice Rezende de Carvalho (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Brazil)
  • Matias Spektor (Fundação Getúlio Vargas-Rio de Janeiro, Brazil)
  • Matt Davies (Newcastle University, United Kingdom)
  • Michael Barnett (George Washington University, United States)
  • Michael Dillon (Lancaster University, United Kingdom)
  • Michael Shapiro (University of Hawaii, United States)
  • Mustapha Kamal Pasha (Aberystwyth University, United Kingdom)
  • Nicholas Onuf (Florida International University, United States)
  • Norma Breda Santos (Universidade de Brasília, Brazil)
  • Paulo Fagundes Vizentini (Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brazil)
  • Peter Nyers (McMaster University, Canada)
  • Peter Vale (University of Johannesburg, South Africa)
  • Pinar Bilgin (Bilkent University, Turkey)
  • Prem Kumar Rajaram (Central European University, Hungary)
  • R.B.J Walker (University of Victoria and Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Canada/Brazil)
  • Rafael Duarte Villa (Universidade de São Paulo, Brazil)
  • Reginaldo Nasser (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brazil)
  • Roland Bleiker (University of Queensland, Australia)
  • Rossana Rocha Reis (Universidade de São Paulo, Brazil)
  • Roxanne Doty (Arizona State University, United States)
  • Sam Opondo (Vassar College, United States)
  • Shiguenoli Miyamoto (Universidade de Campinas, Brazil)
  • Thiago Moreira de Souza Rodrigues (Universidade Federal Fluminense, Brazil)
  • Tullo Vigevani (Universidade Estadual Paulista, Brazil)
  • William C. Smith (University of Miami, United States)
 

 

Conselho honorário

 
  • Celso Lafer (Universidade de São Paulo, Brazil)
  • Gelson Fonseca Júnior (Ministério das Relações Exteriores, Brazil)
  • Hélio Jaguaribe (Academia Brasileira de Letras, Brazil)
  • João Clemente Baena Soares (Ministério das Relações Exteriores, Brazil)
  • Lilian Cristina Burlamaqui Duarte (Ministério das Relações Exteriores, Brazil)
  • Samuel Pinheiro Guimarães (Ministério das Relações Exteriores, Brazil)
 

 

Communication team

 
  • Akta Kaushal (University of Hawaii, United States)
  • Benjamin de Carvalho (Norwegian Institute of International Affairs, Norway)
  • Daniel Aragão (Universidade Federal da Bahia, Brazil)
  • Daniel Castelan (Universidade Federal de Santa Catarina, Brazil)
  • Elif Kalaycioglu (University of Minnesota, United States)
  • Fabricio Chagas Bastos (Universidad de los Andes, Colombia)
  • Henrique Tavares Furtado (University of Manchester, United Kingdom)
  • Jonathan Austin (The Graduate Institute, Switzerland)
  • Paula Duarte Lopes (Universidade de Coimbra, Portugal)
  • Paulo Chamon (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Brazil)
  • Teresa Cravo (Universidade de Coimbra, Portugal)
 

 

Produção editorial

 

Secretaria

  •  Claudia Farrulla Darze

Estagiárias

  •  Carolina Maciel Martins

Copidesques

  •  Isa Lima Mendes
  • Veronica Azzi

Projeto Gráfico

  •  E-papers

Editoração Eletrônica

  •  E-papers
 

 


 

Instruções aos autores

 

Escopo e política

 

Contexto Internacional é comprometida com a publicação de estudos acadêmicos, teórica e analiticamente robustos e originais, em Relações Internacionais e áreas afins. A Contexto é particularmente indicada para artigos inovadores, investigativos e exploratórios, que forneçam ideias sobre as realidades e conhecimentos locais derivados do Sul Global ou de seu entorno.

A Revista é publicada em inglês, três vezes ao ano. Os editores encorajam submissões de pesquisadores e profissionais de todo o mundo, especialmente pesquisadores senior e junior e estudantes de doutorado de Relações Internacionais, Ciência Política e áreas afins. A Revista aceita submissões de artigos de pesquisa, resenhas temáticas e resenhas de livros, além de propostas para edições especiais, sobretudo trabalhos focados em temas relevantes aos problemas e processos políticos envolvendo o Sul Global e o desenvolvimento de um entendimento mais diverso das relações internacionais.

Manuscritos podem ser submetidos em inglês (idioma da revista), francês, português ou espanhol. Os manuscritos serão revisados no idioma da submissão. Se o processo de revisão resultar na decisão por publicá-lo, será de responsabilidade exclusiva do autor traduzir o manuscrito para o inglês. A Contexto se reserva o direito de rejeitar qualquer trabalho cujo nível de inglês seja insuficiente.

Os autores devem possuir título de doutorado ou estar correntemente matriculados em um programa de doutorado e/ou ter forte experiência profissional/acadêmica em Relações Internacionais, Ciência Política ou áreas afins. Em casos de co-autoria, pelo menos um dos autores deverá atender plenamente a este critério. Os editores se reservam o direito de rejeitar manuscritos que não se adequarem à revista, como em caso de inadequação à política e/ou escopo editorial da Contexto Internacional, desenvolvimento analítico inapropriado ou impreciso, formatação inconsistente ou não-observância às orientações aos autores e estilo de escrita pobre (esta lista não é exaustiva).

Processo de Publicação

A Contexto Internacional adota um processo de publicação rigoroso, o qual consiste em seis etapas, a saber:

  1. Checklist Administrativo: manuscritos submetidos à Contexto são primeiramente avaliados quanto à sua conformidade em relação aos requisitos técnicos do tipo de submissão correspondente. Requisitos técnicos incluem número de palavras mínimo e máximo, arquivos obrigatórios em formatos apropriados, entre outros (os requisitos específicos para cada tipo de manuscrito estão disponíveis na seção “Forma e Prepação de Manuscritos” abaixo).
  2. Avaliação Preliminar: uma vez aprovado pela equipe administrativa, o manuscrito segue para a etapa de avaliação preliminar por parte dos editores da revista. Esta etapa consiste na avaliação do manuscrito quanto à sua aderência à política e o escopo editorial da Revista, bem como à sua qualidade de forma geral. Em casos de artigos de pesquisa, o não atendimento de tais requisitos resultará na decisão de rejeitar imediatamente o manuscrito. Caso aprovado nesta etapa, o manuscrito é submetido à avaliação anônima por pares (vide item 3 abaixo). Em raras ocasiões, um artigo de pesquisa poderá ser aceito pelos editores nesta etapa. Resenhas temáticas e resenhas de livros também são avaliadas pelos editores nessa etapa, não sendo submetidas à avaliação externa por pares. Cinco resultados podem decorrer da decisão editorial nesses casos: (1) Rejeição Imediata: a resenha temática/resenha de livro é rejeitada em sua forma atual; (2) Rejeição e Ressubmissão Imediata (R&R): a resenha temática/resenha de livro é rejeitada em sua forma atual, mas o(s) autor(es) é/são encorajado(s) a ressubmeter uma versão revisada em 180 dias; (3) Revisão Maior Imediata: a resenha temática/resenha de livro é aceita para publicação com a condição de que o(s) autor(es) atenda(m) às solicitações dos editores e que a versão revisada seja ressubmetida em até 60 dias a contar da data de comunicação da decisão; (4) Revisão Menor Imediata: a resenha temática/resenha de livro é aceita para publicação com a condição de que o(s) autor(es) atenda(m) às solicitações dos editores e que a versão revisada seja ressubmetida em até 30 dias a contar da data de comunicação da decisão; (5) Aceite Imediato: a resenha temática/resenha de livro é aceita para publicação em seu formato atual.
  3. Revisão cega por pares: Artigos de pesquisa aprovados nas tapas anteriores são submetidos à revisão cega de pelo menos dois especialistas externos à revista, a critério do comitê editorial. No processo de definição dos avaliadores externos, são priorizados especialistas com produção amplamente reconhecida no assunto tratado pelo artigo em questão. Outros critérios envolvem a busca por uma maior diversificação geográfica e gênero. Uma lista completa de pareceristas é publicada pela Revista a cada dois anos. O resultado desta primeira rodada de revisão é normalmente comunicado aos autores em 120 dias, a contar da data de submissão. Em casos de discrepância entre os pareceres, o manuscrito é normalmente submetido à avaliação de um terceiro revisor. Neste caso, a etapa de revisão cega por pares poderá ser estendida por cerca de 40 dias. À luz dos pareceres externos, o Editor Associado chega a uma recomendação final, a qual é comunicada ao Editor Chefe, responsável pela tomada de decisão editorial.
  4. Decisão Editorial: Cinco possíveis decisões editoriais podem resultar do processo de avaliação geral descrito acima: (1) Rejeição: o artigo de pesquisa é rejeitado em sua forma atual; (2) Rejeição e Ressubmissão (R&R): o artigo de pesquisa é rejeitado em sua forma atual, mas o(s) autor(es) é/são encorajado(s) a ressubmeter uma versão revisada em até 180 dias a contar da data de comunicação da decisão; (3) Revisão Maior: o artigo de pesquisa é aceito para publicação com a condição de que o(s) autor(es) atenda(m) às solicitações dos revisores e editores, e que a versão revisada seja ressubmetida em até 60 dias a contar da data de comunicação da decisão; (4) Revisão Menor: o artigo de pesquisa é aceito para publicação com a condição de que o(s) autor(es) atenda(m) às solicitações dos revisores e editores, e que a versão revisada seja ressubmetida em até 30 dias a contar da data de comunicação da decisão; (5) Aceite: o artigo de pesquisa é aceito para publicação em seu formato atual. Em casos de R&R, Revisão Maior e Revisão Menor, após ressubmetido, o manuscrito revisado estará sujeito a pelo menos uma nova rodada de avaliação cega por pares e/ou editores. O resultado esta etapa é normalmente comunicado ao(s) autore(s) entre 120 e 160 dias após a data de ressubmissão do artigo revisado.
  5. Copidesque: Uma vez aprovado para publicação, o manuscrito passa por um processo detalhado de revisão linguística e estilística. Mudanças propostas pelo copidesque são normalmente enviadas para aprovação do(s) autor(es) entre 20 e 30 dias após a data de aprovação do manuscrito. Espera-se que o(s) autor(es) responda(m) às solicitações do copidesque em 48 horas. Esse procedimento pode ocorrer mais de uma vez, até que a versão definitiva do texto seja finalmente aprovada pelo(s) autor(es) e editores.
  6. Revisão da Prova e Publicação: Esta fase consiste na confecção e revisão das provas em PDF dos artigos aceitos para publicação, até que uma versão final do texto diagramado seja aprovada e, subsequentemente, publicada na página da Revista na internet e no formato impresso. Espera-se que o(s) autor(es) indique(m) suas correções na prova em PDF dentro de 48 horas. O artigo é normalmente publicado na página da Revista na internet em 30 dias. A publicação impressa costuma ser finalizada em até 30 dias adicionais.

Copyright

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma licença Creative Commons do tipo atribuição BY-NC. É pré-requisito para a publicação que todos os autores concedam à Contexto Internacional os direitos relativos ao copyright de todos os artigos enviados à Revista. Os autores deverão assinar um Acordo de Publicação de Artigo para facilitar este processo. Isso irá garantir a ampla disseminação dos artigos e protegê-los contra infrações de copyright. O “artigo” é definido como a versão final, definitiva e citável do registro acadêmico (Version of Scholarly Record), a qual deve incluir: (a) o manuscrito aceito em sua forma final e revisada, incluindo o texto, o resumo e todas as tabelas, ilustrações e dados que o acompanham; e (b) qualquer material adicional.

Enquanto autor, você deverá dar permissão à reprodução de qualquer texto, ilustração, tabela ou outro material, incluindo dados, gravações, vídeos, fotografias e imagens, além de qualquer material adicional que proponha submeter. Isso se aplica tanto à reprodução direta quanto à “reprodução derivativa” (onde se tenha criado uma nova figura ou tabela que deriva substancialmente de uma fonte protegida por copyright). A reprodução de curtas passagens de texto com o objetivo de crítica, excluindo-se poesia(s) e letra(s) de música, pode ser feita sem permissão formal, desde que a citação seja reproduzida corretamente e que os créditos sejam devidamente atribuídos.

A Contexto Internacional autoriza os autores a autoarquivarem seus artigos publicados na Revista em meios como repositórios institucionais, páginas pessoais na internet e outros sistemas, desde que indiquem claramente que o artigo foi publicado na Contexto Internacional, indicando o link para a publicação original na página da Revista em www.scielo.br/cint.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Contexto Internacional utiliza o sistema ScholarOne Manuscripts na revisão por pares dos manuscritos recebidos. Por favor, leia o manual para autores do ScholarOne antes de realizar a submissão de um artigo. Orientações completas sobre como preparar e enviar o seu manuscrito encontram-se abaixo.

Serão considerados apenas os manuscritos que atenderem rigorosamente às seguintes condições: terem sido enviados somente à Contexto; não terem sido publicados anteriormente e tampouco estarem sob avaliação para publicação em outros meios. Contribuições para a Contexto devem se basear em pesquisas originais e serão submetidas à revisão por pares a critério do Comitê Editorial.

Orientações Gerais

  • Os manuscritos devem ser escritos em formatação Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento 1,5. Esta formatação também deverá ser observada em todas as citações, referências e notas finais presentes no texto.
  • As páginas devem ser numeradas consecutivamente.
  • As notas devem estar listadas consecutivamente ao final do artigo (notas finais) e sinalizadas de forma clara ao longo do texto por números localizados acima da pontuação de cada sentença. As notas finais devem ser utilizadas apenas para fins de esclarecimento.
  • Os manuscritos devem ser submetidos em formato Word (doc. ou docx.). Manuscritos em formato PDF não serão aceitos.
  • Todos os autores do artigo deverão anexar seus respectivos currículos vitae (CV) resumidos no ato da submissão. Cada CV resumido deverá consistir num texto de parágrafo único de 100 a 120 palavras.
  • As filiações de todos os co-autores deverão ser compostas pelas respectivas instituições em que a pesquisa fora conduzida. Caso um ou mais dos co-autores se transfira para outra instituição durante o processo de revisão por pares, esta nova filiação poderá ser notificada por meio de nota de rodapé. Vale mencionar que mudanças de filiação institucional não poderão ser realizadas após o aceite do artigo.
  • Os manuscritos submetidos à Contexto Internacional não devem conter jargões, devendo ser escritos de forma clara e concisa. Linguagem não-discriminatória é obrigatória e termos racistas e sexistas não serão tolerados. Os manuscritos devem estar propriamente referenciados em acordo com o Sistema Harvard e seguir as normas de estilo da Contexto Internacional (Ver item Orientações de Estilo abaixo).
  • Todas as submissões devem ser realizadas online, através do site de Manuscritos do ScholarOne da Contexto Internacional, com exceção de propostas para edições especiais, as quais deverão ser enviadas ao e-mail da Contexto Internacional (Ver item Envio de Manuscritos abaixo).

Artigos de Investigação

Os artigos de investigação devem ser baseados em pesquisas originais bem como desenvolver um argumento original e adequado ao escopo da revista. Os artigos serão submetidos à revisão cega por pares. Devem conter entre 7.000 e 10.000 palavras no total (incluindo notas e referências) e incluir:

  • Título
  • Resumo de no máximo 200 palavras
  • De 5 a 7 palavras-chave
  • Texto principal
  • Referências
  • Notas finais (se for o caso)
  • Agradecimentos (se for o caso)
  • Currículo resumido do(s) autor(es)
  • Tabela(s) e Figura(s) com legendas e em arquivos individuais (quando aplicável). Obs: Tabelas deverão estar em formato Word (doc. ou docx.) e figuras em jpeg com resolução mínima de 300 dpi.

Resenhas Temáticas

As resenhas temáticas devem abranger um conjunto específico de literaturas, autores ou tradições de pensamento. Elas devem ser escritas com o objetivo de comunicar as contribuições dessas literaturas para o público da Contexto. Resenhas sobre problemáticas no/do Sul Global são particularmente bem-vindas. As resenhas serão submetidas à revisão cega por pares. O texto não deve exceder 6000 palavras, incluindo notas e referências.

Resenhas de Livros

Contexto convida submissões de resenhas de livros que se enquadrem no âmbito da revista. Uma resenha de livro deve cobrir pelo menos um livro recentemente publicado e não deverá ter mais do que 1000 palavras. As resenhas de livros não são submetidas à revisão cega por pares. Elas serão avaliadas pela equipe editorial.

Propostas de Edições Especiais

Contexto também recebe propostas para edições especiais. Uma edição especial inclui entre 5 e 7 artigos que versem sobre um tema comum ou um mesmo conjunto de questões. Em conjunto com a equipe editorial da Contexto, o Editor(es) Convidado(s) selecionará artigos para avaliação, supervisionará o processo de revisão por pares e estará envolvido na finalização do editorial. Os artigos devem seguir as mesmas orientações de submissão de trabalhos e serão submetidos ao mesmo processo de revisão cega por pares. As propostas para edições especiais não devem exceder 4.000 palavras no total (incluindo notas e referências) e devem incluir:

  • Título da Edição Especial;
  • Nome(s), filiação(ões), informações de contato e currículo(s) resumido(s) do(s) Editor(es) Convidado(s);
  • Breve texto apresentando a temática da edição proposta;
  • Justificativa da proposta;
  • Títulos, resumos e cinco palavras-chave de todos os artigos que o(s) Editor(es) Convidado(s) desejar(em) incluir;
  • Nome, filiação e informação de contato de cada colaborador.

Observação: Os artigos submetidos às edições especiais deverão seguir as orientações gerais e de estilo da Contexto Internacional e estarão sujeitos ao mesmo processo de revisão cega por pares.

Orientações de Estilo

Os autores devem seguir o Sistema de Referência da Harvard, também conhecido como sistema autor-data. Todos os manuscritos devem seguir as orientações do Manual de Estilo da Contexto Internacional: CINT Style Guide

 

 

Envio de manuscritos

 

Artigos de pesquisa, ensaios de revisão e resenhas de livros devem ser feitos on-line no site da Contexto Internacional ScholarOne. Novos usuários devem primeiro criar uma conta. Uma vez conectado ao site, as submissões devem ser feitas através do Centro de Autoria. Guias do usuário online e acesso a um helpdesk estão disponíveis neste site. 

As propostas de edições especiais devem ser enviadas por meio do e-mail da Contexto: cintjournal@puc-rio.br

Todos os manuscritos devem ser submetidos em formato Word (.doc ou .docx) e seguir estritamente as instruções aos autores descritas na seção Formato e Estrutura do Manuscrito acima.

 

 


 

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais Rua Marques de São Vicente, 225 - Casa 20 , 22453-900 Rio de Janeiro - RJ - Brasil, Tel.: (55 21) 3527-2284, Fax: (55 21) 3527-1560 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: cintjournal@puc-rio.br