(Atualizado: 30/06/2022)

Sobre o periódico

 

Objetivos e Política Editorial

 

Geousp – Espaço e Tempo é uma publicação do Programa de Pós-Graduação de Geografia Humana (PPGH) e do Programa de Pós-Graduação de Geografia Física (PPGF) da Universidade de São Paulo. Seu acesso é gratuito e sem fins comerciais. A Geousp é financiada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e pelo Portal de Revistas da Universidade de São Paulo. Tem como escopo principal divulgar artigos científicos originais e inéditos da geografia brasileira. A revista foi lançada em 1997 em versão impressa (ISSN 1414-7416) e, em 2009, passou a ser publicada em formato eletrônico (ISSN 2179-0892).

 

Os manuscritos são recebidos em fluxo contínuo e publicados exclusivamente em ambiente virtual, quadrimestralmente (janeiro/abril, maio/agosto, setembro/dezembro) e dependem da observância das normas editoriais e dos pareceres do corpo editorial ou de assessores ad hoc. O periódico garante o anonimato de autores e pareceristas durante a avaliação editorial.

O conteúdo dos textos publicados é de inteira responsabilidade dos autores.

A Revista Geousp apoia e pratica princípios de Ciência Aberta que permitam maior agilidade e transparência ao processo editorial. 

A partir do momento em que forem aceitos para avaliação na plataforma da Revista Geousp, os autores que assim desejarem poderão publicar os manuscritos em servidores de preprints confiáveis e/ou publicá-los em repositórios institucionais durante o processo editorial, de modo a permitir contribuições produtivas e aumentar o impacto e citação de seu trabalho.

O aceite para avaliação é o processo de recepção do manuscrito, em que o mesmo passa por checagem das normas e verificação em programa antiplágio, que garantem a confiabilidade das submissões avaliadas pela Revista Geousp.

Visando transparência no processo editorial, a versão final do artigo informará o Editor de Seção responsável pela avaliação, as datas de recepção e aceite, além da contribuição de cada autor, quando for o caso.

Fica sob responsabilidade do autor atender às boas práticas em relação à ciência aberta, assim como respeitar as normas éticas referentes à produção científica e ao conteúdo do manuscrito publicado, podendo a não observância de tais parâmetros implicar na rejeição da submissão além das sanções legais na forma da lei.

MISSÃO

O objetivo da Geousp – Espaço e Tempo é viabilizar o registro público do conhecimento geográfico e sua preservação, publicar resultados de pesquisas envolvendo ideias inovadoras e de propostas científicas, disseminar informação e conhecimento gerados pela comunidade de geógrafos e criar condições para o debate acadêmico nas áreas de Geografia Humana e Geografia Física.

 

 

Fontes de indexação

 
  • Directory of Open acess Journals (DOAJ);
  • Crossref; Digital Object Identifier (DOI);
  • Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal. (Latindex);
  • Portal de Periódicos CAPES;
  • Red Iberoamericana de Innovción y Conocimiento Científico (REDIB)
  • Portal de Revistas da Universidade de São Paulo;
 

 

Propriedade intelectual

 

Licença Creative Commons tipo atribuição CC-BY

 

 

Patrocinadores

 

A publicação recebe financiamento de:

  • Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES-PROEX)
  • Portal de Revistas da USP

 

 

Corpo Editorial

 

Editores

 
  • Ricardo Mendes Antas Jr. (editor-chefe)
    Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana.
    São Paulo, SP, Brasil.
    http://orcid.org/0000-0001-8393-0964
    ricardomendes@usp.br
  • Fernando Nadal Junqueira Villela (vice editor-chefe)
    Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia Física.
    São Paulo, SP, Brasil.
    http://orcid.org/0000-0002-7804-6565
    geovillela@usp.br
  • Thiago Muniz Garcia (editor executivo)
    Universidade de São Paulo, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Servidor técnico e pesquisador do Departamento de Geografia
    São Paulo, SP, Brasil       
    https://orcid.org/0000-0003-3490-9303
    tmgthiago@usp.br                                                 
  • Vinicius Santos Almeida (assistente de edição)
    Programa de Pós-Graduação em Geografia Humana (PPGH),
    Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo,
    São Paulo, SP, Brasil
    https://orcid.org/0000-0001-7113-1866                                  
    vinicius.santos.almeida@usp.br
 

 

Comitê editorial

   

 

Comitê cientifico

   

 

Assessores de edição

   

Instruções aos autores

Escopo e política

 

A Geousp publica artigos originais, e os autores se obrigam a declarar que seu manuscrito é inédito e que não está sendo submetido, em parte ou no todo, a outro periódico.

A revista publica textos teóricos ou temáticos na área da geografia, nas seguintes seções:

  • Artigo – texto inédito resultante de pesquisa, e não de monografia de conclusão de graduação ou de projetos de qualquer natureza.
  • Notas de pesquisa de campo – sistematização de dados ou informações inéditas colhidas em campo.
  • Resenha crítica – necessariamente de textos clássicos ou atuais de referência da geografia.
  • Cartografias, imagens e outras expressões gráficas – incluem mapas, gráficos e outras figuras de que se descrevem a metodologia ou o modo da criação (softwares, técnicas etc.).
  • Ensaio – seção reservada a autores convidados.
  • Dossiê temático – pode ser proposição de grupos de pesquisa ou por abertura de chamada pública com tema definido pela editoria da revista. A submissão de dossiês é conduzida da mesma maneira que as demais. Os manuscritos só são considerados e aceitos por seu mérito acadêmico, independentemente de qualquer influência pessoal. A submissão deve ter sido discutida anteriormente com o editor para justificar sua pertinência, pelo endereço eletrônico revistageousp@gmail.com ou ricardomendes@usp.br.
 

Forma e preparação de manuscritos

 

Desde que atendam às “Diretrizes para os Autores”, os trabalhos passam por uma triagem inicial do corpo editorial.

Aprovados na primeira triagem, os textos entram no processo de avaliação de mérito pela consulta a dois pareceristas ad hoc (especialistas na área ou nos temas em tela, com título mínimo de doutor) e a, no mínimo, um avaliador externo, designados pela comissão editorial, assegurando o sistema avaliativo duplo-cego. Havendo pareceres conflitantes, recorre-se a um terceiro parecerista ad hoc.

Havendo solicitação para que o autor proceda a reformulações que atendam parcial ou integralmente às críticas ou sugestões dos pareceristas, o prazo para apresentar a nova versão é de 30 dias. Com as alterações indicadas em fonte vermelha, essa nova versão será reavaliada pela comissão editorial ou pelos pareceristas que sugeriram as alterações, conforme sua extensão e profundidade.

A Geousp se reserva o direito de diagramar os manuscritos de acordo com seu padrão gráfico.

A revista oferece acesso livre e imediato a seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar informações científicas gratuitamente ao público democratiza o acesso ao conhecimento. Os autores não pagam taxa para submeter seus manuscritos a avaliação.

 

 

Envio de manuscritos

 

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

 

 

Política de avaliação de manuscritos

 

Desde que atendam às “Diretrizes para os Autores”, os trabalhos passam por uma triagem inicial do corpo editorial.

Aprovados na primeira triagem, os textos entram no processo de avaliação de mérito pela consulta a dois pareceristas ad hoc (especialistas na área ou nos temas em tela, com título mínimo de doutor) e a, no mínimo, um avaliador externo, designados pela comissão editorial, assegurando o sistema avaliativo duplo-cego. Havendo pareceres conflitantes, recorre-se a um terceiro parecerista ad hoc.

Havendo solicitação para que o autor proceda a reformulações que atendam parcial ou integralmente às críticas ou sugestões dos pareceristas, o prazo para apresentar a nova versão é de 30 dias. Com as alterações indicadas em fonte vermelha, essa nova versão será reavaliada pela comissão editorial ou pelos pareceristas que sugeriram as alterações, conforme sua extensão e profundidade.

A Geousp se reserva o direito de diagramar os manuscritos de acordo com seu padrão gráfico.

A revista oferece acesso livre e imediato a seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar informações científicas gratuitamente ao público democratiza o acesso ao conhecimento. Os autores não pagam taxa para submeter seus manuscritos a avaliação.

 

 

Declaração de ética

 

Princípios éticos

A Geousp – Espaço e Tempo observa princípios éticos e de respeito à cultura acadêmica e à produção intelectual, considerando o comportamento ético de todas as partes envolvidas na publicação: autores, editores e avaliadores.

As decisões editoriais da revista não são influenciadas por considerações comerciais ou de fontes de receita.

A seguir relacionamos as principais orientações de organismos internacionais e nacionais que servem de referências de princípios e boas práticas sobre ética e negligência:

  1. "Princípios de Transparência e Boas Práticas em Publicações Acadêmicas" recomendados pelo Comitê de Ética em Publicações (COPE)
  2. Livro Branco do CSE sobre a Promoção da Integridade nas Publicações de Revistas Científicas [CONSELHO DE EDITORES DA CIÊNCIA]; ABEC BRASIL. Diretrizes do CSE para promover a integridade em publicações de periódicos científicos, 2012
  3. Rede do Equador
  4. O ESCRITÓRIO DA INTEGRIDADE DA PESQUISA. Definição de conduta imprópria de pesquisa
  5. Princípios de Hong Kong para avaliação de pesquisadores - MOHER, D. et al. Os Princípios de Hong Kong para avaliação de pesquisadores: Fomentar a integridade da pesquisa. Plos Biology., [s. l.], v. 18, n. 7, p. e3000737, 16 de julho de 2020.
  6. DECLARAÇÃO SOBRE A AVALIAÇÃO DA PESQUISA (DORA). São Francisco
  7. FAPESP. Código de boas práticas científicas
  8. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Relatório da Comissão de Integridade de Pesquisa do CNPq
  9. SciELO. Guia para promover a abertura, transparência e reprodutibilidade das pesquisas publicadas pelas revistas SciELO
  10. Guia de Boas Práticas para o Fortalecimento da Ética na Publicação Cientifica
  11. Formulário de Conformidade com a Ciência Aberta
 

 

Conflito de interesses

 

Em caso de relação de proximidade com pessoas, instituições ou lugares, a atenção deve ser redobrada para evitar um conflito de interesse. Na avaliação de um manuscrito, envolvendo autores e revisores, a Revista Geousp: espaço e tempo observa com rigor, a partir de sua editoria, o estabelecimento de uma política que busca evitar envolvimento de pessoas que mantêm relações pessoais, de amizade ou adversidade, assim como a envolver pessoas e instituições.

Este procedimento visa dar confiabilidade ao processo de análise do material submetido, com consequente aumento da credibilidade dos artigos publicados. Neste sentido solicita-se aos autores e revisores contatarem com o Conselho Editorial da Revista em caso de se evidenciar:

  • ligações e conflitos pessoais e institucionais (de caráter familiar e partidário) entre revisores e autores;
  • apoio financeiro obtido no desenvolvimento do trabalho e a incidir em leitura que possa prejudicar a confiabilidade do material produzido.
 

 

Plágio e má conduta editorial

 

A Geousp – Espaço e Tempo se compromete a averiguar, após denúncia formal e claramente identificada, casos de:

  • apropriação indevida de conteúdo alheio – uso de conteúdo de terceiros sem a devida autorização, particularmente em casos de conteúdo ainda não publicado;
  • plágio – assunção total ou parcial da autoria de material de terceiros, o que não apenas infringe a ética em pesquisa científica como constitui crime (programas utilizados para detecção: Turnitin e iThenticate);
  • autoplágio – mera replicação de mais de um terço dos resultados de trabalhos anteriores sem a apresentação de novos resultados, inclusive textos de anais (programas utilizados para detecção: Turnitin e iThenticate);
  • autoria indevida – alegação de autoria individual excluindo outros coautores. Essa má conduta também se aplica quando trabalhos em coautoria são apresentados ou publicados sem a autorização dos demais coautores, ainda que com a devida atribuição (programas utilizados para detecção: Turnitin e iThenticate);
  • violação de práticas de pesquisa amplamente aceitas – adulteração ou falsificação de fontes documentais, citações ou dados estatísticos ou analíticos para obter resultados desejados, comprometendo a integridade da pesquisa e, consequentemente, do artigo submetido ou publicado.

Constituem comportamento inapropriado em caso de suspeita de má conduta na averiguação dos casos acima citados:

  • resistir a cooperar no esclarecimento de suspeitas de má conduta científica do autor;
  • não comunicar casos ou suspeitas de má conduta;
  • destruir evidências relativas a casos de infração;
  • retaliar pessoas envolvidas na denúncia de má conduta científica;
  • levantar falso testemunho sobre a má conduta de terceiros.

Após investigação e ampla defesa da parte das pessoas alvo de denúncia, as infrações éticas verificadas serão tratadas de acordo com sua gravidade, por meio de:

  • notificação do caso à parte ou a todos os envolvidos – o autor principal, todos os autores, a instituição que o(s) emprega, o(s) financiador(es) do estudo e os terceiros alvo de apropriação indevida ou plágio;
  • publicação de notícia formal detalhando a má conduta em veículo que se considerar oportuno;
  • publicação de retratação formal do artigo já publicado.

As queixas recebidas pela Geousp serão avaliadas e respondidas pelo corpo editorial, responsável pela investigação, que será sigilosa.

Em caso de manuscritos suspeitos, seja por denúncia dos pareceristas ou pela constatação dos editores, o processo avaliativo poderá:

  • Ser interrompido, quando há prova clara de má conduta;
  • Ser suspenso até que se averigue a validade das acusações;
  • Gerar notificação aos terceiros prejudicados, conforme os casos de má conduta arrolados acima.

Se houver denúncia formal contra os editores, a responsabilidade pela investigação caberá a uma comissão designada pelo PPGH ou pelo PPGF.

Alegações, reclamações ou infrações éticas diferentes das citadas neste documento serão examinadas pelo corpo editorial à luz das práticas do COPE ou das Diretrizes da Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC Brasil).

Fontes consultadas: Código de Boas Práticas Cientificas_2014, da Fapesp; Diretrizes do CSE para Promover Integridade em Publicações de Periódicos Científicos 2012, da Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC Brasil); e Committee on Publication Ethics (COPE); Guia de Boas Práticas para o Fortalecimento da Ética na Publicação Cientifica; Formulário de Conformidade com a Ciência Aberta.

 

 

Preparando o manuscrito política de avaliação de manuscritos

 

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

As submissões devem ser feitas na Plataforma OJS do Portal de Revistas da USP.

A Revista Geousp apoia e pratica princípios de Ciência Aberta que permitam maior agilidade e transparência ao processo editorial.

A partir do momento em que forem aceitos para avaliação na plataforma da Revista Geousp, os autores que assim desejarem poderão publicar os manuscritos em servidores de preprints confiáveis e/ou publicá-los em repositórios institucionais durante o processo editorial, de modo a permitir contribuições produtivas e aumentar o impacto e citação de seu trabalho.

O aceite para avaliação é o processo de recepção do manuscrito, em que o mesmo passa por checagem das normas e verificação em programa antiplágio, que garantem a confiabilidade das submissões avaliadas pela Revista Geousp.

Fica sob responsabilidade do autor atender às boas práticas em relação à ciência aberta, assim como respeitar as normas éticas referentes à produção científica e ao conteúdo do manuscrito publicado, podendo a não observância de tais parâmetros implicar na rejeição da submissão além das sanções legais na forma da lei.

Normas para submissão de manuscritos

A Geousp – Espaço e Tempo é uma revista acadêmica na área de geografia, com as seguintes normas de publicação:

1 Todos os trabalhos devem ser inéditos e não podem estar submetidos a outro periódico aguardando avaliação.
1.1 São aceitas submissões em português ou espanhol.
1.2 Os manuscritos devem ter três resumos: em português e inglês obrigatoriamente e o terceiro em espanhol ou francês. Sendo o manuscrito em espanhol, os resumos serão, nesta ordem, em espanhol, em português e em inglês.

2 O artigo submetido pode ter um ou dois autores.
2.1 Um autor só pode voltar a submeter manuscritos à Geousp depois de transcorrido ao menos um ano de sua última publicação.
2.2 Quando houver dois autores, deve-se indicar a contribuição de cada um na elaboração do artigo com utilização de dois critérios mínimos de autoria: a. Qual foi a participação de cada um na discussão dos resultados; b. Qual foi a participação na revisão e aprovação da versão final do trabalho

Essas informações devem constar no final do manuscrito, após as referências, do seguinte modo:

AUTOR 1:
AUTOR 2:

3 Para a avaliação cega por pares, o manuscrito não pode conter o nome dos autores.
3.1 Quando houver referência ao próprio autor, deve-se substituir seu sobrenome pela palavra “Autor”.
3.2 Figuras, tabelas, mapas, quadros e outras ilustrações não podem trazer o nome do(s) autor(es), mas apenas (Autor, ano).

4 Cabe aos editores julgar se o manuscrito é inédito e alinhado ao escopo da revista:
4.1 Artigo – texto inédito que seja resultado de pesquisa, e não de monografia de conclusão de graduação, projeto de qualquer natureza ou nota de pesquisa de campo. A submissão seguirá para a avaliação cega por pares na medida em que o texto traga contribuição teórica ou material analítico inédito, e não apenas materiais empíricos novos. Máximo de 8.000 palavras em até 25 páginas, incluindo resumos e referências bibliográficas; cada resumo pode ter até 150 palavras e de 3 a 5 palavras-chave.
4.2 Notas de pesquisa de campo – sistematização de dados ou informações inéditas colhidas em campo. Máximo de 8.000 palavras em até 25 páginas, incluindo resumos e referências bibliográficas; cada resumo pode ter até 150 palavras e de 3 a 5 palavras-chave. A submissão deve ter sido discutida anteriormente com o editor para justificar sua pertinência, pelo endereço eletrônico revistageousp@gmail.com ou ricardomendes@usp.br.
4.3 Resenhas – necessariamente de textos clássicos ou de referência da geografia. A revista somente publica resenhas críticas e não são aceitas resenhas de organização de capítulos. O tamanho máximo é de 4.000 palavras. A submissão deve ter sido discutida anteriormente com o editor para justificar sua pertinência, pelo endereço eletrônico revistageousp@gmail.com ou ricardomendes@usp.br.
4.4 Cartografias, imagens e outras expressões gráficas – mapas, gráficos e outras figuras de que se descrevem a metodologia ou o modo da criação (softwares, técnicas etc.) (máximo 1.200 palavras). A submissão deve ter sido discutida anteriormente com o editor para justificar sua pertinência, pelo endereço eletrônico revistageousp@gmail.com ou ricardomendes@usp.br.
4.5 Dossiê temático – pode ser proposição de grupos de pesquisa ou por abertura de chamada pública com tema definido pela editoria da revista. A submissão de dossiês é conduzida da mesma maneira que as demais. Os manuscritos só são considerados e aceitos por seu mérito acadêmico, independentemente de qualquer influência pessoal.

Observações sobre a submissão de dossiês:

A submissão deve ser discutida com o editor para justificar sua pertinência ao escopo da revista e sua originalidade (sobretudo levando em conta os dossiês publicados recentemente).

O Dossiê terá no máximo cinco artigos, além da introdução, que deve ser feita pelo organizador. Um critério importante para o aceite da proposta é a diversidade institucional dos autores, que devem ter pesquisa na área temática.

A avaliação dos artigos do Dossiês é conduzida da mesma maneira que a dos demais: avaliação por pares cegos.

O proponente do Dossiê será o organizador e trabalhará conjuntamente com o editor da revista, elegendo pareceristas em comum acordo.

5 Apresentação do manuscrito

  • em Word
  • folha A4
  • margens: 2,5 cm
  • fonte: Times New Roman, corpo 12
  • entrelinhas de 1,5 cm (sem recuo e sem espaçamento)
  • sem número de página
  • título em caixa alta e baixa: apenas a primeira palavra e os nomes próprios começam com letra maiúscula

6 Citações
6.1 Todas as citações devem dar o sobrenome do autor e o ano da publicação.
6.2 Citações literais devem dar também o número da(s) página(s) onde ocorrem.
6.2.1 Citações literais de até 3 linhas: no corpo do parágrafo, entre aspas e sem itálico.
6.2.2 Citações literais com mais de 3 linhas: com recuo à esquerda de 4 cm, em corpo 11, entrelinha simples, sem aspas e sem itálico.

7 Referências
Obs.: a norma adotada pela GEOUSP é a ABNT (6023)

  • Livro
    SOBRENOME, I. N. A. [Iniciais do Nome do Autor]. Título do livro. Cidade da publicação: Editora, ano.
  • Capítulo de livro
    SOBRENOME, A. C. [Autor do Capítulo]. Título do capítulo. In: SOBRENOME, O. L. [Organizador do Livro] (Org.). Título do livro. Cidade de publicação: Editora, ano. p. XX-YY [intervalo do capítulo].
  • Artigo de periódico
    SOBRENOME, I. N. A. Título do artigo. Título do periódico, Cidade, volume, número, páginas (inicial e final), ano.
  • Tese/dissertação/monografia
    SOBRENOME, I. N. A. Título: subtítulo. Tese/Dissertação/Monografia (Doutorado/Mestrado/Graduação em [Área de Conhecimento]) – Instituto/Faculdade, Universidade, Cidade, ano.

8 Itálico: palavras de origem estrangeira e destaques no texto. (Evitar negrito e sublinhado.)
9 Ilustrações, quadros, tabelas, mapas, gráficos e fotos devem ser coerentes com o texto, ter resolução mínima de 300 dpi e estar no corpo do texto, perto do ponto onde são citadas.
9.1 O título deve estar acima (e não dentro) da figura, e a fonte, logo abaixo (e não dentro).
10 O arquivo não pode ter caixas de texto. (Títulos e fontes de figuras devem estar no corpo do texto.)

11 Preenchimento dos metadados
Os metadados da submissão devem estar correta e completamente preenchidos, evitando que o manuscrito seja imediatamente recusado. Destacamos que, sem o preenchimento completo e correto dos metadados, os artigos não obtêm o DOI (Digital Object Identifier), e tais informações são da responsabilidade exclusiva dos autores, conforme consta em “Deveres dos autores”.
Como preencher os metadados da submissão:
11.1 seção: selecionar “Artigos” (outras opções precisam ser acordadas previamente com o editor)
11.2 idioma da submissão: selecionar o idioma do manuscrito
11.3 prefixo: não preencher
11.4 título: inserir o prefixo, o título e o subtítulo
11.5 subtítulo: não preencher
11.6 resumo: ao clicar no campo de preenchimento do resumo, imediatamente aparecerão na tela os outros campos para inserir as outras línguas, abaixo do resumo principal. Preencher:
11.6.1 Em português (obrigatório)
11.6.2 Em inglês (obrigatório)
11.6.5 Em espanhol ou francês (conforme a língua do resumo)
11.6.6 Cada resumo deve ser inserido no campo reservado para sua respectiva língua, e todas estão indicadas no formulário de metadados.
11.6.7 Não serão aceitos resumos em língua estrangeira vertidos por tradutores automáticos.
11.7 lista de coautores (se houver). Para preencher essas informações, deve-se clicar na seta ao lado do(s) nome(s) do(s) autor(es) e, em seguida, em “Editar” e preencher os campos que aparecerão na tela. São obrigatórios:

  • nome completo
  • e-mail
  • país
  • ORCID
  • instituição/afiliação (por extenso e sem siglas)
  • resumo da biografia (máximo 3 linhas da caixa de texto)

11.8 imagem de capa: não preencher
11.9 idiomas: em cada linha, digitar por extenso a respectiva língua. “Português”, na linha reservada para português; “Inglês” na reservada para inglês etc., de acordo com a língua adotada no manuscrito e nos resumos.
11.10 palavras-chave: Inserir as respectivas palavras-chave (três a cinco) em cada resumo das três línguas.
nota: Ao clicar no campo de preenchimento das palavras-chave, os outros campos para inserir as outras línguas imediatamente aparecerão na tela. É preciso inseri-las uma a uma, clicando em “Enter” ou “Return” a cada palavra inserida (se forem coladas todas juntas de uma só vez, o sistema as entenderá como uma única palavra-chave).
11.11 agência de fomento: quando houver agência de fomento, inserir seu nome por extenso, inclusive em outras línguas, e dar o número do processo.
11.12 referências: inserir todas as referências citadas no artigo nesse campo do formulário.
nota: Eventuais referências não citadas serão retiradas do artigo aceito na fase de edição.

Declaração de direito autoral

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  1. Autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho com licença de uso da atribuição CC-BY, que permite distribuir, remixar, adaptar e criar com base no seu trabalho desde que se confira o devido crédito autoral, da maneira especificada por CS.
  2. Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.
  3. Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho on-line (ex.: em repositórios institucionais ou em sua página pessoal) a qualquer altura antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado (Veja O Efeito do Acesso Livre).
 

 

Check list de submissão

 
  • A contribuição é original e inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista. (Se estiver, deve-se justificá-lo em “Comentários ao editor”)
  • A submissão não é de anais de eventos ou monografia de fim de curso (e tampouco seus capítulos)
  • Foi selecionada a seção “Artigos” para esta submissão
  • O arquivo da submissão está em Word
  • URLs para as referências foram informadas quando possível
  • O texto obedece aos padrões gráficos indicados nos itens de 5 a 10 das Diretrizes para Autores
  • Para submeter um manuscrito a uma seção com avaliação cega, foram substituídos os nomes de todas as autorreferências pelo termo “Autor” (inclusive mapas, quadros e tabelas), conforme as instruções do item 3 das “Diretrizes para Autores”
  • O(s) autor(es) deve(m) ser docente(s) de instituição de ensino superior, ou pesquisador(es) de instituto de pesquisa, ou ter vínculo passado (que resultou em obtenção de título) ou atual a programa de pós-graduação
  • Todos os metadados serão inseridos nas três línguas previstas nesta submissão (etapa "3. Dados da submissão"), observando estritamente as instruções do item 11 das “Diretrizes para Autores” (“Preenchimento dos metadados”)
  • O numero ORCID será informado (etapa "3. Dados da submissão")
  • Serão informados a instituição (universidade ou instituto de pesquisa) e o resumo da biografia (duas a três linhas no respectivo campo)
  • O texto pode ter um ou dois autores; neste caso, cada um deve indicar claramente sua participação no artigo, conforme o tem 2.2 das Diretrizes para autores.
 
Universidade de São Paulo Av. Prof. Lineu Prestes, 338 - Cidade Universitária, São Paulo , SP - Brasil. Cep: 05339-970, Tels: 3091-3769 / 3091-0297 / 3091-0296 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revistageousp@usp.br