(Atualizado: 31/01/2022)

Sobre o periódico

 

Informações básicas

 

Pesquisa Operacional começou a ser publicada em 1981. Ela é uma publicação da Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional (SOBRAPO), completando um volume a cada ano.

Pesquisa Operacional tem como objetivo principal publicar artigos produzidos pela comunidade científica de Pesquisa Operacional (PO) com o intuito de promover a sua integração e a disseminação do conhecimento científico gerado dentro da mesma.

A abreviatura de seu título é Pesq. Oper., que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências e legendas bibliográficas.

 

 

Fontes de indexação

 

Os artigos publicados em Pesquisa Operacional são indexados por:

  • Cabell’s directories
  • IAOR (International Abstracts in Operations Research)
  • SCOPUS
 

 

Propriedade intelectual

 

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição BY.

 

 

Patrocinadores

 

A publicação recebe financiamento do:

Programa de Apoio à Editoração e Publicação de Periódicos Científicos Brasileiros do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), do Ministério da Educação (MEC).

 

 


Corpo Editorial

 

Editor-chefe

   

Editores associados

   

 

Corpo editorial

   

 


Instruções aos autores

 

Política editorial

 

Pesquisa Operacional tem como objetivo publicar artigos produzidos pela comunidade científica de Pesquisa Operacional (PO) com o intuito de promover a sua integração e a disseminação do conhecimento científico gerado dentro da mesma.

Pesquisa Operacional publica trabalhos teóricos e aplicados de qualquer subárea da PO, assim como revisões bibliográficas sobre tópicos de interesse e trabalhos sobre a história ou metodologia da PO. Os trabalhos submetidos devem ser escritos em inglês, devem ser originais e não devem ter sido aceitos para publicação (ou publicados) por outras revistas, nem devem estar em processo de avaliação para publicação em outro meio. Além da originalidade e relevância, serão levados em conta a qualidade da apresentação (clareza, estilo e organização do texto) e a adequação do texto aos interesses do público leitor do periódico. Os artigos submetidos serão julgados por pelo menos dois revisores usando um sistema de avaliação cega, e a decisão final será comunicada ao autor principal pelo Editor-Chefe.

A submissão de um artigo implica que a sua publicação foi aprovada por todos os co-autores, se for o caso, bem como pelas autoridades responsáveis da instituição em que o trabalho foi realizado e que o(s) autor(es) estará(ão) implicitamente cedendo seus direitos à SOBRAPO e afirmando que eventuais direitos autorais de terceiros não estão sendo violados. O(s) autor(es), entretanto, permanece(m) responsável(is) pelo conteúdo do artigo publicado na revista. Apesar de se acreditar que a informação contida neste periódico seja verdadeira e acurada na data de sua impressão, os editores e a SOBRAPO não aceitam qualquer responsabilidade legal por erros ou omissões que possam ter ocorrido ou que venham a ser identificados.

Não há taxa para submissão e avaliação de artigos.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Os autores que desejem submeter seus artigos para publicação na Pesquisa Operacional deverão fazê-lo por meio do sistema de submissão eletrônica do SciELO (www.scielo.br/pope). O artigo deve ser acompanhado de um ofício de submissão do(s) autor(s). Neste ofício devem constar dados que facilitem o contato com o autor para correspondências: endereço completo, números do telefone e do fax e endereço eletrônico (e-mail). As normas especificadas abaixo deverão ser observadas com rigor. A falta de padronização poderá causar atrasos consideráveis na publicação de artigos submetidos fora das especificações.

Conteúdo, Organização do Texto e Formato

O artigo deverá ser digitado em LaTeX ou Word for Windows (letra Times New Roman, espaçamento simples). A especificação para as margens é: superior: 33 mm, inferior: 25 mm, esquerda e direita: 29 mm, cabeçalho: 21 mm, rodapé: nenhum, medianização ("gutter"): 3 mm, margens em espelho. Caso sejam feitas referências no texto, elas devem ser feitas a seções e não a números de páginas. As especificações para o tamanho e aspecto de letra são as seguintes: título: 12, negrito, maiúscula; autor(es): 12, negrito, maiúscula e minúscula; instituição de origem: 11, comum, maiúscula e minúscula; títulos de resumos e palavras-chave: 11, negrito, maiúscula e minúscula; textos de resumo: 10, normal; texto do artigo: 11, negrito (títulos); 11, normal (texto).

Pesquisa Operacional disponibiliza aos autores um template LaTeX para preparar seus artigos, que pode ser baixado no link: http://www.sobrapo.org.br/documentos/template-PO.tex

A primeira página deve receber apenas o título do trabalho, dados sobre autores, resumos e palavras-chave. Após o título, abrir 2 espaços simples e incluir o nome de cada autor, sem títulos nem cargos, à direita; na linha seguinte, o de sua instituição, também à direita. Em seguida, dois espaços simples e o resumo. Cada resumo não deve ultrapassar em hipótese alguma 150 palavras, que é o limite para publicação nos IAOR da IFORS. O resumo deve ser seguido por três palavras-chave.

O trabalho deve começar por uma introdução. Não são permitidas notas de rodapé. Notas de agradecimento e de crédito a financiadoras não poderão ser superiores a 5 linhas e deverão ser incluídas após o texto principal, antes das referências bibliográficas.

Objetos gráficos devem ser incorporados ao texto pelo editor utilizado. Objetos compostos com diversos elementos devem estar agrupados. Não haverá impressão a cores.

Expressões matemáticas devem ser numeradas consecutivamente.

As referências bibliográficas devem ser ordenadas em ordem alfabética do último sobrenome do primeiro autor. A citação no texto deve conter sobrenomes e o ano de publicação da referência, abreviados ou não. Exemplos: [MPL03], ou Maculan, Plateau & Lisser (2003), ou Maculan et al. (2003). Os seguintes modelos devem ser seguidos para capítulos contribuídos em livros editados, livros, artigos publicados em periódicos e relatórios internos e teses, respectivamente:

[1] Bechara JJB & Galvão RD. 1987. The use of interactive computing for vehicle routeing. In: Recent Advances in System Modelling and Optimization [edited by L. Contesse, R. Correa and A. Weintraub], Springer Verlag, 22–32.

[2] Kleinrock L. 1975. Queueing Systems. Vol. 1: Theory. New York: John Wiley & Sons, Inc.

[3] Maculan N, Plateau G & Lisser A. 2003. Integer linear models with a polynomial number of variables and constraints for some classical combinatorial optimization problems. Pesquisa Operacional, 23(1):161-168.

[4] Yanasse HH. 1997. An exact algorithm for the tree case of the minimization of open orders problem. Technical Report LAC-001/97, INPE, São José dos Campos, SP, Brazil.

 
Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional Rua Mayrink Veiga, 32 - sala 601 - Centro, 20090-050 Rio de Janeiro RJ - Brasil, Tel.: +55 21 2263-0499, Fax: +55 21 2263-0501 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: sobrapo@sobrapo.org.br