(Atualizado: 31/01/2022)

Sobre o periódico

 

Informações básicas

 

Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano (RBCDH) uma revista on-line, de acesso aberto e gratuito, coordenada e publicada pelo Núcleo de Pesquisa em Cineantropometria e Desempenho Humano, do Centro de Desportos, da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis, SC. Brasil.

A RBCDH publicada desde 1999, com a seguinte periodicidade: anual de 1999 (vol. 1) a 2002 (vol. 4), semestral de 2003 (vol. 5) a 2005 (vol. 7), trimestral de 2006 (vol. 8) a 2009 (vol. 11), bimestral de 2010 (vol. 12) a 2018 (vol. 20), e publicação contínua a partir de 2019 (vol. 21).

A missão da revista é divulgar conhecimento científico original que contribua com a Ciência do Movimento Humano, com ênfase na Cineantropometria em seus aspectos morfológicos e funcionais, assim como os fatores condicionantes do Desempenho Físico.

O título abreviado da revista é Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum, que deve ser utilizado para referencias bibliográficas e notas de rodapé.

 

 

Fontes de indexação

 
  • Doaj,
  • Genamics JournalSeek,
  • Index Corpenicus International,
  • Latindex,
  • Lilacs,
  • LivRe,
  • Physical Education Index (ProQuest),
  • SciELO - Scientific Electronic Library Online,
  • Scopus,
  • Sibradid,
  • SPORTDiscus(EBSCO)
 

 

Propriedade intelectual

 

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo atribuição (BY).

A revista é on-line, de acesso aberto e gratuito.

 

 

Patrocinadores

 

A publicação não recebe nenhum tipo de financiamento.

 

DIVULGAÇÃO

periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh

www.scielo.br/rbcdh

 

 

 


 

Corpo Editorial

 

Editor [ou Editores]

 
  • Diego Augusto Santos Silva. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC. Brasil
 

 

Editores associados

 
  • Airton José Rombaldi. Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Pelotas, RS. Brasil.
  • Alex Pinheiro Gordia. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Amargosa, BA. Brasil.
  • Ciro José Brito. Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Juiz de Fora, MG. Brasil.
  • Dartagnan Pinto Guedes. Universidade Norte do Paraná (UNOPAR). Londrina, PR. Brasil.
  • Fernando Diefenthaeler. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC. Brasil.
  • Gibson Moreira Praça. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Belo Horizonte, MG. Brasil.
  • Kelly Samara da Silva. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC. Brasil.
  • Lenamar Fiorese Vieira. Universidade Estadual de Maringá. Maringá, PR. Brasil.
  • Lucieli Teresa Cambri. Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Cuiabá, MT. Brasil.
  • Paulo Cesar Barauce Bento. Universidade Federal do Paraná (UFPR). Curitiba, PR. Brasil.
  • Tânia Rosane B. Benedetti. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC. Brasil.
 

 

Comissão editorial

 
  • Diego Augusto Santos Silva. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC. Brasil.
  • Tânia Rosane B. Benedetti. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC. Brasil.
  • Kelly Samara da Silva. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, SC. Brasil.
  • Alex Pinheiro Gordia. Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Amargosa, BA. Brasil.
  • Ciro José Brito. Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Juiz de Fora, MG. Brasil.
 

 

Produção editorial

 
  • Diagramação/Arte Final
    Diogo Henrique Ropelato

  • Secretaria
    Andressa Ferreira da Silva
    Priscila Custódio Martins
 

 


 

Instruções aos autores

 

Escopo e política

 

A Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano é uma revista de Educação Física, Esporte e áreas afins, cujo foco é o movimento humano, sendo revisada por um painel internacional de pares, com ênfase na mensuração do homem nas suas vertentes morfológica e funcional, bem como os fatores condicionantes da performance física. Dado o caráter multidisciplinar da revista, estas áreas de estudo são abordadas em vários contextos, com interações com aspectos sociais, comportamentais, de saúde e ambientais.

A revista publica artigos em língua inglesa.

A revista publica artigos originais, artigos de revisão/atualização, e pontos de vista.

Todos os artigos devem ser submetidos em língua inglesa.

 

Política de ética e transparência na publicação

Princípios gerais

A Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano segue as orientações de ética e transparência na publicação contidas nos documentos “Guia SciELO de Boas Práticas para o Fortalecimento da Ética na Publicação Científica” e os “Princípios de Transparência e Boas Práticas em Publicações Acadêmicas”, publicado pelo Committee on Publication Ethics (COPE), pelo Directory of Open Access Journals (DOAJ), pela Open Access Scholarly Publishers Association (OASPA) e pela World Association of Medical Editors (WAME). Os documentos podem ser acessados na íntegra em https://publicationethics.org/ e https://wp.scielo.org/wp-content/uploads/Guia-de-Boas-Praticas-para-o-Fortalecimento-da-Etica-na-Publicacao-Cientifica.pdf 

Aprovação por Comitê de Ética em Pesquisa (CEP)

Todos os trabalhos submetidos à Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano devem ter seguido as recomendações de ética em pesquisa da Declaração de Helsinque e as normas constantes nas Resoluções nº 466/2012 e nº 510/2016 do Conselho Nacional de Saúde do Brasil (no caso de estudos desenvolvidos no Brasil). Para estudos desenvolvidos em outros países, as recomendações de ética em pesquisa da Declaração de Helsinque devem ser atendidas e a aprovação por um Comitê de Ética em Pesquisa institucional deve ser obtida. A aprovação por um Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) é dispensada para estudos que analisam dados agregados e sem identificação das pessoas, tais como aqueles disponíveis em bancos de dados oficiais de domínio público, artigos de revisão de literatura e pontos de vista.

Registro de ensaios clínicos

A Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano apoia as políticas da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE) para registro de ensaios clínicos, reconhecendo a importância dessas iniciativas para o registro e divulgação internacional de informação em acesso aberto. Por essa razão, são aceitos para publicação somente os artigos de pesquisa clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos registros de ensaios clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE, cujos endereços estão disponíveis no site do ICMJE. O número de identificação/aprovação deverá ser registrado na seção de método do artigo.
As entidades que registram ensaios clínicos segundo os critérios do ICMJE são:

  • Australian New Zealand Clinical Trials Registry (ANZCTR);
  • ClinicalTrials.gov;
  • International Standard Randomised Controlled Trial Number (ISRCTN);
  • Nederlands Trial Register (NTR);
  • UMIN Clinical Trials Registry (UMIN-CTR);
  • WHO International Clinical Trials Registry Platform (ICTRP).

Manuscritos-preprints

A Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano aceita a submissão de manuscritos-preprints, ou seja, que estão depositados em um servidor de preprints.

No momento da submissão do artigo à Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano, os autores devem informar se o artigo é um preprint. Se o artigo for um preprint, os autores devem informar o nome do servidor preprint e o DOI do artigo no servidor preprint.
Alguns exemplos de servidores oficiais de manuscritos-preprints são:

SciELO preprints: https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/about/submissions
EmeRI: https://preprints.ibict.br/

Compartilhamento de dados

A Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano incentiva que os autores disponibilizem publicamente os dados brutos dos seus estudos e as rotinas utilizadas nas análises dos dados.

Em relatos de ensaios randomizados controlados e de qualquer outro tipo de estudo de intervenção, somente serão considerados para publicação se os autores se comprometerem a disponibilizar os dados relevantes dos participantes (sem identificação individual), em acesso aberto ou de forma individualizada, em atendimento a pedido.

Abertura na avaliação por pares

A Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano oferece aos autores dos manuscritos a opção de abertura na avaliação por pares. Ao submeter o artigo, os autores poderão optar pela abertura na avaliação por pares. Nesse processo, os autores poderão optar pela publicação dos pareceres dos revisores quando da aprovação do manuscrito. Além disso, os autores podem optar por interagir diretamente com os revisores do manuscrito durante o processo de avaliação.

No processo de abertura de avaliação por pares, os revisores dos manuscritos serão consultados se: 1) querem tornar os seus nomes públicos para os autores; 2) querem tornar os seus nomes públicos quando da aprovação/publicação do manuscrito; 3) querem interagir diretamente com os autores do manuscrito durante o processo de avaliação; 4) querem publicar os seus pareceres quando da aprovação/publicação do manuscrito.

Somente com a concordância de ambas as partes (autores e revisores) é que serão publicados juntamente com o artigo os nomes dos revisores.

Somente com a concordância de ambas as partes (autores e revisores) é que serão publicados juntamente com o artigo os pareceres de avaliação.

Somente com a concordância de ambas as partes (autores e revisores) é que será realizada a interação direta entre os autores e os revisores.

 

CONFLITO DE INTERESSE, MÁ CONDUTA DE PESQUISA, DIREITOS HUMANOS, CONSENTIMENTO INFORMADO

Nossa política editorial encoraja fortemente a integridade da pesquisa, o respeito aos direitos humanos, o respeito aos dados pessoais e, geralmente, apoiamos a ótica tanto na conduta de pesquisa quanto na comunicação científica.

Os conflitos financeiros não declarados podem minar seriamente a credibilidade da revista, dos autores e da própria ciência. Os conflitos de interesse mais óbvios são as relações financeiras, tais como: emprego, posse de ações, subsídios, patentes. Conflitos também podem existir como resultado de relacionamentos pessoais, competição acadêmica e paixão intelectual. Todos os autores são solicitados a divulgar qualquer conflito de interesses real ou potencial, incluindo quaisquer relacionamentos financeiros, pessoais ou outros com outras pessoas ou organizações que possam influenciar de forma inadequada ou que possam influenciar o seu trabalho.

Má conduta em pesquisa de acordo com as políticas e procedimentos do National Institutes of Health - NIH (https://www.nih.gov/) e da American Psychological Association (https://www.apa.org/), entre outras, definida como:

  • Fabricação (criação de dados ou resultados)
  • Falsificação (manipulação de materiais, equipamentos ou processos de pesquisa ou alteração ou omissão de dados ou resultados, de modo que a pesquisa não seja representada com precisão no registro da pesquisa).
  • Plágio (apropriação de ideias, processos, resultados ou palavras de outra pessoa sem dar crédito apropriado).

A ética é a mais alta prioridade para todas as atividades na realização de pesquisa, na qual se devem respeitar os princípios éticos e as legislações nacionais e internacionais pertinentes. A questão ética mais comum geralmente inclui: a proteção de crianças, pacientes e outras populações vulneráveis, privacidade e proteção de dados. Encorajamos a publicação dos resultados de pesquisa do estudo em que todos os participantes da pesquisa tenham assinado o termo de consentimento informado e receberam informações completas sobre os possíveis efeitos, benefícios, e consequências da intervenção de pesquisa.

Ao relatar pesquisas envolvendo seres humanos, os autores devem indicar se os procedimentos seguidos foram avaliados pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos (ou de pesquisas com animais) (institucional e nacional), e se tais procedimentos estavam de acordo com a Declaração de Helsinque como revisada em 2013. Todos os trabalhos submetidos à Revista Brasileira de Cineantropometria e Desempenho Humano devem ter seguido as recomendações de ética em pesquisa da Declaração de Helsinque e as normas constantes nas Resoluções nº 466/2012 e nº 510/2016 do Conselho Nacional de Saúde do Brasil (no caso de estudos desenvolvidos no Brasil). Para estudos desenvolvidos em outros países, as recomendações de ética em pesquisa da Declaração de Helsinque devem ser atendidas e a aprovação por um Comitê de Ética em Pesquisa institucional deve ser obtida. A aprovação por um Comitê de Ética em Pesquisa é dispensada para estudos que analisam dados agregados e sem identificação das pessoas, tais como aqueles disponíveis em bancos de dados oficiais de domínio público, artigos de revisão de literatura e pontos de vista.

Na seção de método do estudo dos artigos que empregaram amostra de humanos ou de animais, os autores devem adicionar a informação sobre a aprovação do protocolo de pesquisa em Comitê de Ética institucional. Ademais, adiciona-se também o número de protocolo de aprovação.

 

POLÍTICA DE ESTUDOS ENVOLVENDO ANIMAIS

A revista não incluirá artigos baseados em trabalhos que envolvam dor desnecessária, angústia, sofrimento ou danos permanentes aos animais. Os manuscritos descrevendo pesquisas envolvendo animais devem incluir detalhes apropriados, na seção de métodos, dos animais utilizados, alojamento e alimentação, delineamento experimental, procedimentos experimentais, considerações éticas e licenças e aprovações sob as quais o trabalho foi realizado.

Na preparação de manuscritos descrevendo o trabalho com animais, os autores devem usar as diretrizes do ARRIVE. Estas diretrizes estão disponíveis em: http://www.nc3rs.org.uk/downloaddoc.asp?id=1206&page=1357&skin=0

 

PARA SER PUBLICADO, O MANUSCRITO TEM QUE SER APROVADO EM TRÊS PASSOS:

Análise Prévia.

O manuscrito somente será enviado aos revisores após aprovado em uma análise prévia pelo conselho editorial, na qual serão observados: a adequação aos objetivos e à política editorial da revista; o formato de apresentação de artigos; e o potencial de publicação do manuscrito.

Avaliação pelos Pares (peer review)

Essa revista adota o sistema double-blind review. Os critérios da revista para aceitar artigos incluem: a apropriação do manuscrito para o escopo da revista, mérito geral do manuscrito, dados relevantes, normatização e formatação, aderência às diretrizes da revista, originalidade, validade dos dados, clareza da escrita, repercussões das conclusões e contribuição científica para a Educação Física, Esportes e áreas afins. Cada manuscrito avaliado por, no mínimo, dois Revisores, sendo garantido o anonimato durante o julgamento. Os Revisores farão comentários pontuais e gerais quanto ao mérito científico do trabalho e decidirão se o mesmo deve ser aprovado, recusado ou aprovado com correções (esta indicação não garante a publicação). O artigo com as correções passará por novo processo de avaliação.

Os Revisores enviam seus pareceres ao Editor Científico, o qual encaminhará resposta ao autor responsável, via correio eletrônico/sistema da revista. Os Editores, de posse das análises dos Revisores, tomarão a decisão final. Em caso de discrepâncias entre os revisores, poderá ser solicitado um parecer de um novo Revisor.

Durante o processo de avaliação por pares pode haver a abertura na avaliação por pares. A abertura na avaliação por pares somente haverá se houver concordância entre autores e revisores. Em hipótese alguma haverá abertura na revisão por pares sem a concordância de ambas as partes (autores e revisores). Se ambas as partes (autores e revisores) concordarem com a abertura na revisão por pares, tal abertura poderá incluir todas ou alguns desses quesitos, conforme concordância de ambas as partes: 1) tornar os nomes dos revisores públicos para os autores, e vice-versa; 2) tornar os nomes dos revisores públicos quando da aprovação/publicação do manuscrito; 3) interação direta entre os autores e os revisores; 4) publicar os pareceres dos revisores quando da aprovação/publicação do manuscrito.

Redação/Estilo

As revisões ortográficas, de normas e de estilo da revista completam o processo de avaliação.

Se necessário, o Conselho Editorial estará envolvido em investigações sobre quaisquer questões éticas e legais e se comunica com o(s) autor(es) em caso de: reclamações de plágio, publicações múltiplas, duplicadas, simultâneas e concorrentes, apropriação indevida de resultados de pesquisa, violações de padrões de pesquisa, conflitos de interesse não revelados, alegações de erros de pesquisa. Se estas questões não forem resolvidas, o Conselho Editorial se recusará a publicar tais manuscritos. Ao investigar má conduta de pesquisa, o Conselho Editorial fornecerá as salvaguardas máximas para os informantes, que devem agir de boa fé e para os autores será dada oportunidade de responder às alegações e acesso razoável aos dados e outras evidências que apóiam as alegações.

O Conselho Editorial também lidará com publicações suspeitas do tipo ‘salame’. A decisão final sobre similaridade aceitável com publicações prévias é do Conselho Editorial e dependerá da quantidade e relevância dos dados duplicados. Antes de tomar a decisão, o Conselho Editorial contatará o(s) autor(es) para esclarecimentos.

O Conselho Editorial se comunicará com os revisores dos manuscritos durante todo o processo de revisão por pares.

O Conselho Editorial garantirá a confidencialidade e imparcialidade das avaliações.

O Conselho Editorial informará aos revisores sobre a decisão final em relação aos manuscritos.

A Revista adota o sistema Ithenticate para identificação de plagiarismo.

O manuscrito e todos os documentos suplementares devem ser submetidos via on line http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/login

As novas diretrizes para formatação dos artigos estão sendo preparadas e em breve serão divulgadas.

 

 


 

Universidade Federal de Santa Catarina Universidade Federal de Santa Catarina, Campus Universitário Trindade, Centro de Desportos - RBCDH, Zip postal: 88040-900 - Florianópolis, SC. Brasil, Fone/fax : (55 48) 3721-8562/(55 48) 3721-6348 - Florianópolis - SC - Brazil
E-mail: rbcdh@contato.ufsc.br