ISSN 1414-753X versão impressa

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

Normas para publicação

PROCESSO DE ANÁLISE DE MANUSCRITOS DA REVISTA AMBIENTE & SOCIEDADE

O processo de análise dos manuscritos funciona da seguinte forma:

(1) Triagem inicial: Os editores assistentes da revista revisam o manuscrito para verificar a adequação às normas de publicação que constam no site. Nesta fase, os editores apenas sugerem aos autores adequações no manuscrito conforme os critérios editoriais da revista. Quanto antes o autor atender às exigências, mais rápido será o processo de avaliação. O prazo máximo para responder às pendências é de duas semanas. Caso estas não sejam respondidas, é facultado à Secretaria executiva a rejeição do manuscrito. Nestes casos, os autores poderão resubmeter o artigo, com as pendências corrigidas. É muito importante que os autores estejam atentos ao cumprimento das exigências de formatação da Revista. O autor será notificado para realizar as adequações até três vezes, e caso o manuscrito ainda tenha pendências, o trabalho será rejeitado. Nesta fase, há rejeição de trabalhos caso não atenda o escopo da revista.

(2) Pré-análise: o manuscrito passará pela avaliação dos editores adjuntos. Nesta etapa são analisados alguns requisitos, tais como atendimento ao escopo da revista, originalidade, solidez metodológica e discussão interdisciplinar. O não atendimento dos requisitos pode implicar na rejeição do texto. A avaliação é feita sem a identificação dos autores.

(3) Designação: Caso os artigos sejam aprovados na etapa de pré-análise, os manuscritos serão encaminhados aos editores associados da revista. Estes acompanham a avaliação e indicam os pareceristas que devem proceder com a revisão do artigo.

(4) Avaliação: Nesta última etapa, o manuscrito é avaliado por uma dupla de revisores em método duplo-cego, em alguns casos, segue para o desempate ou segunda rodada.

(5) Novas rodadas de avaliação: É muito comum que os avaliadores sugiram uma série de adequações na decisão editorial, o que implicará o início de uma nova rodada de avaliação. Quanto antes o autor providenciar as alterações, mais rápido será o processo de análise desta nova rodada. Para esta nova rodada os autores deverão resubmeter o manuscrito corrigido no sistema ScholarOne e deverão fazê-lo mantendo o tipo de manuscrito “Original Article” (Step 1: Type, Title & Abstract), e não como “review”. A omissão desta exigência implicará a devolução do manuscrito para correção.

Importante:  O funcionamento do Sistema ScholarOne é baseado no fuso horário Eastern time, e não no fuso horário brasileiro. Portanto, os autores devem submeter as revisões e correções até o dia anterior ao prazo fixado pelo sistema ScholarOne e comunicado em emails aos autores.

Desde 2012 a revista Ambiente & Sociedade publica todos seus artigos em versão bilíngue: no idioma original (Português ou Espanhol) e a versão em Inglês. Opcionalmente, os artigos aprovados poderão também ser publicados nos três idiomas. Os custos de tradução em qualquer idioma serão de responsabilidade dos autores.

O artigo aprovado na etapa 4, e aceito para publicação até agosto do ano em curso, será publicado no volume vigente.

Os textos devem ser submetidos no link: https://mc04.manuscriptcentral.com/asoc-scielo

Foco e escopo

A Revista Ambiente & Sociedade é uma publicação anual da ANPPAS - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade, que busca contribuir com a produção do conhecimento na interface das questões do Ambiente e Sociedade, com foco interdisciplinar, destacando o diálogo entre as ciências naturais e humanas e suas conexões. 

Publica trabalhos de colaboradores nacionais e internacionais, mediante avaliação dos editores e pareceres emitidos por assessores ad hoc.

A revista publica artigos e resenhas de livros inéditos na área interdisciplinar que tratem do processo de interação entre Sociedade e Meio Ambiente, e apresentem contribuições originais e relevantes do ponto de vista teórico, conceitual, metodológico e/ou empírico.

Artigos de caráter estritamente disciplinar, com foco nas transformações ambientais ou humanas, de forma separada, ou que não tenham uma discussão sobre a relação meio ambiente e sociedade deverão ser encaminhados para outros periódicos e não serão considerados para publicação, independentemente da sua qualidade.

Exemplos de artigos fora do escopo:

  • Análise estritamente jurídica das questões ambientais
  • Descrição e diagnóstico de problemas ambientais
  • Análise de tecnologias
  • Análise espaciais e seus métodos
  • Análises econômicas
  • Estudos de caso com micro escala
  • Revisão e sistematização de literatura.

 

Sistema de submissão e acompanhamento de artigos

A Revista Ambiente & Sociedade migrou para a plataforma de submissão Scielo ScholarOne e espera com isso otimizar todo o processo da submissão à publicação do periódico. Para enviar artigos acesse: https://mc04.manuscriptcentral.com/asoc-scielo

Pedimos aos autores que leiam com atenção todos os requisitos do processo de submissão abaixo.

O Sistema ScholarOne exige que os autores, no momento da submissão, indiquem o seu código ORCID (https://orcid.org/). O preenchimento deste código no sistema só pode ser feito pelo próprio autor ou co-autor do manuscrito

O contato com a revista é feito único e exclusivamente via email: revistaambienteesociedade@gmail.com

A) FORMATO DO MANUSCRITO

Na redação do artigo os autores deverão observar as seguintes orientações:

  1. Os manuscritos devem ser classificados como "Original Article" na etapa de submissão "Step 1: Type, Title & Abstract".
  2. O número máximo de autores e co-autores, por manuscrito submetido, deverá ser de 7 pessoas.
  3. O manuscrito deve ser estruturado da seguinte forma: Título em português, Resumo, Palavras-chave, Título em inglês, Abstract, Key-words, Título em espanhol, Resumen, Palabras-clave, introdução, desenvolvimento do texto, referências. Notas de rodapé e/ou de fim de página são opcionais.
  4. Para a avaliação, o texto pode ser redigido nos idiomas: português, espanhol ou inglês.
  5. O documento deve ser submetido em formato doc. ou docx.
  6. Fonte Arial 12 e espaçamento 1,5 (um e meio) entre linhas.
  7. Todas as folhas do manuscrito devem trazer o seu número sequencial de página.
  8. O arquivo todo do manuscrito deverá ter o mínimo de 35.000 e máximo de 50.000 caracteres, considerados os espaços e incluídas as referências.
  9. Título do artigo deve ter, no máximo, 15 palavras.
  10. O Resumo, abstract e resumen, devem conter cada, de 100 a 150 palavras. Não deve ser redigido em primeira pessoa e deve incluir tema geral, problema de pesquisa, objetivos, métodos e principais conclusões.
  11. As Palavras-chave, keyword e palabra clave devem ser no mínimo 3 e no máximo 5, nas três línguas.
  12. Agradecimentos (opcionais) devem ser citados em nota de rodapé junto ao título. Eles não podem conter referências, diretas ou indiretas, à autoria.
  13. Elementos gráficos (Tabelas, quadros, gráficos, figuras, fotos, desenhos e mapas) são permitidos apenas o total de cinco elementos, numerados em algarismos arábicos na sequência em que aparecerem no texto. Devem estar em formato original que permita sua edição e devem ser incluídos no corpo do texto. Todo os elementos gráficos devem possuir fonte, incluídos aqueles elaborados pelos autores. Observar as normas da ABNT para referências e inserção de legendas e fontes em cada elemento. Consulte um guia rápido, caso tenha dúvidas no link:  http://www.biblioteca.fsp.usp.br/~biblioteca/guia/i_cap_04.htm
  14. Imagens coloridas e em preto e branco, digitalizadas eletronicamente em .jpg com resolução a partir de 300 dpi, apresentadas em dimensões que permitam a sua ampliação ou redução mantendo a legibilidade.
  15. As notas de fim de página são de caráter explicativo e devem ser evitadas. Utilizadas apenas como exceção, quando estritamente necessárias para a compreensão do texto e com, no máximo, três linhas. As notas terão numeração consecutiva, em arábicos, na ordem em que aparecem no texto.
  16. As citações no corpo do texto e as referências deverão obedecer às normas da ABNT e, opcionalmente,  Vancouver para autores estrangeiros. Consulte um guia rápido, caso tenha dúvidas no link http://www.biblioteca.fsp.usp.br/~biblioteca/guia/i_modelos.htm
  17. Avaliação cega: Ao submeter o artigo pelo sistema eletrônico, o autor deve suprimir todas as identificações de autoria (diretas e indiretas) do texto que seguirá para as avaliações cegas de avaliadores externos. As informações autorais ficarão registradas no sistema. Ao salvar o documento, retire os metadados do Word (autor; última modificação por), de modo que não conste a identificação o autor. Manuscritos com informações autorais de qualquer tipo não serão aceitos e retornarão ao autor para adequações necessárias.
  18. Resenhas de livros: podem ser submetidas resenhas em português, espanhol e inglês. O documento deve ser submetido em formato .doc ou docx. A fonte deve ser Arial 12 e espaçamento 1,5 (um e meio) entre linhas. Todas as folhas do original devem trazer o seu número sequencial de página. As resenhas devem ter entre 10 a 15 mil caracteres com espaços e conter a referência completa do livro, além de título e de identificação do(a) autor(a) do livro no final do texto (nome completo e filiação institucional). Serão aceitas resenhas que versem sobre livros publicados nos últimos três anos. Solicita-se rever o livro como um todo, evitando-se uma revisão de cada capítulo, se possível. As resenhas de livro devem ser classificadas como "Review"  na etapa de submissão "Step 1: Type, Title & Abstract". A submissão de resenhas dispensa o pagamento de taxa de submissão.

B) INDICAÇÃO DE POTENCIAIS PARECERISTAS

A fim de agilizar o processo de revisão de pares, os autores, no momento da submissão, deverão indicar o nome completo e o email de, ao menos, cinco potenciais pareceristas. Na seção “Step 2: File upload”, os autores devem anexar um documento com essas informações, como “Supplemental File NOT for Review”. O descumprimento desta exigência implicará a devolução do manuscrito.

C) SISTEMA DE COBRANÇA

Em função da redução no suporte financeiro de agências de apoio e fomento à pesquisa, a Revista Ambiente & Sociedade, desde 2012, passou a cobrar a submissão online de manuscritos.

  1. A partir de 01/01/2019 o valor da taxa de submissão é de R$ 300,00 (Trezentos Reais) por manuscrito submetido. Este aumento se deve a necessidade de cobrir custos de produção que implicam fazer parte da coleção Scielo.
  2. O valor não será reembolsado no caso de recusa do manuscrito ou pagamento incorreto. Os editores esperam contar com a colaboração de todos os autores, no sentido de garantir a continuidade da revista.
  3. Para pagamentos dentro do Brasil, a taxa deverá ser paga no Banco do Brasil:
    ANPPAS
    BANCO DO BRASIL - 001
    Agência: 3559-9
    Conta Corrente: 51117-X
    CNPJ: 04.484.842/0001-17
  4. O pagamento da taxa desde fora do Brasil deverá ser feito unicamente pelo serviço PayPal, e será na montante de R$ 320,00 (trezentos e vinte reais), incluída a taxa pelo serviço (cobrada pelo PayPal). Para isso, os autores deverão enviar um email para: revistaambienteesociedade@gmail.com, solicitando esta forma de pagamento.
  5. O autor deve, obrigatoriamente, anexar o comprovante de pagamento da taxa no sistema de submissão Online na seção “Step 2: File upload” como “Supplemental File NOT for Review”. A submissão só será considerada se o comprovante de pagamento for anexado.

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons


Anppas / Revista Ambiente e Sociedade


revistaambienteesociedade@gmail.com