ISSN 1414-3518 versão impressa
ISSN 2236-3459 versão on-line

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

História da Educação tem como cobertura temática a área de História da Educação. Sua finalidade é, sobretudo, divulgar resultados de pesquisas realizadas por professores e estudantes de graduação e pós-graduação acerca dessa temática.

Com vistas a atingir essa finalidade, são aceitos para publicação na revista:

  1. artigos relacionados à história e historiografia da educação, originados de estudos teóricos, pesquisas, reflexões metodológicas e discussões em geral, pertinentes ao campo historiográfico;
  2. trabalhos encomendados e traduções;
  3. resenhas, no âmbito das quais espera-se a apresentação do conteúdo e comentários acerca de publicações recentes ou obras reconhecidas academicamente;
  4. documentos, materiais considerados importantes e de difícil acesso que possam servir de subsídio para estudos.

A normalização da revista segue padrões estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.

Os textos submetidos à revista devem ser inéditos, de autores brasileiros ou estrangeiros, escritos em língua portuguesa ou espanhola. Admite-se a publicação de textos nas línguas inglesa, francesa e italiana, desde que acompanhados pela respectiva tradução, em português ou espanhol.

Para a publicação, os textos passam pelas seguintes etapas de avaliação.

Etapa 1: análise quanto à forma

Essa etapa é de responsabilidade dos editores. Os textos são avaliados quanto a sua adequação aos critérios gerais da revista e à linha editorial.
São devolvidos aos autores os artigos que:

  1. configuram-se como relatos de experiência;
  2. configuram-se unicamente como revisão bibliográfica;
  3. configuram-se como simples recorte de dissertação ou tese, sem a devida adaptação;
  4. apresentam-se sob a forma de projeto ou relatório de pesquisa;
  5. não apresentam uma análise suficientemente aprofundada da temática que se propõem a discutir;
  6. não centram sua problemática, nem de forma indireta, no campo da História da Educação;
  7. possuem excessivos erros de redação, bem como de estruturação do texto, a ponto de dificultar a compreensão das partes ou mesmo do todo;
  8. são meramente descritivos e não apresentam uma análise da problemática abordada;
  9. não possuem a forma de artigo usualmente praticada em periódicos;
  10. não cumprem as normas editoriais da revista.

Textos com essas características são devolvidos aos autores com a sugestão de que sejam reformulados, para efeito de nova submissão e avaliação. Os trabalhos que não se enquadram em nenhuma das características acima serão considerados aptos para a segunda etapa.

Etapa 2: análise por pares quanto ao mérito

Na segunda etapa, o artigo, sem a identificação do autor, é encaminhado a, no mínimo, dois pareceristas da área temática específica do trabalho (membros do conselho editorial ou convidados ad hoc), de dois Estados diferentes ou do exterior. Para a designação dos pareceristas são consideradas as informações disponíveis no cadastro da revista.

Os critérios para avaliação do texto levam em conta:

  1. aspectos formais do texto;
  2. atualidade e relevância da temática;
  3. originalidade e ineditismo;
  4. indicação clara dos objetivos;
  5. metodologia da pesquisa;
  6. discussão teórica atualizada;
  7. adequação da bibliografia;
  8. relevância dos documentos a publicar ou a anexar.

Os pareceristas podem aceitar plenamente, aceitar com ressalvas ou recusar o artigo. Qualquer uma das situações é justificada por um parecer descritivo.
Situações:

  1. quando os dois pareceristas aceitam o trabalho, ele passa à fase seguinte;
  2. quando os dois pareceristas recusam o trabalho, o artigo é devolvido ao autor e arquivado no sistema da revista;
  3. quando um ou os dois pareceristas solicitam reformulações, o trabalho é devolvido ao autor com a solicitação que o mesmo considere os pareceres e reformule o artigo no prazo estipulado pelo editor responsável. Quando o autor reenvia o texto reformulado e demonstra ter seguido as sugestões dos pareceristas, ele é reavaliado.

Etapa 3: revisão e adequação do trabalho às normas da revista

Uma vez aceito para publicação, o trabalho é submetido à revisão de linguagem, normalização e formatação.

 

 

Diretrizes para submissão

História da Educação é apresentada em formato online. O processo de submissão, avaliação, edição e publicação é feito por meio do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - Seer - e a forma de apresentação dos manuscritos deve atender as orientações que seguem.

MODALIDADES DE TEXTOS PARA SUBMISSÃO:

ARTIGO - Texto analítico inédito que apresenta resultados de trabalho de investigação e/ou de reflexão teórico-metodológica. São aceitos artigos com até dois autores, sendo que pelo menos um deve ter o título doutor e no caso de haver um coautor, este deve ser doutorando ou doutor. O artigo deve ter entre 40.000 e 60.000 caracteres com espaços, incluindo as referências bibliográficas, legendas, notas de rodapé, quadros e tabelas. O artigo deve ser submetido exclusivamente no formato do template do periódico, disponível no link: TEMPLATE RHE

DOSSIÊ - Conjunto de artigos abordando temáticas inovadoras e de relevância para a área de História e Historiografia da Educação. Deve possuir caráter interinstitucional, ser composto de uma apresentação e de cinco a sete artigos, reunindo autores filiados a, no mínimo, três instituições e contando, obrigatoriamente, com a participação de, pelo menos, dois pesquisadores filiados a instituições estrangeiras. O dossiê deve ser proposto por um ou dois pesquisador(es) doutor(es), na condição de organizador(es). Só será publicado como dossiê a proposta que obtiver um mínimo de cinco artigos aprovados pelos pareceristas, sendo, pelo menos dois de autores estrangeiros. Em caso de aprovação de até quatro textos, esses podem ser publicados isoladamente, após consulta aos autores. A proposta de dossiê deve, ainda, incluir uma apresentação (máximo 17.000 caracteres com espaços). Todos os artigos do dossiê devem ser submetidos pelo sistema. Orienta-se que, antes disso, o(s) organizador(es) enviem um e-mail para rhe.asphe@gmail.com, com a proposta fundamentada do dossiê, informando título do mesmo, temática, títulos e resumos dos artigos, acompanhados de autoria, titulação, instituição e país de origem. As propostas são avaliadas pela Editoria, que decide sobre a possibilidade de submissão do conjunto de artigos na modalidade de dossiê, de acordo com a política editorial da revista História da Educação. Após essa avaliação, em sendo aceito, será criado no sistema o cadastro com o título do dossiê específico, para que os autores submetam os artigos, atendendo a avaliação por pares que integra a política editorial da revista. Os artigos que integram o dossiê devem ser submetidos exclusivamente no formato do template do periódico, disponível no link: TEMPLATE RHE

TRADUÇÃO - Texto relevante para a pesquisa na área de História e Historiografia da Educação. Deve estar acompanhada de autorização do autor da obra original, ou da editora ou do periódico no qual o texto tenha sido publicado. Caso a obra seja de domínio público, esse procedimento não é necessário, sendo o autor da tradução responsável por fornecer todos os dados dessa informação. A tradução deve ser acompanhada, também, pelo texto no idioma original que foi traduzido. São aceitas traduções com até dois tradutores, sendo que, pelo menos, um deve ter o título de doutor. A tradução deve ser submetida exclusivamente no formato do template do periódico, disponível no link: TEMPLATE RHE

ENTREVISTA - Texto que consiste na apresentação e realização de uma entrevista com pesquisador de reconhecida produção acadêmica no campo da História da Educação, ou ainda, de discurso por ocasião de homenagem ou recebimento de título honorífico. São aceitas entrevistas ou sessões especiais realizadas por até dois autores, pelo menos um deve possuir a titulação de doutor e o outro, no mínimo, o título de mestre. A sessão especial deve conter uma apresentação (máximo 17.000 caracteres, com espaços) e a entrevista/discurso atender às mesmas dimensões de artigo, salvo exceção expressamente descrita aos editores e aprovada por estes. A entrevista também deve apresentar referências bibliográficas ao final do texto. A entrevista/sessão especial deve ser submetida exclusivamente no formato do template do periódico, disponível no link: TEMPLATE RHE

RESENHA - Estudo crítico de texto/obra recentemente publicada (máximo de cinco anos de publicação) ou de obra considerada clássica na área da História da Educação. Deve apresentar, obrigatoriamente, a referência bibliográfica completa e uma avaliação acerca das ideias expressas na obra, destacando a relevância do tema e da abordagem para a área, bem como a posição do(s) autor(es) no debate acadêmico. São aceitas resenhas com apenas um autor, sendo, pelo menos, pesquisador doutorando. Deve ser inédita, e ter extensão de até 17.000 caracteres com espaços, incluindo, se houver, citações e referências bibliográficas. A resenha devem ser submetida exclusivamente no formato do template do periódico, disponível no link: TEMPLATE RHE

ARQUIVOS/DOCUMENTOS- São publicados documentos considerados importantes e de difícil acesso, que possam servir de subsídio para estudos e investigações na área. O documento deve ser transcrito e preservar, tanto quanto possível, as características originais. Deve-se informar a referência bibliográfica completa e localização do documento (museu, acervo, arquivo, biblioteca), bem como estar acompanhado por uma apresentação analítica consistente e por informações quanto à autorização de reprodução. A apresentação de arquivos institucionais deve indicar a localização e política de acesso, descrever o conteúdo do arquivo, justificar a relevância para a área e destacar possibilidades de pesquisa. São aceitas apresentações de documentos/arquivos com apenas um autor, sendo, pelo menos, pesquisador doutorando. A apresentação do documento/arquivo deve conter, no máximo, 17.000 caracteres com espaços, incluindo, se houver, citações e referências bibliográficas. A transcrição do documento não deve ultrapassar 60.000 caracteres com espaços, salvo exceção expressamente descrita aos editores e aprovada por estes. Os arquivos e documentos devem ser submetidos exclusivamente no formato do template do periódico, disponível no link: TEMPLATE RHE

AUTORES CONVIDADOS

Os editores podem convidar a publicar na revista pesquisadores de reconhecida produção acadêmica acerca da História e Historiografia da Educação. Os textos dos autores convidados são submetidos às mesmas etapas de avaliação dos demais artigos. Os textos devem ser submetidos exclusivamente no formato do template do periódico.

NORMAS EDITORIAIS:

Os textos originais, submetidos à avaliação, devem ser encaminhados, exclusivamente, pelo site da revista: http://seer.ufrgs.br/asphe, para a geração de um código de cadastro e do registro dos processos de avaliação, edição e publicação, que podem ser acessados pelos autores e editores.
Os autores devem verificar a conformidade dos originais às configurações adotadas pela revista. Trabalhos fora do padrão serão recusados automaticamente.

Os originais submetidos à publicação devem ser inéditos, não sendo permitida sua apresentação simultânea em outro periódico.
Os textos submetidos à História da Educação podem ser escritos em Português, Espanhol, Inglês, Francês e/ou Italiano, desde que os textos em Inglês, Francês e Italiano estejam acompanhados pela respectiva tradução em Português ou Espanhol.

Para assegurar o atendimento aos critérios de avaliação de periódicos de excelência, dentre os quais a abrangência geográfica e a diversidade institucional, cada autor só poderá ter um texto em determinada modalidade - artigo, sessão especial/entrevista, tradução, arquivos/documentos, resenha - em tramitação, entre a submissão e a sua publicação, observando-se um intervalo de dois anos entre a publicação e uma nova submissão de texto de um mesmo autor/modalidade.

ORIENTAÇÕES OBRIGATÓRIAS PARA SUBMISSÃO:

Para a submissão de artigos e demais modalidades de textos, orienta-se a observação dos seguintes pontos:

a) Atenção para o requisito obrigatório de titulação dos autores, que pode ser conferido na descrição das modalidades de textos. O arquivo do trabalho, ao ser anexado, não deve conter o(s) nome(s) do(s) autor(es). Os dados de autoria e as informações pessoais devem ser preenchidos no ato de submissão, exclusivamente no cadastro de autor(es) do site/sistema. O registro do ORCID é obrigatório no momento da submissão. No caso de faltarem dados cadastrais o trabalho será devolvido para nova submissão.

b) No caso de artigos/textos com mais de um autor, os dados do coautor devem constar no sistema no ato de submissão. No caso de não constarem os dados de ambos autores, o trabalho será devolvido para nova submissão.

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO:

Como parte do processo de submissão, os autores devem verificar:

a) Se a identificação de autoria foi removida do texto e das “Propriedades do arquivo”, garantindo, desta forma, o critério de sigilo da revista.

b) Se a contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista.

c) Se o texto segue os padrões de estilo no formato do template do periódico: TEMPLATE RHE  

DIAGRAMAÇÃO/FORMATAÇÃO/EDITORAÇÃO DO TEXTO:

A normalização de História da Educação segue padrões estabelecidos pela Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT. O artigo/texto (segundo as modalidades) submetido, deve atender às normas descritas abaixo.

a) Os critérios de diagramação devem ser seguidos, conforme o template disponível em: TEMPLATE RHE;

b) Os textos devem ser salvos no formato Word, sem identificação de autoria;

c) As normas acima devem ser cuidadosamente atendidas. Caso contrário, os textos submetidos não serão considerados para avaliação. A correção gramatical cabe aos autores, porém, é facultado aos editores fazerem tantas alterações quantas julgarem necessárias para adequar o texto ao padrão editorial revista;

d) Somente serão encaminhados para blindreview pelos membros do corpo editorial os artigos que se enquadrarem nas normas de submissão do periódico e que tenham sido enviados pelo sistema de submissão online. O mesmo procedimento deverá ser adotado na submissão das demais modalidades de textos.

DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE:

Os autores são os responsáveis pela veracidade e ineditismo do trabalho. O manuscrito submetido deve ser acompanhado de uma declaração de responsabilidade, assinada por todos os autores, em que afirmam que o estudo não foi publicado anteriormente, parcial ou integralmente, em meio impresso ou eletrônico, tampouco encaminhado para publicação em outros periódicos, e que todos os autores participaram na elaboração intelectual de seu conteúdo.

FONTES DE FINANCIAMENTO:

Os autores devem declarar todas as fontes de financiamento institucional ou pessoal, para a realização do estudo. Deve-se identificar nome da instituição ou pessoa, cidade, Estado e país de origem. Essas informações devem constar da declaração de responsabilidade. As agências de fomento brasileiras exigem que constem em nota de rodapé e, se possível, o número do processo.

DECLARAÇÃO DE DIREITO AUTORAL:

História da Educação utiliza como base para transferência de direitos a licença CreativeCommons BY (creativecommons.org) para periódicos de acesso aberto - Open ArchivesIniciative (OAI), categoria greenroad.

Por acesso aberto entende-se a disponibilização gratuita na Internet, para que os usuários possam ler, fazer download, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou referenciar o texto integral dos documentos, processá-los para indexação, utilizá-los como dados de entrada de programas para softwares, ou usá-los para qualquer outro propósito legal, sem barreira financeira, legal ou técnica.

a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença CreativeCommonsAttribution, que permite o compartilhamento do texto com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.

b) Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

c) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado.

FLUXO DE SUBMISSÃO:

História da Educação recebe contribuições científicas por fluxo contínuo. Os originais devem ser encaminhados, obrigatoriamente, pelo site da revista (http://seer.ufrgs.br/asphe).

TAXAS:

História da Educação não cobra taxas para submissão e publicação de textos.

PREVISÃO DE PUBLICAÇÃO:

A previsão de publicação depende do fluxo de trabalhos submetidos, da quantidade de artigos em avaliação e em edição, incluindo-se, nessas etapas, o tempo empreendido nos processos que envolvem os autores, pareceristas e integrantes da Comissão Editorial. Cabe a esta decidir os artigos que serão publicados em determinada edição do periódico, considerando as temáticas, a data de envio e o contexto geral proposto para determinado número da revista. 

AGRADECIMENTOS:

Quando desejável e pertinente, recomenda-se a nomeação, em nota de rodapé, das pessoas que colaboraram para com a produção do estudo, embora não preencham os critérios de autoria. Os autores são os responsáveis pela obtenção da autorização dessas pessoas antes de nomeá-las em seus agradecimentos.

Também podem constar agradecimentos a instituições, pelo apoio financeiro ou logístico à realização do estudo.

MODELO DE DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE:

A declaração deve ser anexada como documento complementar, no quarto passo da submissão do texto, no sistema eletrônico da revista.

===========

Local e data.

Declaro que o artigo intitulado xxxxxxx, submetido à Revista História da Educação não foi, parcial ou na sua totalidade, publicado anteriormente em meio impresso ou eletrônico, tampouco encaminhado para publicação em outros periódicos.

Declaro não haver situação de conflito de interesses no âmbito da sua elaboração [ou, se houver, especificar qual], bem como declaro que a sua elaboração foi financiada por [indicar, detalhadamente, instituição ou pessoa] ou não contou com financiamento para a sua realização.

Assinatura.

 

CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O(s) autor(es) informou(aram) seu(s) respectivo(s) número(s) ORCID.
  3. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word ou RTF.
  4. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  5. URLs para as referências foram informadas quando possível.
  6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

DECLARAÇÃO DE DIREITO AUTORAL

The entire content of the periodical, except where it is identified, is licensed under a Creative Commons Licence of the CC BY attribution type.

História da Educação uses Creative Commons BY for open access, Open Archives Initiative (OAI), green road category to transfer rights.

Open access means making something freely available on the Internet, so that the users can read, download, copy, distribute, print, research or reference the complete text of the documents, process them for indexation, use them as program input data for software’s, or use them for any other legal purpose, without a financial, legal or technical barrier.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação e não serão disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

 

Envio de manuscritos

Para o envio de manuscritos, acesse o link http://seer.ufrgs.br/asphe/user/register e siga as orientações do sistema eletrônico da revista.

Em caso de dificuldade, entre em contato pelo e-mail: rhe.asphe@gmail.com.

 

[Home] [Sobre a revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

UFRGS - Faculdade de Educação
Av. Paulo Gama, n. 110 – Sala 610
CEP: 90040-060 - Porto Alegre/RS
Tel.: (51) 33084160


rhe.asphe@gmail.com