Scielo RSS <![CDATA[Revista de Saúde Pública]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0034-891020070002&lang=pt vol. 41 num. 2 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<B>Quarenta anos da Revista de Saúde Pública na coleção SciELO</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt <![CDATA[<B>Atividade física de lazer entre as gestantes da coorte de nascimentos de Pelotas de 2004</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJECTIVE: Physical activity during pregnancy is a poorly investigated subject on population level. The study aimed to describe duration, type and frequency of leisure-time physical activity during pregnancy, and to explore its associated factors. METHODS: A population-based study was carried out during 2004 in Southern Brazil. A total of 4,471 mothers were interviewed soon after delivery. Physical activity was measured using a questionnaire, developed for the study. Results were obtained by Poisson regression. RESULTS: In the sample, 14.8% of women reported to engage in some type of physical activity prior to pregnancy and 12.9% during pregnancy. In the first trimester, 10.4% of all mothers engaged in some type of physical activity; 8.5% in the second trimester and 6.5% in the third trimester. Only 194 mothers (4.3%) were active during the whole pregnancy. In the adjusted analysis, leisure-time physical activity was positively associated with schooling, physical activity advice during prenatal care, and family income (p<0.001), being employed during pregnancy (p=0.05), and number of pregnancies (p=0.02). Walking was the most frequent activity. CONCLUSIONS: The prevalence of leisure-time physical activity is low among Brazilian pregnant women. Although physical activity is not perceived as being pregnancy-threatening, and current guidelines recommend it, this population's behavior does not seem to be changing. Active lifestyle for both pregnant women and future mothers should be encouraged.<hr/>OBJETIVO: A atividade física durante a gestação é pouco estudada em nível populacional. O objetivo do estudo foi descrever a duração, tipo e freqüência de atividade física de lazer durante a gravidez e explorar fatores associados. MÉTODOS: Estudo de base populacional, realizado durante o ano de 2004 em Pelotas, RS, Brasil. Logo após o parto, 4.471 mães foram entrevistadas. Utilizou-se questionário, desenvolvido para o estudo, para verificar a atividade física de lazer. Os resultados foram obtidos por regressão de Poisson. RESULTADOS: Antes da gravidez, 14,8% das mulheres relataram algum tipo de atividade física de lazer e durante, 12,9%. No primeiro trimestre, 10,4% de todas as mães fizeram alguma atividade física de lazer; no segundo, 8,5% e no terceiro, 6,5%. Apenas 194 mães (4,3%) foram ativas durante toda a gestação. Na análise ajustada, atividade física de lazer esteve positivamente associada com escolaridade, aconselhamento para atividade física durante o pré-natal e renda familiar (p<0,001), estar empregada durante a gestação (p=0,05) e o número de gestações (p=0,02). A caminhada foi a atividade mais freqüente. CONCLUSÕES: A prevalência de atividade física de lazer é baixa entre as grávidas brasileiras. Embora a atividade física não seja percebida como prejudicial à gravidez, e as diretrizes atuais recomendem-na, a população parece não mudar de comportamento. Deve-se encorajar que mulheres grávidas e as que pretendem engravidar tenham estilo de vida ativo. <![CDATA[<B>Morte materna declarada e o relacionamento de sistemas de informações em saúde</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Descrever as características da mortalidade materna segundo Sistema de Informação sobre Mortalidade em relação a dados correspondentes a esses registros em outros sistemas. MÉTODOS: Estudo descritivo, com utilização dos dois sistemas de informações de dados vitais e do sistema hospitalar, para as 26 capitais estaduais e o Distrito Federal do Brasil, em 2002. Inicialmente foram calculadas as razões de mortalidade materna e obtidas informações das mortes maternas declaradas. A partir dessas mortes relacionou-se probabilisticamente o Sistema de Informação sobre Mortalidade com o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos e com o Sistema de Informações Hospitalares, utilizando-se o programa "Reclink II", com estratégia de blocagem em múltiplos passos. Para os registros pareados, foram detalhados os diagnósticos e procedimentos hospitalares aproximados pelos critérios mais conhecidos de morbidade materna grave. RESULTADOS: Foram registradas 339 mortes maternas em 2002, com razões de mortalidade materna oficial e ajustada, respectivamente, de 46,4 e 64,9 (mortes por 100.000 nascidos vivos). No relacionamento com os dados do sistema de nascidos vivos, foi possível localizar 46,5% das mortes maternas e, com o de informações hospitalares, localizaram-se 55,2% das mortes. O diagnóstico de internação mais freqüente foi o de infecção (13,9%), e o procedimento com maior percentagem (39,0%) foi o de admissão à UTI. CONCLUSÕES: Foi baixa a percentagem de relacionamento entre os registros das três fontes estudadas. Nenhuma das possíveis falhas e/ou impossibilidade de relacionamento apontadas, isoladamente ou em conjunto, podem explicar esse baixo percentual.<hr/>OBJECTIVE: To describe the characteristics of maternal mortality according to the Mortality Information System in relation to the data corresponding to these records that are in other systems. METHODS: This was a descriptive study using two information systems on vital data and another on the hospital system, for the 26 state capitals and the Federal District of Brazil, in 2002. Initially, the maternal mortality ratios were calculated and information on declared maternal deaths were obtained. From these data, the Mortality Information System was probabilistically linked with the Live Birth Information System and the Hospital Information System, using the "Reclink II" software, with a multiple-step blocking strategy. For paired records, the diagnoses and hospital procedures brought together by the best-known criteria for severe maternal morbidity were detailed. RESULTS: A total of 339 maternal deaths were recorded in 2002. The official and adjusted maternal mortality ratios were, respectively, 46.4 and 64.9 (deaths per 100,000 live births). By correlating with data from the live birth system, 46.5% of the maternal deaths could be located; and from the hospital information, 55.2%. The most frequent admission diagnosis was infection (13.9%) and the most frequent procedure was intensive care unit admission (39.0%). CONCLUSIONS: There were low percentage linkages between the records from the three sources studied. However, the possible failures and/or impossibilities in the linkages indicated may separately or jointly explain these low percentages. <![CDATA[<B>Aplicação de regressão linear para correção de dados dietéticos</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Estratégias metodológicas vêm sendo desenvolvidas para minimizar o efeito do erro de medida da dieta. O objetivo do estudo foi descrever a aplicação de uma estratégia para correção da informação dietética pelo erro de medida. MÉTODOS: Foram obtidos dados de consumo alimentar pela aplicação do Questionário de Freqüência Alimentar a 79 adolescentes do Município de São Paulo em 1999. Os dados dietéticos obtidos foram corrigidos por meio de regressão linear, após o ajuste pela energia usando-se o método dos resíduos. O método de referência utilizado foi o recordatório de 24 horas, aplicado em três momentos distintos. RESULTADOS: Os valores corrigidos aproximaram-se dos valores de referência. O fator de correção lambda foi de 0,89 para energia. Para os macronutrientes, os fatores foram de 0,41; 0,22 e 0,20, para carboidratos, lipídios e proteínas, respectivamente. CONCLUSÕES: As médias e desvios-padrão dos valores corrigidos denotam que houve uma correção do erro de medida. Apesar disso, debate-se o desempenho desses métodos, que são notoriamente imperfeitos quando seus pressupostos teóricos não são atendidos, o que é comum nos estudos da dieta que usam instrumentos de medida baseados no relato dos indivíduos.<hr/>OBJECTIVE: Methodological approaches have been developed to minimize effects of measurement error in dietary intake data. The objective of the study was to apply a strategy to correct intake data according to measurement error. METHODS: Intake data were obtained by applying the Food Frequency Questionnaire in 79 adolescents of São Paulo city, Brazil. Correction of dietary intake data was performed by linear regression, after energy adjustment by the residual method. The reference method used was 24-hour dietary recall and it was applied three times. RESULTS: Corrected values were similar to reference values. Correction factor ? was 0.89 to energy. For macronutrients, factors were 0.41, carbohydrate 0.22, and lipid and protein 0.20. CONCLUSIONS: Mean and standard deviation of corrected values show a correction for the measurement error. The performance of these methods, that are imperfect, is questioned when the assumptions are not proved which is common in intake studies of measures based on the reports of individuals. <![CDATA[<B>Comportamento alimentar em moradia estudantil</B>: <B>um espaço para promoção da saúde</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Descrever qualitativamente o comportamento alimentar de estudantes residentes em moradia universitária. MÉTODOS: Estudo quanti-qualitativo realizado com uma amostra sorteada de cem estudantes universitários, residentes em moradia estudantil no município de Campinas, SP, em 2004. Foram feitas entrevistas utilizando-se formulário para colher o recordatório alimentar nas últimas 24 horas, incluindo questões abertas relativas ao sistema de compras e práticas de consumo. Foram criados critérios para análise da qualidade das refeições. Foram utilizados os testes qui-quadrado e o exato de Fisher, ao nível de significância de 5%. Nas entrevistas foram obtidos e analisados dados de natureza representacional, com base na teoria das representações sociais de Moscivici. RESULTADOS: Avaliação do recordatório 24 horas: desjejum, 30% não consumiram, 13% foram completos, 37% padrão e 20% incompletos; almoço, 5% não consumiram, 72% consumiram refeição completa e 23% incompleta; jantar, 1% não consumiu, 36% foram completos e 63% incompletos. A refeição de melhor qualidade foi o almoço, e dos estudantes que almoçaram, 63% o fizeram no restaurante universitário. Dos entrevistados, 48% não ingeriram nenhuma fruta e 39% não ingeriram leite no dia. A maioria (69%) apresentou comportamento alimentar individual e 43% consideraram que o fato de comer em companhia alterava positivamente sua alimentação. A experiência de passar a prover a própria alimentação modifica comportamentos e representações entre os estudantes acerca do ato alimentar. CONCLUSÕES: A qualidade da alimentação, os padrões de comensalidade e as representações sociais do ato alimentar oferecem subsídios para o desenvolvimento de práticas de cuidado com a alimentação e promoção à saúde.<hr/>OBJECTIVE: To qualitatively describe food practices of students living in a residence hall. METHODS: A quantitative and qualitative study was carried out in a drawn sample of 100 university students living in a residence hall in the city of Campinas, Southeastern Brazil, in 2004. Students were interviewed using a questionnaire to collect 24-hour food recall information including open questions on shopping and intake practices. Criteria were established for the analysis of meal quality. The Chi-square and the exact Fisher test were used at a 5% significance level. Representations based on Moscivici's theory of social representations were obtained in the interviews and analyzed. RESULTS:Assessment of 24-hour food recall: breakfast - 30% of the students skipped it, 13% had full, 37% had standard and 20% had partial meal; lunch - 5% skipped, 72% had full, and 23% had partial meal; dinner - 1% skipped, 36% had full, and 63% had partial meal. Lunch was the best quality meal and of those who had lunch, 63% had it at the university cafeteria. Of all respondents, 48% had no fruit and 39% had no milk. Most (69%) showed an individual food behavior and 43% thought that having meals together had a positive impact on their food behavior. The experience of becoming the provider of their own food changes the students' food behaviors and representations. CONCLUSIONS: Diet quality, patterns of commensality and social representations of food provide input for developing healthy diet care and health promotion. <![CDATA[<B>Perfil de casos de tuberculose notificados e fatores associados ao abandono, Belo Horizonte, MG</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Descrever o perfil dos casos notificados de tuberculose e analisar os fatores associados ao abandono do tratamento. MÉTODOS: Foram descritos 178 casos de tuberculose notificados na Regional Oeste de Belo Horizonte, em 2001-2002, e registrados no Sistema Nacional de Agravos de Notificação. Realizou-se estudo caso-controle não pareado, com dados coletados por entrevistas, comparando pacientes que abandonaram o tratamento com aqueles que evoluíram para cura. Foram analisadas as variáveis: características sociodemográficas, comportamentais, associação com Aids, efeitos colaterais, informação sobre a doença e interesse no tratamento. Utilizou-se análise univariada e regressão logística não condicional na análise multivariada, com odds ratio ajustado como medida de associação e intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: O coeficiente de incidência foi de 56,6/100.000 habitantes. Houve predomínio de homens, de 30 a 49 anos, da forma pulmonar (76,4%), e 72,5% de bacilíferos. Entre as notificações verificou-se 65,2% de curas, 12,4% abandonos e 9,6% óbitos, sem influência do local do tratamento. No estudo caso-controle não houve diferença quanto ao gênero, cor, escolaridade, renda, ocupação, apoio familiar, associação com Aids e etilismo. O uso de drogas, interesse em se tratar e informação sobre a doença mostraram-se independentemente associados ao abandono. CONCLUSÕES: A adesão ao tratamento representa um desafio no controle da tuberculose. Os fatores de proteção - interesse em se tratar e nível de informação sobre a doença - e o reconhecimento do uso de droga como fator de risco devem integrar estratégias de cuidado ao doente, buscando reduzir os índices de abandono para recuperação da saúde.<hr/>OBJECTIVE: To describe the profile of notified tuberculosis cases and analyze the factors associated with treatment dropout. METHODS: A total of 178 cases of tuberculosis notified in the western region of Belo Horizonte (Southeastern Brazil) in 2001 and 2002 and recorded in the National System for Notifiable Diseases were described. An unmatched case-control study was conducted, with data collected by means of interviews, to compare patients who dropped out of treatment with those who achieved cure. The following variables were analyzed: sociodemographic and behavioral characteristics, associations with AIDS, side effects, information on the disease and interest in treatment. Univariate analysis and unconditional logistic regression for multivariate analysis were used. Adjusted odds ratios with 95% confidence limits were used as the measurement for associations. RESULTS: The coefficient of incidence was 56.6/100,000 inhabitants. There was predominance of men aged 30 to 49 years and of the pulmonary form (76.4%) and bacillary form (72.5%). Among the notified cases, 65.2% achieved cure, 12.4% dropped out of treatment and 9.6% died. Treatment location had no influence on the results. In the case-control study, there was no difference regarding gender, color, schooling, income, occupation, family support, association with AIDS and alcohol consumption. The use of drugs, interest in treatment and information about the disease were shown to be independently associated with dropout. CONCLUSIONS: Adherence to treatment is a challenge in controlling tuberculosis. The protection factors (interest in treatment and information about the disease) and recognition that drug use is a risk factor must form part of the strategies for patient care in order to reduce dropout rates and restore health. <![CDATA[<B>Distorções causadas pelas ações judiciais à política de medicamentos no Brasil</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Descrever os efeitos das ações judiciais que requerem o fornecimento de medicamentos, em relação a aspectos da política nacional de medicamentos. MÉTODOS: Pesquisa documental, com abordagem metodológica quali-quantitativa. Foram analisados todos os processos movidos por cidadãos contra a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, referentes ao fornecimento de medicamentos, durante o ano de 2005. Utilizou-se formulário padronizado para a coleta de dados, realizando-se uma análise exploratória. RESULTADOS: Foram impetradas 170 ações contra a Secretaria requerendo o fornecimento de medicamentos. Os serviços do Sistema Único de Saúde originaram 59% das prescrições (26% municipais e 33% os demais). Câncer e diabetes foram as doenças mais referidas (59%). Faziam parte de listas de serviços 62% dos medicamentos solicitados itens solicitados. O gasto total foi de R$876 mil, efetuado somente para itens não selecionados (que não fazem parte da Relação Municipal de Medicamentos Essenciais), 73% dos quais poderiam ser substituídos. Do gasto total, 75% foram destinados à aquisição de antineoplásicos, cuja comprovação de eficácia necessita de mais ensaios clínicos. Dois desses medicamentos não estavam registrados no Brasil. CONCLUSÕES: A maioria das demandas por medicamentos geradas por ações judiciais poderia ser evitada se fossem consideradas as diretrizes do Sistema Único de Saúde, a organização do atendimento em oncologia e a observância das relações de medicamentos essenciais. A falta dessa observância compromete a Política Nacional de Medicamentos, a eqüidade no acesso e o uso racional de medicamentos no Sistema Único de Saúde.<hr/>OBJECTIVE: To describe how lawsuits, which demand the supply of drugs, impact on elements of the national drug policy. METHODS: This is a desk-based study using qualitative and quantitative methods. All legal proceedings brought by citizens against the Municipal Secretary of State of Sao Paulo, relating to the supply of drugs in 2005 were analyzed. A standardized form was used to collect data, with a view to carrying out an exploratory analysis. RESULTS: A total of 170 cases relating to the supply of drugs were brought against the Municipal Secretary of State. The National Health System (SUS) was the source for 59% of the prescriptions: 26% from the municipal level, 33% from other levels. Cancer and diabetes were the diseases most commonly involved (59%). About 62% of drugs requested are on the lists of SUS services. Total expenditure was R$876,000 (Brazilian Reais), covering only non-selected items (i.e. those which are not included in the Municipal Register of Essential Medicines), 73% of which could be substituted. Of the total expenditure, 75% was spent on purchasing anticancer drugs, for which further clinical trials are required to prove their effectiveness. Two of these medicines were not registered in Brazil. CONCLUSIONS: The majority of demands for drugs that have led to legal proceedings could be avoided if two SUS directives were followed, namely the organization of oncology services and the observance of reporting on essential medicines. Failure to do so causes a breakdown in the National Drug Policy, in equality of access and in the rational use of drugs within the National Health System. <![CDATA[<B>Bioética e biossegurança</B>: <B>uso de biomateriais na prática odontológica</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Analisar o uso de biomateriais em odontologia por cirurgiões dentistas especialistas sob os aspectos da Teoria Bioética do Princiapialismo e da Ética da Responsabilidade individual e Coletiva. MÉTODOS: Foram aplicados questionários a 95 cirurgiões dentistas registrados no Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal, 2002. sobre o uso de biomateriais em sua prática. Dados relativos ao controle sanitário foram obtidos por meio das respostas desses cirurgiões dentistas e de pesquisa nos órgãos competentes. RESULTADOS: Os profissionais entrevistados utilizavam rotineiramente biomateriais, sendo que 45% relataram acreditar não haver riscos para os pacientes; 48% não consideram biomaterial como medicamento e 70% se sentiam seguros com relação à origem, apesar de membranas e osso serem os itens mais adquiridos por meio de vendedores autônomos. Apesar disso, 96% dos entrevistados afirmaram que deveria haver maior controle das autoridades sanitárias. Mais da metade dos entrevistados (51%) referiu pouca ou nenhuma participação do paciente no processo de escolha terapêutica. O termo de consentimento informado foi anexado por 12% dos cirurgiões dentistas pesquisados. CONCLUSÕES: Os resultados mostraram que os profissionais utilizam biomateriais desconhecendo riscos e efeitos adversos, distanciando-se do princípio da beneficência. A ética da responsabilidade pública não é observada pelos organismos públicos responsáveis e órgãos de categoria profissional. O consentimento informado ainda não está incorporado à prática profissional, permanecendo a relação profissional-paciente em odontologia excessivamente vertical.<hr/>OBJECTIVE: To analyze the use of biomaterials in surgical procedures carried out by specialist dental surgeons, in light of the Principalist Bioethics Theory and the Individual and Collective Ethics of Responsibility. METHODS: Dental surgeons (n=95), who were registered as specialists at the Regional Dentistry Council of Brasilia as of 2002, completed questionnaires regarding the use of biomaterials in their work. Data relating to sanitary control were collated, based on these dental surgeons' responses and research at relevant organizations. RESULTS: All of the professionals in the survey used biomaterials on a regular basis; 45% believed their use to be risk-free for patients, and 48% did not classify biomaterials as drugs. About 70% of professionals trust the source of the biomaterials even though membranes and bones are the items most commonly bought from individual suppliers. Nonetheless, 96% of interviewees believed that government sanitation agencies should regulate more. More than half of the professionals (51%) pointed to little or no participation by the patient in the process of therapeutic choice. A copy of the informed consent form was provided by 12% of the dental surgeons interviewed produced. CONCLUSIONS: The results showed that the professionals use biomaterials without knowing about related risks and adverse side effects, contrary to the principle of beneficence. Government agencies and professional bodies alike do not show evidence of observing public responsibility ethics. Informed consent is not yet integrated fully into professional practice and the doctor-patient relationship in dentistry remains markedly vertical. <![CDATA[<B>Hepatite C em profissionais da saúde</B>: <B>prevalência e associação com fatores de risco</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Avaliar a prevalência do vírus da hepatite entre profissionais da área da saúde e analisar fatores de risco. MÉTODOS: O estudo foi realizado em hospital universitário no município de São José do Rio Preto, SP, de janeiro 1994 a dezembro 1999. Participaram do estudo 1.433 profissionais da área da saúde, 872 funcionários da área administrativa e 2.583 candidatos a doador de sangue. Os dados foram coletados durante exames admissionais, periódicos e após acidentes de trabalho. Informações ocupacionais e não-ocupacionais foram obtidas por meio de questionário. Foram utilizados os testes qui-quadrado, Kruskal-Wallis e análise por regressão logística. RESULTADOS: A prevalência do vírus da hepatite entre os profissionais da saúde (1,7%) foi significativamente maior que nos funcionários administrativos (0,5%; p=0,007) e em candidatos a doadores (0,2%; p=0,001). Entre fatores ocupacionais, o tempo de serviço dos profissionais da saúde com sorologia positiva foi significativamente maior (p=0,016) que naqueles com sorologia negativa. A análise de regressão múltipla revelou que a cada cinco anos na idade, o risco aumenta em 50%. Houve associação significativa entre transfusão de sangue e profissionais de saúde com sorologia positiva. CONCLUSÕES: Profissionais da saúde apresentaram maior prevalência de vírus da hepatite que os profissionais administrativos e candidatos a doador. Naqueles com sorologia positiva, fatores ocupacionais e não-ocupacionais de maior risco foram idade, tempo de serviço e transfusão de sangue.<hr/>OBJECTIVE: To evaluate the prevalence and risk factors for hepatitis C virus infection among health care professionals. METHODS: The study was carried out at a university hospital in the municipality of São José do Rio Preto, Southeastern Brazil, between January 1994 and December 1999. There were included 1,433 health care professionals, 872 administrative workers, and 2,583 blood donor candidates. Data were collected during admission examinations, periodic screenings, and after occupational accidents. Occupational and non-occupational information was obtained by means of a questionnaire. Data were analyzed using Chi-square and Kruskal-Wallis tests and logistic regression analysis. RESULTS: Prevalence of hepatitis C infection among health care professionals (1.7%) was significantly higher than among administrative workers (0.5%; p=0.007) and blood donor candidates (0.2%; p=0.001). Regarding occupational factors, time in the job was significantly longer (p=0.016) among health care professionals with positive serology than among those with negative serology. Multiple regression analysis showed a 50% increase in risk for every five years of age. There was a significant association between blood transfusion and positive serology among health care workers. CONCLUSIONS: Health care professionals show greater prevalence of hepatitis C than administrative workers and blood donation candidates. Among those with positive serology, occupational and non-occupational factors of greatest risk were age, time in the job, and blood transfusion. <![CDATA[<B>Qualidade de vida e saúde vocal de professores</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Avaliar aspectos associados à qualidade de vida de professores e buscar relações com questões de saúde vocal. MÉTODOS: Foi estudada uma amostra de 128 professores de ensino médio de quatro escolas estaduais de Rio Claro, SP, em 2002. Foram aplicados os questionários World Health Organization Quality of Life/bref e Qualidade de Vida e Voz e calculados média e desvio-padrão para os escores do primeiro questionário e da questão de auto-avaliação vocal do questionário Qualidade de Vida e Voz. Utilizou-se o teste de Wilcoxon para comparar os gêneros; o de Kruskal-Wallis para as escolas; e o coeficiente de correlação de Spearman e teste t para verificar associação entre os domínios da qualidade de vida, a auto-avaliação vocal e idade, e número de períodos que o professor leciona. RESULTADOS: A maioria avaliou a voz como boa (42,2%) e o escore médio do questionário de avaliação de qualidade de vida foi 66, com maiores valores do domínio relações sociais e menores do meio ambiente. Os aspectos associados foram oportunidades de lazer, condições financeiras, ambiente de trabalho e acesso à informação. O número de períodos lecionados apresentou correlação positiva e significativa com a auto-avaliação vocal. Não houve diferença significativa entre os gêneros. Houve diferenças significativas no domínio físico, quando comparados os resultados das diferentes escolas. CONCLUSÕES: Apesar de razoavelmente satisfeitos com a voz e a qualidade de vida, os professores mostraram dificuldades na percepção do processo saúde-doença. Evidenciaram-se aspectos desfavorecidos da qualidade de vida e necessidades de saúde que podem ter implicações na voz e saúde vocal docente.<hr/>OBJECTIVE: To evaluate aspects of teachers' quality of life and describe associated factors to their vocal health. METHODS: A sample comprising 128 high school teachers from four state schools in the city of Rio Claro, Southeastern Brazil, was studied in 2002. The World Health Organization Quality of Life/bref and Voice-Related Quality of Life questionnaires were applied and there were calculated the averages, standard deviation values for the first questionnaire scores and the self-evaluation question of the Voice-Related Quality of Life. The Wilcoxon's test was used to compare teachers' genders; the Kruskal-Wallis's test was used to compare schools and Spearman's correlation coefficient and t-test were performed to assess the association between the domains of quality of life, the vocal self-evaluation question and age, and the number of working shifts by a teacher. RESULTS: Most teachers evaluated their voice as good (42.2%) and the mean score of the quality of life questionnaire was 66, with the highest scores in the domain of social relations, and the lowest ones in the environment domain. The most affected aspects were leisure opportunities, financial conditions, work environment and access to information. The number of hours worked by a teacher had a positive significant correlation with vocal self-evaluation. There were no significant differences between genders. There were significant differences in the physical domain when comparing schools. CONCLUSIONS: Although teachers showed to be reasonably satisfied with their vocal and life quality, they showed misperceptions of their health disorder process and evidenced neglected aspects of life quality and health needs that may compromise teachers' voice/vocal health. <![CDATA[<B>Satisfação com o trabalho e impacto causado nos profissionais de serviço de saúde mental</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200011&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Analisar o nível de satisfação no emprego e o impacto causado nos profissionais de um serviço de saúde mental e possíveis associações com variáveis sociodemográficas e funcionais. MÉTODOS: Estudo transversal com 321 profissionais de uma instituição de saúde mental de longa permanência, no Rio de Janeiro, RJ, em 2005. Os instrumentos utilizados foram: as escalas de avaliação da Satisfação da Equipe em Serviços de Saúde Mental e a do Impacto do Trabalho em Serviços de Saúde Mental, e um questionário sobre características sociodemográficas e profissionais. Para a análise das associações entre variáveis foram empregados os testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney, qui-quadrado e regressão linear múltipla. RESULTADOS: O escore médio de satisfação foi 3,29&plusmn;0,64 e o de impacto do trabalho foi 1,77&plusmn;0,62. Dos profissionais estudados, 61,8% apresentaram nível intermediário de satisfação. Foram observadas associações positivas da satisfação com: ter sido contratado por organização não-governamental, exercer atividades sem contato direto com pacientes, trabalhar em projeto inovador, ter idade mais avançada e nível de escolaridade mais baixo. Os níveis mais elevados de impacto do trabalho foram observados entre servidores públicos, jovens e do sexo feminino. CONCLUSÕES: A maioria das características associadas aos menores níveis de satisfação no emprego esteve associada aos mais elevados níveis de impacto do trabalho. Embora os resultados tenham revelado nível intermediário de satisfação, é evidente a necessidade de mudanças por parte do poder público, especialmente no que diz respeito à ampliação de recursos humanos e materiais e à reforma das edificações.<hr/>OBJECTIVE: To assess job satisfaction and work impact among providers of a mental health service and their potential association with sociodemographic and job-related variables. METHODS: A cross-sectional study was carried out in 321 employees of a long-stay mental health service in Rio de Janeiro, Southeastern Brazil, in 2005. The following instruments were applied: the WHO Mental Health Services Satisfaction and Work Impact scales, and a questionnaire on sociodemographic and job features. Variable associations were analysed using the Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, Chi-square tests and multiple linear regression. RESULTS: The mean score of satisfaction was 3.29 (SD=0.64) and the mean score for work impact was 1.77 (SD=0.62). Of all respondents, 61.8% reported a moderate level of satisfaction. Job satisfaction was positively associated with increasing age, lower schooling, being a non-governmental organization employee, developing non-patient-related activities, being involved in an innovative project. The highest levels of work impact were observed among civil servants, young people and females. CONCLUSIONS: Most features associated to the lowest levels of job satisfaction were associated to the highest levels of work impact. Despite the moderate level of satisfaction among providers, there is an evident need for policy changes, mainly those related to increasing availability of supplies and human resources and building restoration. <![CDATA[<B>Contexto familiar e problemas de saúde mental infantil no Programa Saúde da Família</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Analisar a associação entre variáveis do contexto familiar e o risco de problemas emocionais/comportamentais em crianças cadastradas em Programa Saúde da Família. MÉTODOS: Realizou-se estudo de delineamento transversal com 100 crianças entre 6 e 12 anos de idade e seus familiares, principalmente mães biológicas (82%), cadastradas em um núcleo do Programa Saúde da Família, no município de Ribeirão Preto, SP, em 2001. Problemas emocionais/comportamentais da criança, em níveis considerados de risco para o desenvolvimento de transtornos, foram identificados por meio do Questionário de Capacidades e Dificuldades. Avaliaram-se as variáveis do contexto familiar: nível socioeconômico, eventos adversos, estresse materno, depressão materna e organização e estruturação do ambiente familiar. Para análise estatística foram utilizados os modelos de regressão logística univariada e multvariada. RESULTADOS: O estresse materno mostrou-se associado a problemas de saúde mental em geral na criança (OR=2,2). Rotina diária com horários definidos e o maior acesso a atividades para preencher o tempo livre foram associados à ausência desses problemas (1/OR 1,3 e 1,9, respectivamente). O estresse materno foi também um fator de risco para sintomas de ansiedade/depressão (OR=1,6). Para hiperatividade, a instabilidade financeira foi variável de risco (OR=2,1) e todos os indicadores de estabilidade ambiental foram variáveis protetoras (1/OR entre 1,2 e 1,6). CONCLUSÕES: Indicadores do contexto familiar associados aos problemas de saúde mental em escolares podem subsidiar a atuação das equipes do Programa Saúde da Família frente à criança e sua família. Recomenda-se a utilização do Questionário de Capacidades e Dificuldades pelas equipes, a fim de identificar precocemente os problemas de saúde mental infantil.<hr/>OBJECTIVE: To assess the association between variables in the family context and the risk for emotional/behavioral problems in children enrolled in a Family Health Program. METHODS: A cross-sectional design study was conducted with 100 children aged 6 to 12 years old and their families, especially their biological mothers (82%). All subjects were enrolled in center of the Family Health Program in the city of Ribeirão Preto, Southern Brazil, in 2001. Emotional/behavioral problems of the child, in levels considered as at risk for the development of disorders, were identified by means of the Strengths and Difficulties Questionnaire. Regarding conditions in the family context, the following variables were evaluated: socioeconomic level, adverse events, maternal stress, maternal depressive symptoms, organization, and structure of family environment. Data analysis was performed through univariate and multivariate logistic regression. RESULTS: Maternal stress was associated with general mental health problems in the child (OR=2.2), while a daily routine with an organized timetable and greater range of activities to fill up their free time were associated with the absence of these problems (1/OR 1.3 and 1.9, respectively). Maternal stress was also a risk factor for anxiety/depression symptoms (OR=1.6). Regarding hyperactivity, financial instability was a risk factor (OR=2.1), and all indicators of environmental stability were protective variables (1/OR between 1.2 and 1.6). CONCLUSIONS: Information about family context indicators associated with mental health problems in schoolchildren may subsidize actions of the Family Health Program teams for the child and his/her family. The results indicate a possible employment of the Strengths and Difficulties Questionnaire by the teams, in order to identify early problems in child mental health. <![CDATA[<B>Functional Assessment of Cancer Therapy Bone Marrow Transplantation</B>: <B>tradução e validação</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200013&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJECTIVE: To translate into Portuguese and validate the "Functional Assessment of Cancer Therapy - Bone Marrow Transplantation" (FACT-BMT) quality-of-life questionnaire, among bone marrow transplantation patients. METHODS: The study was carried out in Ribeirão Preto, Southeastern Brazil in 2005. After translating FACT-BMT (version 3) into Portuguese, it was applied to 55 consecutive leukemia patients simultaneously with the Portuguese version of the Short Form-36 Health Survey (SF-36). These patients had undergone transplantation and were being followed up. Two clinical parameters were used for testing the sensitivity of the questionnaire: time elapsed since transplantation and presence or absence of graft-versus-host disease. Analysis of variance with the post-hoc Tukey test was used. Cronbach's alpha coefficient was applied, standardized for all the questions, final scores and domains. RESULTS: The patients' mean age was 34.8&plusmn;8.1 years and mean schooling was 10.8&plusmn;4.7 years, and 78.1% of the patients were female. The mean time since transplantation was 29.8&plusmn;32.19 months. At the end of the translation and cultural adaptation process, it was seen that there had not been any alteration to the original format of the questionnaire. The internal consistency was high (0.88). The correlation between the translated questionnaire and SF-36 ranged from 0.35 to 0.57 and was considered to be moderate to good for most quality-of-life domains. The evaluation of the construct and concurrent validities was satisfactory and statistically significant. CONCLUSIONS: The Portuguese version of FACT-BMT was satisfactorily validated for application to Brazilian patients of both sexes undergoing bone marrow transplantation.<hr/>OBJETIVO: Traduzir para o português e validar o questionário de qualidade de vida Functional Assessment of Cancer Therapy - Bone Marrow Transplantation (FACT-BMT) em pacientes transplantados de medula óssea. OBJETIVO: O estudo foi realizado em Ribeirão Preto, SP, em 2005. O FACT-BMT (versão 3) traduzido e a versão em português do Short Form-36 Health Survey (SF-36) foram aplicados simultaneamente em 55 pacientes consecutivos com leucemia, submetidos ao transplante e em seguimento. Dois parâmetros clínicos foram utilizados para testar a sensibilidade do questionário: tempo decorrido do transplante e presença ou não de doença do enxerto contra o hospedeiro. Foi utilizada a análise de variância (ANOVA) com o teste post hoc de Tukey. Aplicou-se o coeficiente alfa de Cronbach, padronizado para todas as questões, escore final e domínios. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes foi 34,8&plusmn;8,1 anos, com escolaridade média de 10,8&plusmn;4,7 anos, sendo 78,1% do sexo feminino. A duração média de tempo pós-transplante foi de 29,8&plusmn;32,19 meses. Nenhuma alteração do formato original do questionário foi observada no final do processo de tradução e adaptação cultural. A consistência interna foi alta (0,88). A correlação entre o questionário traduzido e o SF-36 variou de 0,35 a 0,57, considerada de moderada a boa para a maioria dos domínios de qualidade de vida. A avaliação das validades de construto e concorrente foi satisfatória e estatisticamente significativa. CONCLUSÕES: A versão para o português do FACT-BMT foi validada satisfatoriamente para a aplicação em pacientes brasileiros de ambos os sexos submetidos ao transplante de medula óssea. <![CDATA[<B>Distribuição vertical e sazonal de <I>Anopheles (Kerteszia)</I> em Ilha Comprida, SP</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Anopheles bellator e An. cruzii são vetores da malária-bromélia, característicos de áreas preservadas. O objetivo do estudo foi analisar a distribuição sazonal e vertical desses anofelinos, visando contribuir para a avaliação do risco de transmissão desse agravo. MÉTODOS: No município de Ilha Comprida, SP, foram instaladas armadilhas luminosas tipo CDC iscadas com gelo seco, das 17 às 20h, a um, seis e 12m do solo, quinzenalmente, de setembro de 2001 a setembro de 2002. A relação da densidade desses anofelinos com o clima foi avaliada pelo coeficiente de Spearman e suas densidades entre os estratos foram comparadas pelo teste não paramétrico de Mann-Whitney. RESULTADOS: Do total de 55.226 mosquitos, 1.341 eram An. bellator (2,4% do total de Culicidae), sendo capturados 278 indivíduos próximo ao solo, 261 a seis metros e 802 na copa (12 m). Na mesma ordem, foram capturados 452, 1.032 e 4.420 adultos de An. cruzii, totalizando 5.904 mosquitos desta espécie (10,7%). Houve correlação positiva entre a densidade das duas espécies com a temperatura máxima, e entre An. bellator e amplitude térmica diária. As densidades das duas espécies foram maiores na copa. Nos três estratos, An. cruzii predominou sobre An. bellator. CONCLUSÕES: Confirmou-se o comportamento acrodendrófilo dessas espécies, principalmente An. cruzii. Após medidas drásticas de controle, esses anofelinos permaneceram na região mas, atualmente, não são alvo de vigilância entomológica. A persistência da transmissão de malária autóctone e o incremento de atividades de ecoturismo na região apontam a necessidade de monitoramento dessas espécies.<hr/>OBJECTIVE: Anopheles bellator e An. cruzii are vectors of the so-called bromeliad-malaria, typical of conserved areas. The objective was to evaluate the seasonal and vertical distribution of these anophelines, aiming at assessing the risk of malaria transmission. METHODS: In the municipality of Ilha Comprida, Southeastern Brazil, CDC light traps baited with dry ice were placed fortnightly from 17:00 to 20:00, at one, six and 12 meters high from September 2001 to September 2002. Association between An. bellator and An. cruzii densities and weather were assessed by Spearman coefficient and comparisons among heights and species densities were made by Mann-Whitney non-parametric test. RESULTS: A total of 55,226 mosquitoes were caught: 1,341 were An. bellator (2.4% of Culicidae), 278 at one meter, 261 at six meter and 802 at 12m high. Following the same sequence, An. cruzii was represented by 452, 1,032 and 4,420 adults, totalizing 5,904 mosquitoes (10.7%). There was a positive correlation between densities of both species and daily maximum temperature, and between density of An. bellator and thermal amplitude. The densities were higher for both species at tree canopy. At the three levels, the density of An. cruzii was higher. CONCLUSIONS: The acrodendrophilic behavior of these species was confirmed, remarkably in An. cruzii. After aggressive measures of control, these anophelines have remained in this region, but they are not under entomological surveillance. The persistent transmission of malaria and increasing tourism activities in this region highlight the need for surveillance of these species. <![CDATA[<B>Avaliação do efeito residual de piretróides sobre anofelinos da Amazônia brasileira</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200015&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Avaliar a duração do efeito residual de piretróides sobre a mortalidade de anofelinos e verificar sua efetividade na borrifação intradomiciliar em regiões da Amazônia Brasileira. OBJETIVO: O estudo foi desenvolvido no conjunto habitacional, município de Belém, Pará, em 2003. Foram sorteadas 12 casas, três de cada uma das quatro áreas estabelecidas. Foram aplicados nas paredes internas das casas os inseticidas: piretróides cipermetrina pó molhável, deltametrina suspensão concentrada, lambdacialotrina pó molhável e etofemprox pó molhável. Seu efeito sobre a mortalidade de anofelinos foi avaliado durante os meses de julho a novembro. Utilizou-se a técnica de prova biológica de parede com a utilização de cones plásticos e mosquitos selvagens do município de Peixe Boi. RESULTADOS: A taxa de mortalidade variou de acordo com o tipo de parede e inseticida aplicado. Os aplicados em madeira e paredes de tijolo sem reboco foram mais estáveis e duradouros. O lambdacialotrina apresentou efeito mais curto que os demais inseticidas e o etofemprox apresentou efeito residual de quatro meses e foi mais efetivo em paredes de tijolo sem reboco. Não houve diferença estatística entre deltametrina e cipermetrina em todas as superfícies testadas, e a duração do efeito residual foi satisfatória até três meses após a borrifação. CONCLUSÕES: Os inseticidas deltametrina e etofemprox apresentaram melhor desempenho quando comparados aos demais. Para esses inseticidas e formulações, deve considerar-se seguro o intervalo de três meses entre aplicações sucessivas. Em comunidades com predomínio de casas de alvenaria rebocadas, deve ser considerada a menor efetividade das formulações, bem como a pertinência do emprego da borrifação residual como método para o controle vetorial na área.<hr/>OBJECTIVE: To evaluate the residual effect of pyrethroids on the mortality rates of Anopheles in order to check their efficacy in indoor residual spraying in the Amazon Region, Brazil. METHODS: The study was conducted in public housing unities in the city of Belem, Northern Brazil, in 2003. Twelve houses were randomly chosen, three in each of the four established areas. Pyrethroids cypermethrin wettable powder, deltamethrin suspension concentrate, lambda-cyhalothrin wettable powder, and etofenprox wettable powder, were sprayed on the indoor wall surface of local houses. Their effects on the mortality of Anopheles were assessed from July to November. Wall bioassay was performed using plastic cones attached to insecticide and wild mosquitoes from the town of Peixe Boi. RESULTS: Mortality rate varied according to the type of wall that received the insecticide. Those inseticides applied to wood and non-plastered brick surfaces were more stable and lasted longer. Lambda-cyhalothrin presented shorter effect than the other insecticides, and Etofenprox had residual effects up to four months and was more effective in non-plastered brick surfaces. There was no statistical difference between the effect of deltamethrin and cypermethrin in all surfaces tested, and the duration of the residual effect was satisfactory up to three months after spraying. CONCLUSIONS: Deltamethrin and Etofenprox presented grater performance when compared to the others. For these insecticides and formulations, a three- month interval between successive applications can be considered safe. In communities with predominance of houses with plastered brick surfaces, the smaller effectiveness of formulations should be considered, together with the importance of residual spraying as a vector control method in the area. <![CDATA[<B>Culicidae (Diptera) em área sob influência de construção de represa no Estado de São Paulo</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200016&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Descrever a fauna Culicidae em área sob impacto da modificação ambiental causada pela construção de represa. MÉTODOS: Foi estudada a área onde estava sendo construída a Represa Porto Primavera no município de Presidente Epitácio, SP. As capturas dos culicídeos foram realizadas mensalmente, em seis pontos exploratórios antes do seu enchimento e em um ponto fixo, um ano antes (1997-1998) e outro depois do primeiro enchimento (1999-2000). Mosquitos adultos foram capturados com aspirador, no período matutino, e com armadilhas de Shannon e CDC, no período crepuscular vespertino. Os imaturos foram coletados por meio de conchadas nos criadouros maiores e com pipeta, nos menores. RESULTADOS: No período anterior ao enchimento da represa foram coletados 944 exemplares de culicídeos imaturos, distribuídos em dez gêneros. O total de adultos foi de 14.932, dos quais 7.031 mosquitos (em dez gêneros) foram capturados nos pontos exploratórios e 7.901 espécimes, distribuídos em oito gêneros, no ponto fixo. Após a primeira etapa de enchimento da represa, o total de imaturos foi de 1.201 exemplares, distribuídos em quatro gêneros, e o total de mosquitos capturados foi de 5.912, distribuídos em nove gêneros. Houve redução populacional de espécies dos gêneros Aedes e Psorophora e aumento no número de espécimes dos gêneros Aedeomyia, Anopheles, Culex (Melanoconion), Mansonia e Uranotaenia. CONCLUSÕES: As mudanças ambientais decorrentes da construção da Represa Porto Primavera favoreceram o aumento da densidade de algumas populações de culicídeos vetores e que geram incômodo, com riscos potenciais de transmissão de patógenos para humanos.<hr/>OBJECTIVE: To describe the culicidae fauna in an area impacted by environmental changes caused by the construction of a dam. METHODS: The studied area was the Porto Primavera dam construction site in Southeastern Brazil. Monthly culicidae samples were taken in six exploratory sites in the pre-filling period and in one fi xed site, one year before (1997-1998) and after the first filling (1999-2000). Adult mosquitoes were captured in the morning with an aspirator and with Shannon and CDC traps during the evening twilight period. Immature stages were captured using a ladle in the larger breeding sites and with a pipette in the smaller ones. RESULTS: In the pre-filling period of the dam, a total of 944 immature culicidae specimens, from ten species, were captured. A total of 14,932 adults were captured, including 7,031 mosquitoes from ten species in the exploratory points and 7,901 specimens from eight genera in the fixed site. After the first stage of the dam filling, the immature stages total was 1,201, from four genera, and the captured mosquitoes total was 5,912, from nine genera. There was a population reduction of the genera Aedes and Psorophora and an increase of the following species populations: Aedeomyia, Anopheles, Culex (Melanoconion), Mansonia and Uranotaenia. CONCLUSIONS: The environmental changes caused due to the construction of the Porto Primavera Dam contributed to an increase in the population density of some culicidae vectors, causing a nuisance and the potential risk of the transmission of pathogens to humans. <![CDATA[<B>Uso de álcool e anfetaminas entre caminhoneiros de estrada</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200017&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do estudo foi analisar a incidência do uso de álcool e anfetaminas entre caminhoneiros de estrada. Foram estudados 91 sujeitos, abordados em um posto de combustíveis em Passos, MG, em novembro de 2005. Os dados dos participantes foram obtidos por meio de um questionário contendo 19 questões de múltipla escolha. Utilizou-se para a análise dos dados estatística descritiva, teste do qui-quadrado e o coeficiente de correlação de Cramér. Os resultados indicaram que 66% dos caminhoneiros usavam anfetaminas durante os percursos de viagens, principalmente em postos de combustíveis (54%) à beira das rodovias. O álcool era utilizado por 91% deles, dos quais 43% consumiam a bebida nos postos de combustíveis. Concluiu-se que há a necessidade de campanhas preventivas e informativas voltadas para esta categoria profissional nos postos de combustíveis e empresas de transportes, alertando sobre os riscos de ingestão dessas substâncias no período de trabalho.<hr/>The purpose of the study was to assess the incidence of alcohol and amphetamine use among long-distance truck drivers. There were studied 91 truck drivers at the gas station in Passos, Southeastern Brazil, in November 2005. Data was collected using a questionnaire comprising 19 multiple choice questions. Descriptive statistics, Chi-square test and Cramér's correlation coefficient were used for data analysis. The results indicated that 66% of the long-distance truck drivers used amphetamines during their travels, mainly at gas stations along the highways (54%). Alcohol was consumed by 91% of them and 43% of them consumed it at gas stations. It is concluded that there is a need of preventive and education campaigns targeting this occupation category at gas stations and transportation companies, focusing on the risks of these substances use during working hours. <![CDATA[<B>Eventos adversos relacionados à profilaxia anti-retroviral em acidentes ocupacionais</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200018&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do estudo foi descrever os eventos adversos clínicos e laboratoriais secundários ao uso dos agentes anti-retrovirais em indivíduos submetidos à quimioprofilaxia. Foram avaliados 37 funcionários de um hospital universitário submetidos à quimioprofilaxia com quatro esquemas de medicação anti-retroviral após exposição ocupacional a fluidos de pacientes contaminados com infecção pelo vírus da imunodeficiência humana. Trinta e dois (86,5%) desenvolveram eventos adversos clínicos ou laboratoriais. A profilaxia teve que ser suspensa em dois profissionais (5,4%) em virtude das reações ocorridas. Os eventos adversos relacionados à quimioprofilaxia para infecção por HIV em funcionários de saúde, vítimas de acidente ocupacional foram freqüentes. Porém, raramente foi necessário retirar a medicação anti-retroviral.<hr/>The objective of the study was to describe adverse events detected clinically or in the laboratory that were secondary to the use of antiretroviral agents among individuals undergoing antiretroviral prophylaxis. Evaluations were performed on 37 teaching hospital employees who underwent prophylaxis using four regimens of antiretroviral medication following occupational exposition to contaminated fluids from patients with human immunodeficiency virus infection. Thirty-two (86.5%) developed adverse events detected clinically or in the laboratory. The prophylaxis administered to two professionals (5.4%) had to be suspended because of the reactions that occurred. Adverse events relating to prophylaxis for HIV infection in health care workers who were victims of occupational accidents were frequent. However, it was rarely necessary to withdraw the antiretroviral medication. <![CDATA[<B>Avaliação das farmácias virtuais brasileiras</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200019&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O crescente número de usuários de internet desencadeou um aumento na busca dos serviços de farmácias virtuais brasileiras. Com o objetivo de avaliar a validade das informações divulgadas nesses sites, realizou-se estudo descritivo com 18 farmácias virtuais quanto aos aspectos legais, acessibilidade, fontes de informação e propagandas de medicamentos. Verificou-se que 15 não possuíam autorização de funcionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária; 17 não tinham o nome do farmacêutico responsável pelo funcionamento; 17 comercializavam medicamentos sem registro, especialmente fitoterápicos, e não dispunham de informações sobre reações adversas a medicamentos e nem exibiam alertas e recomendações sanitárias determinadas por essa Agência. Como o controle sanitário e o comércio de medicamentos nas farmácias virtuais brasileiras ainda não estão regulamentados pelos órgãos governamentais competentes, essas falhas encontradas nos sites podem colocar em risco a saúde de seus usuários.<hr/>The growing number of Internet users brought forth an increase in the search for Brazilian online pharmacy services. Aiming at evaluating the validity of information disseminated in these websites, a descriptive study was carried out in 18 virtual pharmacies concerning legal aspects, accessibility, sources of information and drug advertisings. It was found 15 pharmacies did not have authorization of the Brazilian National Health Surveillance Agency; the manager pharmaceutical officer's name could not be found in 17 of them; 17 pharmacies marketed drugs with no registration, especially herbal medicines, and did not show either information on adverse drug reactions or this agency's alerts and health recommendations. Since health control and drug commerce in Brazilian online pharmacies have not been yet regulated by proper government agencies, these gaps found in the sites can pose risk to the users' health. <![CDATA[<B>Prevalência de maus-tratos na terceira idade</B>: <B>revisão sistemática</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200020&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt OBJETIVO: Identificar estudos sobre prevalência de abuso na terceira idade e analisar a qualidade dos estudos. MÉTODOS: Revisão sistemática estudos de base populacional em bases de dados eletrônicos (PubMed, LILACS, Embase, ISI, PsycInfo), referente aos anos de 1988 a 2005. Foram incluídos os estudos de base populacional e excluídos os estudos sem definição metodológica delineada e estudos realizados em clientela de serviços especializados. RESULTADOS: Foram encontrados 440 artigos, mas apenas 11 artigos foram selecionados. A maioria dos artigos foi de corte transversal, apenas dois apresentaram desenho longitudinal. Os estudos foram conduzidos em diversas regiões do mundo, sobretudo dos Estados Unidos e da Europa. Observou-se variação nas definições de abuso. Os estudos de prevalência encontraram coeficientes de abuso físico entre 1,2% (Holanda) e 18% (Finlândia). CONCLUSÕES: Existe substancial variação de prevalência entre os países, parecendo haver uma variável cultural importante. Como o número de idosos é crescente no mundo, são necessários mais estudos de base populacional representativos dessa faixa etária para melhor compreensão do fenômeno.<hr/>OBJECTIVE: To identify prevalence studies of abuse among elderly and assess their quality. METHODS: A systematic literature review was performed through PubMed, LILACS, Embase, ISI, and PsycInfo, for the period between 1988 and 2005. Population-based studies were included and studies without clear methodological definition and with clinical and service samples were excluded. RESULTS: There were found 440 articles, but only 11 of them were selected. Most were cross-sectional designs and only two were longitudinal studies. These studies were conducted in various countries worldwide, mostly in US and Europe. They varied widely in terms of abuse definition. Prevalence of physical abuse ranged from 1.2% (Holland) to 18% (Finland). CONCLUSIONS: There is a considerable prevalence variation between sites. The most influential variables on prevalence seem to be culture-related. As the number of elderly is increasing worldwide, there is a need for studies to better understand this phenomenon. <![CDATA[<B>Empowerment como forma de prevenção de problemas de saúde em trabalhadores de abatedouros</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200021&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do artigo foi ressaltar a necessidade de esforços educativos que visem ao empowerment de funcionários de abatedouros, baseado nos principais problemas de saúde por eles enfrentados. A rotina em abatedouros consiste em tarefas estressantes e cansativas. As conseqüências incluem problemas músculo-esqueléticos, transmissão de zoonoses, problemas de pele e acidentes com materiais pérfuro-cortantes e animais. Esses trabalhadores geralmente não são especializados, não têm controle sobre suas tarefas, e podem não estar conscientes dos determinantes que afetam sua saúde. Os veterinários são geralmente responsáveis pela rotina de trabalho nesses locais e conhecem os riscos à saúde que a execução dessas tarefas representam. Portanto, esses profissionais poderiam participar mais ativamente na educação para o empowerment dos trabalhadores e não se concentrarem apenas em questões referentes à segurança alimentar.<hr/>The objective of the review was to emphasize the need for educational efforts aiming at the empowerment of slaughterhouse workers based on their major work-related conditions. Slaughterhouse work involves stressful and tiring tasks. These workers suffer from serious occupational injuries and health problems including musculoskeletal disorders, zoonoses, skin conditions and injuries related to animals and sharp instruments. Slaughterhouse workers are generally low-skill staff, have no control over their job tasks and may not be aware of the determinants affecting their health. While working for the Brazilian Ministry of Agriculture, veterinarians are greatly responsible for the work routine in slaughterhouses and are aware of health risks involved in these workers' job. Besides focusing their activities on food safety, veterinarians they should take an active role in educating slaughterhouse workers for their empowerment. <![CDATA[<B>Comunicação e informação do Decit</B>: <B>desafios para difusão e monitoramento das ações de fomento</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200022&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do artigo foi ressaltar a necessidade de esforços educativos que visem ao empowerment de funcionários de abatedouros, baseado nos principais problemas de saúde por eles enfrentados. A rotina em abatedouros consiste em tarefas estressantes e cansativas. As conseqüências incluem problemas músculo-esqueléticos, transmissão de zoonoses, problemas de pele e acidentes com materiais pérfuro-cortantes e animais. Esses trabalhadores geralmente não são especializados, não têm controle sobre suas tarefas, e podem não estar conscientes dos determinantes que afetam sua saúde. Os veterinários são geralmente responsáveis pela rotina de trabalho nesses locais e conhecem os riscos à saúde que a execução dessas tarefas representam. Portanto, esses profissionais poderiam participar mais ativamente na educação para o empowerment dos trabalhadores e não se concentrarem apenas em questões referentes à segurança alimentar.<hr/>The objective of the review was to emphasize the need for educational efforts aiming at the empowerment of slaughterhouse workers based on their major work-related conditions. Slaughterhouse work involves stressful and tiring tasks. These workers suffer from serious occupational injuries and health problems including musculoskeletal disorders, zoonoses, skin conditions and injuries related to animals and sharp instruments. Slaughterhouse workers are generally low-skill staff, have no control over their job tasks and may not be aware of the determinants affecting their health. While working for the Brazilian Ministry of Agriculture, veterinarians are greatly responsible for the work routine in slaughterhouses and are aware of health risks involved in these workers' job. Besides focusing their activities on food safety, veterinarians they should take an active role in educating slaughterhouse workers for their empowerment. <![CDATA[<B>Manejo integrado para prevenção da proliferação de vetores de dengue e leishmaniose e de escorpiões</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000200023&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt O objetivo do artigo foi ressaltar a necessidade de esforços educativos que visem ao empowerment de funcionários de abatedouros, baseado nos principais problemas de saúde por eles enfrentados. A rotina em abatedouros consiste em tarefas estressantes e cansativas. As conseqüências incluem problemas músculo-esqueléticos, transmissão de zoonoses, problemas de pele e acidentes com materiais pérfuro-cortantes e animais. Esses trabalhadores geralmente não são especializados, não têm controle sobre suas tarefas, e podem não estar conscientes dos determinantes que afetam sua saúde. Os veterinários são geralmente responsáveis pela rotina de trabalho nesses locais e conhecem os riscos à saúde que a execução dessas tarefas representam. Portanto, esses profissionais poderiam participar mais ativamente na educação para o empowerment dos trabalhadores e não se concentrarem apenas em questões referentes à segurança alimentar.<hr/>The objective of the review was to emphasize the need for educational efforts aiming at the empowerment of slaughterhouse workers based on their major work-related conditions. Slaughterhouse work involves stressful and tiring tasks. These workers suffer from serious occupational injuries and health problems including musculoskeletal disorders, zoonoses, skin conditions and injuries related to animals and sharp instruments. Slaughterhouse workers are generally low-skill staff, have no control over their job tasks and may not be aware of the determinants affecting their health. While working for the Brazilian Ministry of Agriculture, veterinarians are greatly responsible for the work routine in slaughterhouses and are aware of health risks involved in these workers' job. Besides focusing their activities on food safety, veterinarians they should take an active role in educating slaughterhouse workers for their empowerment.