Scielo RSS <![CDATA[Revista Árvore]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0100-676220200001&lang=pt vol. 44 num. lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[VIABILIDADE ECONÔMICA DE QUATRO SISTEMAS PRODUTIVOS DE CARVÃO VEGETAL DO ESTADO DE MINAS GERAIS]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100201&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT This work analyzed the economic viability of four charcoal productive systems from Minas Gerais state, namely: fornos-fornalha, rabo-quente, encosta and superfície. The evaluated systems have an estimated productive capacity of about 100 cubic meters of charcoal per month. Implementation and maintenance expenses and productive parameters were obtained in the literature and from local producers of Lamim (MG), a productive center in the state, during the year of 2018. Silvicultural costs were not considered, only the wood purchase. For the economic evaluation, Net Present Value (NPV), Modified Internal Rate of Return (MIRR), Payback, capex and opex were analyzed, and it was also evaluated the systems’ economic sensitivity to charcoal price and gravimetric yield variations. The main results showed that all the systems were economically viable by NPV criteria; only rabo-quente system was not viable by MIRR criteria; fornos-fornalha system presented the best economic results, greater capacity of net revenues and free cash flow generation, and lower operational expenses. This productive system was also less sensitive to charcoal price fluctuations and to its charcoal yield reduction. Given this fact, its insertion may be attractive in the productive reality of small and medium producers. In addition, the possibility of selling charcoal fines resulted in improvements in economic indicators, especially for traditional production systems: rabo-quente and encosta.<hr/>RESUMO Este trabalho analisou a viabilidade econômica de quatro sistemas produtivos de carvão vegetal no estado de Minas Gerais, sendo eles: fornos-fornalha, rabo-quente, encosta e superfície. Os sistemas avaliados foram estimados para uma capacidade produtiva aproximada de 100 metros cúbicos de carvão vegetal por mês. Os custos de implantação, manutenção e os parâmetros produtivos foram obtidos na literatura e junto a produtores locais de Lamim (MG), polo produtivo no estado, durante o ano de 2018. Não foram considerados os custos silviculturais, apenas o valor da compra de madeira. Para a avaliação econômica, foram analisados o Valor Presente Líquido (VPL), a Taxa Interna de Retorno Modificada (MTIR), o Payback, o capex e o opex, além de se avaliar a sensibilidade dos sistemas frente a flutuações de preço e rendimento do carvão vegetal. Os principais resultados demonstraram que todos os sistemas foram viáveis economicamente pelo critério do VPL; apenas o sistema rabo-quente não foi viável pelo critério da MTIR; o sistema fornos-fornalha apresentou os melhores resultados econômicos, com maior capacidade de geração de receita líquida e de fluxo de caixa livre, também apresentando o menor custo operacional. Este sistema produtivo ainda demonstrou menor sensibilidade com relação às flutuações do preço de venda do carvão vegetal e da redução de seu rendimento em carvão vegetal. Dado o fato, sua inserção pode ser um atrativo para a realidade produtiva de pequenos e médios produtores. Além disso, a possibilidade da venda da moinha de carvão resultou em melhorias nos indicadores econômicos, principalmente para os sistemas produtivos tradicionais: fornos rabo-quente e de encosta. <![CDATA[INFLUÊNCIA DA ÉPOCA DO REPLANTIO NA PRODUTIVIDADE E CRESCIMENTO DE PLANTIOS CLONAIS DE EUCALIPTO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100202&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The growth of an eucalypt plantation should be monitored to identify factors that influence its development, helping in the decision-making process, aiming to reduce productivity losses. Thus, the objective of the present study was to evaluate the influence of the age of replanting on the yield and growth of eucalypt stands. The experiment was conducted in an area of CENIBRA S.A. Company, and established in a commercial plantation in August 2011. The application of herbicide and the ant control were performed in total area before planting. Seedlings of Eucalyptus urophylla × Eucalyptus grandis clones in 3.0 × 2.5 m spacing were used. Limestone (1,500 kg ha-1) was applied in total area before planting and 100 g plant-1 of NPK fertilizer (06-30-06) was applied immediately after planting. Four months after the installation of the experiment, 300 kg ha-1 of NPK (06-10-29) was applied. Treatments consisted of four dates of seedling replanting (0, 20, 40 and 80 days after planting) without complementary fertilization, and two treatments (replanting 40 and 80 days after planting) with supplementary fertilization (100g plant-1 NPK 06-30-06). The individual volume of replanting trees was 46.6% lower than of non-replanted ones. Treatments with complementary planting fertilization did not differ (p &gt; 0.05) by the T-test. It is concluded that the longer the time between planting and replanting, the smaller the individual volume of the replanting trees and that the complementary fertilization in seedlings replanted does not favor their growth.<hr/>RESUMO O crescimento de um plantio de eucalipto deve ser monitorado, para identificar fatores que influenciam o seu desenvolvimento, auxiliando na tomada de decisões para reduzir perdas de produtividade. Assim, o objetivo do presente estudo é avaliar a influência da época de realização de replantios sobre a produtividade e o crescimento de povoamentos de eucalipto. O experimento foi conduzido em uma área da CENIBRA S.A. e implantado em um plantio comercial em agosto de 2011. A aplicação de herbicida e o controle de formigas, em área total, foram realizados antes do plantio, com mudas clonais de Eucalyptus urophylla × Eucalyptus grandis no espaçamento 3,0 × 2,5 m. A calagem (1.500 kg ha-1) foi realizada em área total antes do plantio e 100 g planta-1 de fertilizante NPK (06-30-06), aplicado imediatamente após o plantio. Quatro meses após a instalação do experimento, 300 kg ha-1 de NPK (06-10-29) foi aplicado. Os tratamentos consistiram de quatro datas de replantio de mudas (0, 20, 40 e 80 dias após plantio) sem adubação complementar, e dois tratamentos (replantio com 40 e 80 dias do plantio) com adubação complementar de plantio (100 g planta-1 de NPK 06-30-06) O volume individual das árvores replantadas foi 46,6% inferior ao das não replantadas. Os tratamentos com adubação complementar de plantio não diferiram (p &gt; 0,05) pelo teste t. Conclui-se que quanto maior o intervalo de tempo entre o plantio e o replantio, menor é o volume individual da árvore replantada e que a realização de adubação complementar em mudas de replantio não favorece o crescimento dessas. <![CDATA[SELEÇÃO DE CLONES DE EUCALIPTO COM MAIOR ESTABILIDADE NA PRODUTIVIDADE EM CELULOSE]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100203&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Forest exploitation is conducted in thousands of hectares in Brazil and presents a wide variation in environmental conditions in terms of soil, climate and even management, so identifying clones that may be recommended for these various conditions is a major challenge. In this recommendation, one important character is the mean annual increment in cellulose (MAICEL). This study aimed to evaluate the interaction of different clones and environments for MAICEL in order to verify whether the origin of clone selection affects their performance in other regions and to identify clones based on adaptability. MAICEL data were used for the evaluation of clones from Suzano S.A. in five environments distributed in the states of Espírito Santo, São Paulo, and Mato Grosso do Sul. Clonal tests were arranged in a randomized block design with plots of one plant. Data on MAICEL of the trees at five years were submitted to analysis of variance per environment and, subsequently, to the joint analysis. The clones x environments interaction was expressive for MAICEL, however, the origin of selection does not affect the performance of clones when grown in other regions. Some clones stood out for their adaptability, allowing more security to the company on the recommendation for different environments.<hr/>RESUMO A exploração florestal é conduzida em milhares de hectares e apresenta ampla variação nas condições ambientais em termos de solo, clima e até mesmo manejo, assim, identificar clones que possam ser recomendados para essas diversas condições é um grande desafio. Nesta recomendação, um caráter importante é o incremento médio anual em celulose (IMACEL). Este estudo teve como objetivo avaliar a interação de diferentes clones e ambientes para o IMACEL com a finalidade de verificar se a origem da seleção dos clones afeta seu desempenho em outras regiões e identificar clones com base na adaptabilidade. Foram utilizados dados de IMACEL referente à avaliação de clones de Eucalyptus da empresa Suzano S.A. em cinco ambientes, nos estados do Espírito Santo, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os testes clonais foram instalados no delineamento de blocos casualizados com parcelas de uma planta. Dados referentes ao IMACEL das árvores, aos cinco anos, foram submetidos à análise de variância por ambiente e, posteriormente, à análise conjunta. A interação clones x ambientes foi expressiva para o IMACEL, porém, a origem de seleção dos clones não afeta o seu desempenho quando utilizados em outras regiões. Alguns clones se destacaram quanto à adaptabilidade, permitindo maior segurança à empresa na recomendação para diferentes ambientes. <![CDATA[PARÂMETROS MORFOLÓGICOS E FISIOLÓGICOS EM PLANTAS JOVENS DE <em>Cordia trichotoma</em> SUBMETIDAS A APLICAÇÃO DE FÓSFORO NO SOLO]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100204&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The application of phosphorus (P) doses in the soil can increase the growth of native tree species of economic and environmental interest, such as Cordia trichotoma. Thus, this research aims to evaluate the morphological and the physiological parameters in C. trichotoma seedlings, cultivated in soil with increased P content. The experiment was conducted under greenhouse conditions in pots with 2.5 dm-3 of soil, four doses of P (0, 150, 300 and 450 mg dm-3), and six replicates. P content in the soil, P concentrations in the leaves, morphological attributes (height, stem diameter, aerial dry matter, root dry matter, and leaf area) and physiological attributes (photosynthetic pigment content and chlorophyll α fluorescence) were determined 180 days after transplantation. The increase in the available P content in the soil allowed greater absorption of this element by the plant’s roots, increasing the concentration in the leaves, and therefore favoring the energetic metabolism of the plants. In addition, the higher influx and accumulation of P in the plant when 450 mg dm-3 was used, increased the concentration of the photosynthetic pigments and increased the photosynthetic capacity of the C. trichotoma seedlings. The highest use of the light energy by photosystem II (Fv/Fm = 0.76) was observed in the seedlings cultivated with 450 mg dm-3 of P, with a 95% increase when compared to seedlings without P. Thus, we observed that this tree species is demanding and responsive to the higher P content available in the soil.<hr/>RESUMO A aplicação de doses de fósforo (P) no solo pode aumentar o crescimento de espécies arbóreas nativas de interesse econômico e ambiental, como a Cordia trichotoma. Assim, esta pesquisa tem por objetivo avaliar parâmetros morfológicos e fisiológicos em mudas de C. trichotoma cultivadas em solo com aumento do teor de P. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em vasos com 2,5 dm-3 de solo, com quatro doses de P (0, 150, 300 e 450 mg dm-3) e seis repetições. O teor de P no solo, as concentrações de P nas folhas, os atributos morfológicos (altura, diâmetro do coleto, matéria seca aérea, matéria seca radicular e área foliar) e os atributos fisiológicos (teor de pigmentos fotossintéticos e fluorescência da clorofila a) foram determinados aos 180 dias após o transplante. O incremento no teor de P disponível no solo permitiu maior absorção desse elemento pelas raízes das plantas, elevando a concentração nas folhas. Isso favoreceu o metabolismo energético das plantas, proporcionando maior crescimento. Além disso, o maior influxo e acúmulo de P na planta quando utilizado 450 mg dm-3, incrementou a concentração dos pigmentos fotossintéticos e elevou a capacidade fotossintética das mudas de C. trichotoma. O maior aproveitamento da energia luminosa pelo fotossistema II (Fv/Fm = 0,76) foi observado nas mudas cultivadas com 450 mg dm-3 de P, com aumento de 95% quando comparadas às mudas sem adição de P. Assim, percebemos que essa espécie arbórea, é exigente e responsiva em relação ao maior teor de P disponível no solo. <![CDATA[PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE HYMENAEA COURBARIL L. E APULEIA LEIOCARPA (VOGEL) J. F. MACBR. POR MEIO DA MINIESTAQUIA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100205&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The objective of this work was to evaluate the vegetative propagation of Hymenaea courbaril (jatobá) and Apuleia leiocarpa (garapa) using the mini-cutting technique with the use of indolebutyric acid (IBA) growth regulator in different types of mini-cuttings. Two experiments were set up: the first involving the two species and three mini-cutting techniques (basal, intermediate and apical) in the presence and absence of IBA (4000 mg kg-1). In the second experiment, only the garapa species was evaluated by testing the same three mini-cutting techniques at four IBA concentrations: 0, 1000, 2000 and 4000 mg kg-1. The mini-cuttings were obtained from 6-month-old seedlings produced from seeds in a nursery. A randomized block design was used in a 3 x 2 x 3 factorial scheme (three mini-cutting techniques, two IBA concentration levels and three evaluation dates) in the first experiment, and a 3 x 4 x 3 factorial scheme (three mini-cutting techniques, four IBA concentrations and three evaluation dates) in the second experiment. At 90 days, jatobá had an average survival of 54%, with less than 5% of total rooting, without significant influence of the mini-cutting technique or IBA use. Garapa presented higher survival for the basal mini-cuttings in both experiments, which were the only ones that took root. IBA did not influence survival or rooting percentage of garapa mini-cuttings, but negatively influenced the root number, length and dry mass. We concluded that the basal mini-cutting is a viable technique for vegetative propagation of garapa, presenting 40% of rooting, but the propagation by mini-cutting for jatobá was not successful under the conditions of this study.<hr/>RESUMO O trabalho teve como objetivo avaliar a propagação vegetativa de Hymenaea courbaril (jatobá) e Apuleia leiocarpa (garapa) por meio da técnica de miniestaquia com o uso do regulador de crescimento, ácido indolbutírico (AIB), em diferentes tipos de miniestacas. Foram montados dois experimentos, o primeiro envolvendo as duas espécies, três tipos de miniestacas (basais, intermediárias e apicais), na presença e ausência de AIB (4000 mg kg-1). No segundo experimento, avaliou-se apenas a espécie garapa testando-se os mesmos três tipos de miniestacas em quatro concentrações de AIB: 0, 1000, 2000 e 4000 mg kg-1. As miniestacas foram obtidas a partir de mudas de 6 meses de idade, produzidas em viveiro a partir de sementes. Utilizou-se delineamento em blocos casualizados no esquema fatorial 3 x 2 x 3 (três tipos de miniestacas, dois níveis de AIB e três datas de avaliação) no primeiro experimento, e 3 x 4 x 3 (três tipos de miniestacas, quatro concentrações de AIB e três datas de avaliação) no segundo experimento. Aos 90 dias, o jatobá apresentou sobrevivência média de 54%, com menos de 5% de enraizamento total, sem influência significativa do tipo de miniestaca ou do uso do AIB. Em ambos os experimentos a garapa apresentou maior sobrevivência para as miniestacas basais, que foram as únicas que enraizaram. O AIB não influenciou a sobrevivência e o percentual de enraizamento de miniestacas da garapa, porém influenciou de forma negativa o número, comprimento e massa seca de raiz. Conclui-se para garapa que a miniestaquia, a partir das miniestacas basais se mostrou uma técnica viável, com 40% de enraizamento, porém para jatobá, nas condições do estudo, a propagação por miniestaquia não teve sucesso. <![CDATA[VARIABILIDADE TEMPORAL E ESPACIAL DA DISTRIBUIÇÃO DE DIÂMETRO EM UMA MATA ATLÂNTICA SECUNDÁRIA SUGERE PRÁTICAS DE MANEJO ESPECÍFICAS DO LOCAL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100206&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The diameter distribution of a forest makes it possible to understand its ecological processes and to define actions related to forest management aiming at forest conservation, biodiversity increase, production, and carbon sequestration, among others. This study aimed to identify variation in the diameter distribution in a secondary Atlantic Forest, as a function of sites, over 24 years. The diameter at 1.3 m in height (dbh) was measured for each tree over 5.0 cm dbh, in ten sites, from 1992 to 2016. It was analyzed the quadratic mean diameter (Dq), the Dq annual periodic increment (APIDq), the Liocourt’s Quotient (q), and the diameter distribution with Meyer’s exponential model. The average APIDq over 24 years was 0.03 cm year-1, an average increase of 0.21%, with site variation ranging from 0.74% to -0.45%. The diameter distribution of the forest as a whole maintained the reverse J-shaped over 24-years. When the sites in each inventory year were analyzed, the variation in the diameter distribution was evident, and there were differences in the recovery capacity of the reverse J-shaped distribution from 1992 to 2016. The overall results indicate that, whenever possible, the management plan to recover the structure of the Atlantic Forest remnants should be site-specific, particularly in the mountainous region where the environmental conditions are quite diverse.<hr/>RESUMO A distribuição de diâmetros de uma floresta permite entender seus processos ecológicos e definir ações relacionadas ao manejo florestal visando a conservação da floresta, aumento da biodiversidade, produção e sequestro de carbono, entre outros. Este estudo buscou identificar variações na distribuição diamétrica em uma Mata Atlântica secundária, em função de sítios, ao longo de 24 anos. O diâmetro a 1,3 m de altura (dap) foi medido para cada árvore acima de 5,0 cm dap, em dez locais, de 1992 a 2016. Foi analisado o diâmetro médio quadrático (Dq), o incremento periódico anual em Dq (IPADq), o Quociente de Liocourt (q) e a distribuição de diâmetros com o modelo exponencial de Meyer. O IPADq médio em 24 anos foi de 0,03 cm ano-1, um aumento médio de 0,21%, com variação local de 0,74% a -0,45%. A distribuição de diâmetros da floresta como um todo manteve o formato de J-invertido ao longo de 24 anos. Quando os locais foram analisados em cada ano de inventário, a variação da distribuição de diâmetros foi evidente e houve diferenças na capacidade de recuperação da distribuição para a forma de J-invertido de 1992 a 2016. Os resultados indicam que, sempre que possível, o plano de manejo para recuperar a estrutura dos remanescentes da Mata Atlântica deve ser específica para cada local, particularmente na região montanhosa, onde as condições ambientais são bastante diversas. <![CDATA[VIABILIDADE DA UTILIZAÇÃO DE MOGNO AFRICANO COM CUPUAÇUZEIRO EM SISTEMAS AGROFLORESTAIS (SAF)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100207&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The objective of this work was to study the behavior of cupuassu trees intercropped with African mahogany in order to define the viability of using these species in AFS and to evaluate the performance of African mahogany itself, aiming its application in reforestation projects. Both species were tested in the municipality of Tomé Açu - PA, between 2005 and 2016. In addition to these two species, banana and black pepper were also part of the AFS initially. Four levels of influence of mahogany on cupuassu trees were evaluated, defined by the proximity between plants. The vegetative development of both species was measured, as well as the production of eight harvests and the mortality rate of the cupuassu trees. The results showed that the competition exerted by African mahogany did not affect the vegetative development of cupuassu trees. In the productive phase, up to the fourth harvest, the competition was not harmful as it didn’t reduce production. However, from the fifth harvest on, cupuassu trees closest to African mahogany trees showed a significant reduction in fruit production and, from the sixth harvest on, all plants were affected, regardless of proximity. On the other hand, consistent vegetative development of African mahogany was observed, which allows its use in silvicultural projects in this region. We concluded that African mahogany had a negative influence on cupuassu trees. Further studies are needed to assess whether the development of African mahogany economically compensates for the decline in cupuassu production.<hr/>RESUMO O objetivo deste trabalho foi estudar o comportamento do cupuaçuzeiro consorciado com mogno africano, a fim de definir a viabilidade do uso destas espécies em SAF e avaliar o desempenho do mogno africano em si, visando sua aplicação em programas de reflorestamento. Ambas as espécies foram avaliadas em um ensaio no município de Tomé Açu - PA, entre 2005 e 2016. Além destas duas espécies, bananeira e pimenteira do reino também faziam parte do SAF, inicialmente. Foram avaliados quatro níveis de influência do mogno sobre o cupuaçuzeiro, definidos pela proximidade entre as plantas. Foram mensurados o desenvolvimento vegetativo de ambas as espécies, bem como a produção de frutos em oito safras e a taxa de mortalidade do cupuaçuzeiro. Os resultados mostraram que a competição exercida pelo mogno africano não afetou o desenvolvimento vegetativo do cupuaçuzeiro. Na fase produtiva, até a quarta safra, a competição não era prejudicial, pois não reduzia a produção de frutos. Entretanto, a partir da quinta safra, os cupuaçuzeiros mais próximos das plantas de mogno africano apresentaram redução significativa na produção de frutos e, a partir da sexta safra, todas as plantas foram afetadas, independentemente da proximidade. Por outro lado, foi observado desenvolvimento vegetativo consistente do mogno africano, o que permite seu uso em projetos silviculturais nessa região. Concluiu-se que o mogno africano exerceu influência negativa sobre as cupuaçuzeiro. Mais estudos são necessários para avaliar se o desenvolvimento do mogno africano compensa economicamente o declínio na produção de cupuaçu. <![CDATA[INFLUÊNCIA DE NITRATOS, FOSFATOS, SULFATOS E SAIS DE Ca, Mg E K, SOBRE A CAPACIDADE DE HIDRATAÇÃO DO HIDROGEL]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100208&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Hydrogel hydration capacity in solution was evaluated at different levels of electrical conductivity (EC) using nitrate, phosphates, sulfates, and salts of calcium, potassium and magnesium. Four sequential experiments were performed using potassium polyacrylate copolymer. The first experiment aimed to determine the lowest hydrogel dose, at which occur maximum deionized water absorption. The test was assembled in a completely randomized design with six hydrogel doses (1, 2, 4, 6, 8 and 10 g L-1) and four replicates. The second experiment consisted of testing the sucrose P.A. doses (0, 1, 2, 4 and 6 %) in order to evaluate the change in osmotic potential of the solution on hydrogel hydration. The third and fourth studies were carried out in a complete randomized design, using a 6 x 3 x 2 factorial scheme with four replicates. For the third experiment, the factors were six levels of EC (0; 0.25; 0.50; 1.00; 1.50 and 2.00 mS cm1) increased by the addition of three anions (NO3-; PO43- and SO42-) along with counter-ions Ca++ and K+. For the fourth experiment, the same six levels of EC were achieved by adding the three cations (Ca++, Mg++ and K+), along with the counter-ions Cl- and SO42-. Hydration capacity of the hydrogel decreases when the ionic concentration of the solution increases and the reduction of the osmotic potential through the addition of sucrose does not interfere in its swelling capability. Anions and cations in the solution negatively influence the process of the hydrogel hydration. The most pronounced effect is for those with higher valence.<hr/>RESUMO A capacidade de hidratação do hidrogel em solução foi avaliada em diferentes níveis de condutividade elétrica (CE), usando nitratos, fosfatos, sulfatos e sais de cálcio, magnésio e potássio. Foram realizados quatro experimentos sequenciais, utilizando-se um copolímero de poliacrilato de potássio. O primeiro ensaio objetivou determinar a menor dose de hidrogel, na qual se obtivesse a máxima absorção de água deionizada e foi montado num delineamento inteiramente casualizado, com seis doses de hidrogel (1, 2, 4, 6, 8 e 10 g L-1) e quatro repetições. O segundo estudo, montado num delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições, consistiu em testar doses de sacarose P.A. (0, 1, 2, 4 e 6 %), afim de avaliar a alteração no potencial osmótico da solução sobre a hidratação do hidrogel. O terceiro e o quarto estudos foram desenvolvidos em delineamento inteiramente casualizado, num esquema fatorial 6 × 3 × 2, com quatro repetições. Para o terceiro estudo, os fatores constituíram de seis níveis de CE (0; 0,25; 0,50; 1,00; 1,50 e 2,00 mS cm-1), elevada pela adição de três ânions (NO3-; PO43- e SO42-), acompanhados pelos contra-íons Ca++ e K+. Para o quarto estudo, os mesmos seis níveis de CE foram atingidos pela adição de três cátions (Ca++, Mg++ e K+), acompanhados pelos contra-íons Cl- e SO42-. A capacidade de hidratação do hidrogel reduz com a elevação da concentração iônica da solução e que a redução do potencial osmótico, pela adição de sacarose, não interfere na sua capacidade de intumescimento. Os ânions e cátions em solução influenciam negativamente no processo de hidratação do hidrogel, sendo o efeito mais pronunciado para aqueles de maior valência.. <![CDATA[VARIAÇÃO SAZONAL NA OCORRÊNCIA DE FUNGOS ASSOCIADOS A ESPÉCIES FLORESTAIS EM ÁREA DE TRANSIÇÃO CERRADO-CAATINGA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100209&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Although ecotone areas occupy a significant extent in Piauí State, there is little information about these areas, especially regarding the presence of microorganisms. Thus, this study evaluated the effect of seasonality on the occurrence of fungal genera associated with forest species in an ecotone Cerrado-Caatinga in Piauí State, Brazil. The experimental area consisted of one-hectare fragment within a legal reserve, where five plots of 20m x 20m were established and the phytosociological survey was carried out. The collection of the material (healthy leaves and leaves with disease symptoms) was performed in two periods: the dry season (June and August/2017) and the rainy season (December/2017 and February/2018), totaling four collections. In the laboratory, isolation and purification of fungi were performed. The fungal identification was based on morphological characteristics and the use of identification keys. The relative abundance of fungi was calculated, and the data were submitted to multivariate cluster analysis. In total, 225 isolates were found, related to 15 fungal genera, associated with 10 forest species. The occurrence of fungi in the area was influenced by seasonal variation, with more isolates found in the dry period, as examples of important groups, whether beneficial or phytopathogenic microorganisms are: Trichoderma spp. and Lasiodiplodia spp. It was also observed that fungi are more likely to occur in forest species like Bauhinia cheilantha and Pityrocarpa moniliformis, belonging to the Fabaceae family.<hr/>RESUMO Embora as áreas de ecótonos ocupem uma extensão significativa no estado do Piauí, há pouca informação sobre essas áreas, especialmente quanto à ocorrência de microrganismos. Assim, nesse estudo avaliou-se o efeito da sazonalidade na ocorrência de gêneros de fungos associados a espécies florestais em área de transição Cerrado-Caatinga no estado do Piauí, Brasil. A área experimental consistiu em um fragmento de um hectare dentro de uma reserva legal, onde foram estabelecidas cinco parcelas de 20m x 20m e feito o levantamento fitossociológico. A coleta do material (folhas sadias e com sintomas de doenças) foi realizada em dois períodos: seco (junho e agosto/2017) e chuvoso (dezembro/2017 e fevereiro/2018), totalizando quatro coletas. No laboratório, foram feitos o isolamento e a purificação dos fungos. A identificação desses foi realizada com base nas características morfológicas, consultando à chaves de identificação. Calculou-se a abundância relativa dos fungos e os dados foram submetidos à análise multivariada de agrupamento. No total, foram encontrados 225 isolados relacionados a 15 gêneros fúngicos, associados a 10 espécies florestais. A ocorrência de fungos na área foi influenciada pela variação sazonal, com maior número de isolados encontrados no período seco, a exemplo de grupos importantes, seja de microrganismos benéficos ou fitopatogênicos como Trichoderma spp. e Lasiodiplodia spp. Foi observada também maior tendência de ocorrência dos fungos nas espécies florestais Bauhinia cheilantha e Pityrocarpa moniliformis, pertencentes à família Fabaceae. <![CDATA[UM MÉTODO PARA AVALIAR O CONTEÚDO DE ERGOSTEROL EM FUNGOS APODRECEDORES DA MADEIRA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100210&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Ergosterol is responsible for important functions in the fungal plasma membrane. The influence of fungitoxic agents on membrane ergosterol content is one of the most important mechanisms of antifungal action and its knowledge allows the generation of products that associate active compounds of different mechanisms, consequently improving the effectiveness of wood preservatives. Therefore, this study optimized a method for quantifying ergosterol in wood-decay fungi. The white-rot species selected were Ganoderma applanatum and Trametes versicolor, while the brown-rot were Gloeophyllum trabeum and Lentinus lepideus. Mycelial discs of each species were transferred to Petri dishes containing a cellophane-covered potato-dextrose-agar medium. Mycelia of each fungus were collected, weighed, and transferred to test tubes with 5 mL of 25% alcoholic potassium hydroxide. The tubes were vortexed for 5 min, subjected to ultrasound for 5 min, incubated at 85 °C for 4 h, followed by the addition of 2 mL of sterile distilled water and 5 mL of n-heptane and subsequent ultrasound shaking for 2 min. The n-heptane layer was analyzed by UV spectrophotometry between 230 and 300 ηm. The blank sample only contained n-heptane. The mycelia wet weight of the fungi ranged from 0.061 to 0.296 g. Ergosterol content was 0.007% for Lentinus lepideus and 0.004% for the other species. The absorbance was higher than the ones observed in the blank for all samples. The adapted method was efficient for ergosterol extraction.<hr/>RESUMO O ergosterol é responsável por importantes funções na membrana plasmática dos fungos. A influência de agentes fungitóxicos no conteúdo de ergosterol na membrana é um dos mecanismos mais importantes de ação antifúngica e seu conhecimento permite a geração de produtos que associam compostos ativos de diferentes mecanismos, consequentemente, melhorando a eficácia dos conservantes de madeira. Portanto, este estudo otimizou um método para quantificar ergosterol em fungos apodrecedores da madeira. As espécies de podridão-branca selecionadas foram Ganoderma applanatum e Trametes versicolor, enquanto que as de podridão-parda foram Gloeophyllum trabeum e Lentinus lepideus. Discos miceliais de cada espécie foram transferidos para placas de Petri contendo meio batata-dextrose-ágar coberto por celofane. O micélio de cada fungo foi coletado, pesado e transferido para tubos de ensaio com 5 mL de hidróxido de potássio alcoólico 25%. Os tubos foram agitados em vortex por 5 min, submetidos a ultrassom por 5 min, incubados a 85 °C por 4 h, seguido da adição de 2 mL de água destilada estéril e 5 mL de n-heptano e subsequente agitação em ultrassom por 2 min. A camada de n-heptano foi analisada por espectrofotometria no UV entre 230 e 300 ηm. O branco continha apenas n-heptano. A massa micelial úmida dos fungos variou de 0,061 a 0,296 g. O teor de ergosterol foi de 0,007% para Lentinus lepideus e 0,004% para as demais espécies. A absorbância foi maior que a observada no branco para todas as amostras. O método adaptado foi eficiente para extração de ergosterol. <![CDATA[ERRATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100901&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Ergosterol is responsible for important functions in the fungal plasma membrane. The influence of fungitoxic agents on membrane ergosterol content is one of the most important mechanisms of antifungal action and its knowledge allows the generation of products that associate active compounds of different mechanisms, consequently improving the effectiveness of wood preservatives. Therefore, this study optimized a method for quantifying ergosterol in wood-decay fungi. The white-rot species selected were Ganoderma applanatum and Trametes versicolor, while the brown-rot were Gloeophyllum trabeum and Lentinus lepideus. Mycelial discs of each species were transferred to Petri dishes containing a cellophane-covered potato-dextrose-agar medium. Mycelia of each fungus were collected, weighed, and transferred to test tubes with 5 mL of 25% alcoholic potassium hydroxide. The tubes were vortexed for 5 min, subjected to ultrasound for 5 min, incubated at 85 °C for 4 h, followed by the addition of 2 mL of sterile distilled water and 5 mL of n-heptane and subsequent ultrasound shaking for 2 min. The n-heptane layer was analyzed by UV spectrophotometry between 230 and 300 ηm. The blank sample only contained n-heptane. The mycelia wet weight of the fungi ranged from 0.061 to 0.296 g. Ergosterol content was 0.007% for Lentinus lepideus and 0.004% for the other species. The absorbance was higher than the ones observed in the blank for all samples. The adapted method was efficient for ergosterol extraction.<hr/>RESUMO O ergosterol é responsável por importantes funções na membrana plasmática dos fungos. A influência de agentes fungitóxicos no conteúdo de ergosterol na membrana é um dos mecanismos mais importantes de ação antifúngica e seu conhecimento permite a geração de produtos que associam compostos ativos de diferentes mecanismos, consequentemente, melhorando a eficácia dos conservantes de madeira. Portanto, este estudo otimizou um método para quantificar ergosterol em fungos apodrecedores da madeira. As espécies de podridão-branca selecionadas foram Ganoderma applanatum e Trametes versicolor, enquanto que as de podridão-parda foram Gloeophyllum trabeum e Lentinus lepideus. Discos miceliais de cada espécie foram transferidos para placas de Petri contendo meio batata-dextrose-ágar coberto por celofane. O micélio de cada fungo foi coletado, pesado e transferido para tubos de ensaio com 5 mL de hidróxido de potássio alcoólico 25%. Os tubos foram agitados em vortex por 5 min, submetidos a ultrassom por 5 min, incubados a 85 °C por 4 h, seguido da adição de 2 mL de água destilada estéril e 5 mL de n-heptano e subsequente agitação em ultrassom por 2 min. A camada de n-heptano foi analisada por espectrofotometria no UV entre 230 e 300 ηm. O branco continha apenas n-heptano. A massa micelial úmida dos fungos variou de 0,061 a 0,296 g. O teor de ergosterol foi de 0,007% para Lentinus lepideus e 0,004% para as demais espécies. A absorbância foi maior que a observada no branco para todas as amostras. O método adaptado foi eficiente para extração de ergosterol. <![CDATA[ERRATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622020000100902&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Ergosterol is responsible for important functions in the fungal plasma membrane. The influence of fungitoxic agents on membrane ergosterol content is one of the most important mechanisms of antifungal action and its knowledge allows the generation of products that associate active compounds of different mechanisms, consequently improving the effectiveness of wood preservatives. Therefore, this study optimized a method for quantifying ergosterol in wood-decay fungi. The white-rot species selected were Ganoderma applanatum and Trametes versicolor, while the brown-rot were Gloeophyllum trabeum and Lentinus lepideus. Mycelial discs of each species were transferred to Petri dishes containing a cellophane-covered potato-dextrose-agar medium. Mycelia of each fungus were collected, weighed, and transferred to test tubes with 5 mL of 25% alcoholic potassium hydroxide. The tubes were vortexed for 5 min, subjected to ultrasound for 5 min, incubated at 85 °C for 4 h, followed by the addition of 2 mL of sterile distilled water and 5 mL of n-heptane and subsequent ultrasound shaking for 2 min. The n-heptane layer was analyzed by UV spectrophotometry between 230 and 300 ηm. The blank sample only contained n-heptane. The mycelia wet weight of the fungi ranged from 0.061 to 0.296 g. Ergosterol content was 0.007% for Lentinus lepideus and 0.004% for the other species. The absorbance was higher than the ones observed in the blank for all samples. The adapted method was efficient for ergosterol extraction.<hr/>RESUMO O ergosterol é responsável por importantes funções na membrana plasmática dos fungos. A influência de agentes fungitóxicos no conteúdo de ergosterol na membrana é um dos mecanismos mais importantes de ação antifúngica e seu conhecimento permite a geração de produtos que associam compostos ativos de diferentes mecanismos, consequentemente, melhorando a eficácia dos conservantes de madeira. Portanto, este estudo otimizou um método para quantificar ergosterol em fungos apodrecedores da madeira. As espécies de podridão-branca selecionadas foram Ganoderma applanatum e Trametes versicolor, enquanto que as de podridão-parda foram Gloeophyllum trabeum e Lentinus lepideus. Discos miceliais de cada espécie foram transferidos para placas de Petri contendo meio batata-dextrose-ágar coberto por celofane. O micélio de cada fungo foi coletado, pesado e transferido para tubos de ensaio com 5 mL de hidróxido de potássio alcoólico 25%. Os tubos foram agitados em vortex por 5 min, submetidos a ultrassom por 5 min, incubados a 85 °C por 4 h, seguido da adição de 2 mL de água destilada estéril e 5 mL de n-heptano e subsequente agitação em ultrassom por 2 min. A camada de n-heptano foi analisada por espectrofotometria no UV entre 230 e 300 ηm. O branco continha apenas n-heptano. A massa micelial úmida dos fungos variou de 0,061 a 0,296 g. O teor de ergosterol foi de 0,007% para Lentinus lepideus e 0,004% para as demais espécies. A absorbância foi maior que a observada no branco para todas as amostras. O método adaptado foi eficiente para extração de ergosterol.