Scielo RSS <![CDATA[Acta Botanica Brasilica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-330619930002&lang=en vol. 7 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[<b>Development of<i> Polypodium hirsuttissimum</i> Raddi [Pteridophyta, Polypodiaceae[ in natural conditions</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Populações de gametófitos e esporófitos de Polypodium hirsutissimum ocorrentes em mata mesofítica semidecídua do Estado de São Paulo, foram acompanhadas em campo durante 24 meses e amostras coletadas para estudo em laboratório. A morfologia das diferentes fases de desenvolvimento, desde o gametófito até o esporófito adulto é apresentada. A sobrevivência em ambiente seco, especialmente das plantas jovens, bem como o comportamento destas em função de condições de dessecamento, são discutidos.<hr/>Populations of gametophytes and sporophytes of Polypodium hirsutissimum occurring in a semideciduous mesophytic forest in the State of São Paulo, Brazil, were observed during 24 months and samples were collected for study in the laboratory. The morphology of different phases of development, from gametophytes until the formation of adult sporophytes, is presented. Survival in a xeric environment, especially of young plants, is discussed. <![CDATA[<b><i>Enterolobium glaziovii</i></b><b> [Benth.] Mesquita, "comb. nov. et status novum" to Southeastern and Northeastern</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Eleva-se Enterolobium schomburgkii var. glaziovii Benth. a categoria de espécie, estabelecendo Enterolobium glaziovii (Benth.) Mesquita, "status novum" para as regiões Sudeste e Nordeste do Brasil. Tal resultado está baseado em estudo de coleções herborizadas, em observações de campo, em estudo comparativo de frutos, sementes embriões e na análise de padrões de distribuição geográfica. Apresenta-se uma descrição completa da espécie e tabela comparativa dos caracteres diferenciais entre esta e a espécie próxima E. schomburgkii (Benth.) Benth.<hr/>The author establishes Enterolobium glaziovii (Benth.) Mesquita, "status novum" to Southeastern and Northeastern of Brazil, based on herbarium collection, fieldwork, as well as in a morphological study of fruits, seeds and patterns of geographical distribution. A complete description of the species and a table of differential characters with the related species E. schomburgkii are presented. <![CDATA[<b>Little ciliate Parmeliae in the brazilian cerradoes</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho foi baseado em coletas realizadas em todos os tipos estruturais de cerrado, incluindo formações de altitude e rochosas. São apresentadas descrições detalhadas, chave de identificação e ilustrações das espécies de Bulboíhrix (16), Relicina (2), Myelochroa (2), Parmelinella (1), Parmelinopsis (6) e Hypotrachyna (3) encontradas. B. linteolocarpa M.P. Marcelli e B. subklementii M.P. Marcelli são descritas como novas. E feita a combinação nova Parmelinella versiformis (Kremp.) M.P. Marcelli. B. sensibilis (Steiner & Zahlbr.) Hale é nova para o Brasil. B. meizospora (Nyl.) Hale e Parmelinopsis jamesii (Hale) Elix & Hale são novas para o Continente Americano. Há um grande número de primeiras citações para vários estados e várias segundas referências para o Brasil.<hr/>This work deals with species of the lichen genera Bulboihrix (16), Relicina (2), Myelochroa (2), Parmelinella (1), Parmelinopsis (6) and Hypotrachyna (3) (ciliate species) growing in the brazilian "cerrado" vegetation. All types of cerradoes were investigated, since almost open fields to forestal formations and including altitude rock fields, gallery forests and others placed inside cerrado areas. Altogether 30 species were found and are described in detail. B. linteolocarpa M.P. Marcelli and B. subklementii M.P. Marcelli are new species. The new combination Parmelinella versiformis (Kremp.) M.P. Marcelli is done. B. sensibilis (Steiner & Zahlbr.) Hale is new for Brazil. B. meizospora (Nyl.) Hale and Parmelinopsis jamesii (Hale) Elix & Hale are new for the American Continent. <![CDATA[<b>Floristic composition in a semideciduous montane forest in the Serra de São José, municipality of Tiradentes, Minas Gerais State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Um levantamento florístico das espécies arbustivas e arbóreas (diâmetro na base do caule > ou = 5 cm) foi realizado na floresta semidecídua montana que ocorre nos contrafortes da serra de São José, Tiradentes, MG. O levantamento incluiu as espécies encontradas no interior de 95 parcelas de 10 x 10 m bem como aquelas coletadas fora da área amostrai. É apresentada uma relação de 277 espécies pertencentes a 67 famílias botânicas. A presente listagem é comparada quantitativamente com outros levantamentos florísticos realizados nos estados de Minas Gerais e São Paulo.<hr/>A floristic survey of the shrub and tree species (diameter at the base of the stem > or = 5 cm) occurring in a semideciduous montane forest was carried out in the foothills of the Serra de São José, municipality of Tiradentes, state of Minas Gerais, Brazil. The survey included all species found in 95 quadrats of 10 x 10 m as well as those collected outside the sample area. A list of 277 species belonging to 67 plant families is presented. The present checklist is compared quantitavely to other floristic surveys carried out in the states of Minas Gerais and São Paulo. <![CDATA[<b>Mosses from the Gruta de Mirassol, São Paulo State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Na Gruta de Mirassol foram encontradas 27 espécies de musgos pertencentes a 23 gêneros de 19 famílias. Racopilum tomentosum (Hedw.) Brid., Helicophyllum torquatum (Hook.) Brid. e Hyophila involuta (Hook.) Jaeg. & Sauerb. são as espécies mais abundantes. Brachymenium acuminatum Harv., Cyclodictyon varians (Sull.) O. Kuntze, Entodontopsis leucostega (Brid.) Buck & Ireland, Fissidens mollis Mitt., F. weirii Mitt., Hyophila involuta (Hook.) Jaeg. & Sauerb. e Trichosteleum fluviale (Mitt.) Jaeg. estão sendo referidas pela primeira vez para o estado de São Paulo.<hr/>Twenty-seven species of moss are described from the Gruta de Mirassol, State of São Paulo, Brazil; these are distributed among 23 genera and 19 families. Racopilum tomentosum (Hedw.) Brid., Helicophyllum torquatum (Hook.) Brid., and Hyophila involuta (Hook.) Jaeg. & Sauerb. are the most common species. Brachymenium acuminatum Harv., Cyclodictyon varians (Sull.) O. Kuntze, Entodontopsis leucostega (Brid.) Buck & Ireland, Fissidens mollis Mitt., F. weirii Mitt., and Hyophila involuta (Hook.) Jaeg. & Sauerb. are cited for the firtst time from São Paulo State. <![CDATA[<b>Evaluation of tailing sand dunes restauration in mining area, in municipality of Mataraca, Paraíba State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Realizou-se o levantamento fitossociológieo da vegetação estabelecida sobre dunas de rejeito de mineração da Companhia Rutilo & Ilmenita do Brasil (RIB) - na área de mineração do Guaju, no município de Mataraca, extremo norte do litoral do estado da Paraíba (6º29'S, 34º56'W, 10 a 75m de altitude), com o objetivo de subsidiar os trabalhos de recuperação ambiental, promovidos pela empresa. Foram registradas em 30 parcelas de 3 X 3m, a composição florística e a estrutura (cobertura, sociabilidade e altura) da comunidade vegetal que se formou sobre a duna em dois setores diferentes: a) área onde houve a deposição de uma camada de 20cm de solo de mata; b) área onde houve o plantio de quatro espécies pioneiras após adubação orgânica nas covas. No primeiro caso, encontram-se 51 espécies pertencentes a 21 famílias botânicas e no segundo 44 espécies pertencentes a 17 famílias. Os valores de cobertura, tanto para parcelas como para espécies foram maiores no tratamento que recebeu solo de mata.<hr/>A phytosociological survey of the vegetation established on tailing sand dunes was carried out in the area of the mining company Rutilo & Ilmenita do Brasil (RIB), municipality of Mataraca, northern coastland of the state of Paraiba, NE Brazil (6º29'S, 34º56'W, 10 to 75 m of altitude). The purpose was to provide basic information to the environmental restauration programs which have been implemented by the company. The floristic composition and the structure (percent cover, sociability and height) of the plant community that grew on the dune were registered in 30 plots with 3 x 3m in two different sectors: a) area where a pioneer plant community regenerated after the deposition of a 20 cm layer of forest topsoil; b) area where four pioneer species were planted after localized organic fertilization. In the first sector, 51 plant species of 21 families were found whilst in the other sector the figures were 44 species and 17 families. The cover values both for the plots and the species were higher in the sector covered by forest topsoil. <![CDATA[<b>Phytosociology comparing between two gaps in the Caratinga Biologic Station, Minas Gerais State</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en A Estação Biológica de Caratinga encontra-se dentro do domínio Atlântico, sob um clima sazonal com uma estação úmida e quente (outubro-março) e outra seca e fria (abril-setembro). O solo é do tipo Latossolo Vermelho-Amarelo álico. A clareira em estudo localiza-se em topo de morro, possuindo pequenas árvores esparsas, grande quantidade de "touceiras" mortas de Pteridium aquilinum, plantas herbáceas, jovens e plântulas de espécies arbóreas. Esta área foi alterada por fogo e plantio de café há pouco mais de 30 anos. Foram amostrados 500 m² mapeando-se e anotando-se altura e circunferência de todos os indivíduos. Realizaram-se 2 amostragens com o mesmo método, a primeira em outubro de 1989 e a segunda em outubro de 1990. Verificou-se pouca variação na densidade (657 e 668 indivíduos, respectivamente) e na composição em espécies. Mabea fistulifera (maior densidade em ambas as amostragens), Bauhinia fusco-nervis, Inga sp e uma espécie não identificada de gramínea tiveram a densidade aumentada, enquanto Pteridium aquilinum (a segunda de maior densidade), Ferdinandusa cf. ruggeoides e Vismia sp, tiveram-na reduzida. A presença de "touceiras" mortas de P. aquilinum, de indivíduos jovens de espécie arbóreas comuns às matas ao redor e a existência de áreas vizinhas ocupadas exclusivamente por populações de P. aquilinum sugerem que a clareira em estudo encontra-se em estágio intermediário entre o declínio da população de P. aquilinum e a ocupação da área pelas espécies de mata.<hr/>The Estação Biológica de Caratinga is located in the Atlantic dominium, The climate is seasonal with a humid hot season (October-March) and a dry cold season (April-September). The soil is alic Yelowish-Red Latosol. The gap studied is located on the top of a hill, where there are small scattered trees, a large amount of dead bunches of Pteridium aquilinum, herbs, and saplings of tree species. The position of each individual was mapped, and its height and circunference were recorded in a plot of 500m2. Two samples were made by the same method, the first in October 1989, and the second in October 1990. A small variation in density (657 to 668 individuals, respectively) as well as in the composition of the species was verified. Mabea fistulifera (the specie with the highest density in both samples), Bauhinia fusco-nervis, Mikania sp. and a non-identified species of Gramineae increased in density, while Pteridium aquilinum (the second highest density), Ferdinandusa cf. rudgeoides e Vis mia sp. decreased in density. The presence of dead bunches of P. aquilinum, saplings of the species common to the sorrounding forests and the existence of P. aquilinum populations nearby all suggest that the gaps are in an intermediate stage between the decline of the population of P. aquilinum and the occupation of the area by the species od the forest. <![CDATA[<b>Flavonoids of capitulla of four species of<i> Paepalanthus</i> Ruhl. (Eriocaulaceae)</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Flavonóides de quatro espécies de Paepalanthus (P. bifrons, P. hilairei, P. planifolius e P. robustus) foram isolados e identificados. Três espécies apresentaram flavonóis 6-oxigenados, uma características que ocorre também em Eriocaulon. No entanto, P. hilairei contém flavonas, um caráter observado em espécies de Leiothrix e Syngonanthus. Esses resultados (ainda que preliminares) revelam uma heterogeneidade química em Paepalanthus, em comparação a outros gêneros de Eriocaulaceae.<hr/>Flavonoids of four species of Paepalanthus (P. bifrons, P. hilairei, P. planifolius e P. robustus) were isolated and identified. Three species presentd 6- oxygenated flavonols, a characteristic that is also known in Eriocaulon. However, P. hilairei contains flavones, a character of Leiothrix and Syngonanthus. These preliminary results reveal a chemical heterogeneity of Paepalanthus as compared with other genera of Eriocaulaceae. <![CDATA[<b>Chemotaxonomy of superorder Zingiberiflorae [sensu Dahlgren] I</b>: <b>flavonoids</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en A análise das características flavonoídicas da ordem Zingiberales (superordem Zingiberiflorae, Monocotyledonae) reforçou a separação das suas famílias em dois grupos: grupo I (Strelitziaceae, Heliconiaceae, Musaceae e Lowiaceae) e grupo II (Zingiberaceae, Costaceae, Marantaceae e Cannaceae). Baseado nos dados químicos e morfológicos sugeriu-se um esquema que caracteriza os diferentes estádios de avanço evolutivo dessas famílias.<hr/>The analysis of flavonoids in the order Zingiberales (superorder Zingiberiflorae, Monocotyledonae) reinforced the separation of its families into two groups: group I (Strelitziaceae, Heliconiaceae, Musaceae and Lowiaceae) and group II (Zingiberaceae, Costaceae, Marantaceae and Cannaceae). Chemical and morphological data suggested the relative stages of evolutionary advancement of these families. <![CDATA[<b>Two new species of Sporobolus R. Br. [Poaceae - Chloridoideae] from Brazil, related to<i> S. ciliatus</i> Presl</b>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-33061993000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Duas novas espécies de Sporobolus R. Br. são descritas para o Brasil, S. metallicolus e S. multiramosus, a primeira distribuída desde o Brasil centro-oeste até o Estado do paraná, e a segunda só conhecida até o momento, do norte do Brasil (Pará). Devido ao seu pequeno porte e à inflorescência linear e contraída, ambas espécies são próximas de S. ciliatus Presl. Esta relação é discutida no presente trabalho.<hr/>Two new species of Sporobolus R. Br. are described for Brazil, S. metallicolus and S. multiramosus, the first one distributed from Central-Western Brazil to paraná State, the second only known so far for Northern Brazil (Pará State). Both species are closely related to S. ciliatus Presl due to their small size and their contracted inflorescence. This relationship is discussed in the present work.