Scielo RSS <![CDATA[Psicologia: Teoria e Pesquisa]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0102-377220200001&lang=pt vol. 36 num. lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Efeito da Formação de Classes de Estímulos Equivalentes e de Procedimentos de Facilitação na Emergência de Analogia]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100300&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Buscou-se verificar os efeitos da formação de classes de estímulos equivalentes e de dois procedimentos de facilitação na emergência de respostas de analogia, comparando os resultados obtidos nos testes de analogia de acordo com o procedimento de facilitação e com o fornecimento de instrução. Participaram 30 universitários. Foram ensinadas as relações AB e AC entre figuras abstratas e testadas as relações de simetria, transitividade e analogia. Os participantes que não apresentaram essas relações foram expostos aos procedimentos de facilitação. Doze participantes responderam por analogia antes do procedimento de facilitação, cinco de oito (62%), após Facilitação 1 e três de dez (33%), após Facilitação 2. Dos sete participantes expostos à instrução, seis responderam por analogia. A formação das classes não foi suficiente para a emergência das respostas de analogia e alguns participantes podem ter respondido ao Teste de Analogia sob controle de apenas alguns aspectos dos pares de estímulos.<hr/>Abstract The goals were to verify the effects of the formation of equivalent stimulus classes and two facilitation procedures on the emergence of analogy responses and to compare the results obtained in the analogy tests according to the facilitation procedure and the provision of instruction. Participants were 30 undergraduate students. AB and AC relations were taught with abstract pictures, then symmetry, transitivity, and analogy relations were tested. Participants who did not show these relations were exposed to the facilitation procedures. Twelve participants responded by analogy before the facilitation procedure, five of eight (62%) after Facilitation 1 and three of ten (33%) after Facilitation 2. Of the seven participants exposed to the instruction, six responded by analogy. Class formation was not enough for the emergence of analogy responses, and some participants might have responded to the Analogy Test under the control of only some aspects of the stimulus pairs. <![CDATA[Construção e Avaliação para 15 Listas de Palavras Baseadas no Paradigma Deese-Roediger-McDermott]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100301&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Com base nos estudos conduzidos de acordo com o paradigma Deese-Roediger-McDermott (DRM), em quais palavras de uma lista tendem a evocar outros itens relacionados, utilizado em pesquisas de falsas memórias, neste estudo elaborou-se 15 listas de palavras semanticamente relacionadas para o português. Para a elaboração das listas, foram considerados critérios como frequência de palavras no corpus de português brasileiro e extensão de palavras. A pré-seleção guiada por características linguísticas visava controlar possíveis vieses por parte dos voluntários. Testes de associação semântica e concretude de palavras foram realizados para apurar a conveniência dos itens selecionados, e um teste de recordação livre foi conduzido para avaliar características de evocação. Sugerimos a utilização das listas de palavras em pesquisas que avaliem falsas memórias.<hr/>Abstract Based on studies conducted in accordance with the Deese-Roediger-McDermott (DRM) paradigm, in which words of a list tend to evoke other related items, used in false memory research, this study produced 15 lists of semantically related words for Brazilian Portuguese. For the preparation of the lists, certain criteria were considered, such as word length and frequency of words in a Brazilian Portuguese corpus. Pre-selection guided by linguistic characteristics aimed to control possible biases among volunteers. Semantic association and concreteness tests were carried out to determine the suitability of the selected items, and a free recall test was performed to evaluate evocation characteristics. We suggest using word lists in researches that evaluate false memories. <![CDATA[Funções Executivas em Crianças com TDAH e/ou Dificuldade de Leitura]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100302&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The objective of this study was to compare the Executive Functions performance (EFs: inhibitory control, auditory and visuospatial working memory, cognitive flexibility and verbal fluency) between children with ADHD, reading difficulties (RD), comorbidity ADHD/RD and without complaints of ADHD and RD (WRD). Participated 104 children, of both sexes, aged between eight and 11 years old. The results indicated worse performance of ADHD/RD group in the majority EFs. ADHD presented better performance than DL in semantic verbal fluency. The WRD obtained better scores than the ADHD / DL and DL in practically all the evaluated EFs, but did not differ of ADHD.<hr/>Resumo Objetivou-se comparar o desempenho em Funções Executivas (FEs: controle inibitório, memória de trabalho auditiva e visuoespacial, flexibilidade cognitiva e fluência verbal) de crianças com TDAH, com dificuldade de leitura (DL), com comorbidade entre TDAH e dificuldade de leitura (TDAH/DL) e sem queixas de TDAH e dificuldades de leitura (SDL). Participaram 104 crianças, de ambos os sexos, com idades entre 8 e 11 anos. Os resultados apontaram piores desempenhos do TDAH/DL na maioria das FEs avaliadas quando comparado aos demais grupos. O grupo de crianças TDAH apresentou melhor desempenho do que o DL em fluência verbal semântica. O SDL obteve melhores escores que o TDAH/DL e o DL em praticamente todas as FEs avaliadas, mas não se diferenciou do TDAH. <![CDATA[Transtorno do Espectro Autista: Avaliação de habilidades cognitivas utilizando o teste não-verbal SON-R 6-40]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100303&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Cognition in individuals with Autism Spectrum Disorder (ASD) shows large variability. Nonverbal tests can be more suitable for cognitive assessment in this group. We investigated cognitive abilities in ASD using the SON-R 6-40 Nonverbal Intelligence Test. A total of 37 individuals with ASD (AG) aged 6-24 years participated. Cognitive assessment of the AG was done using the SON-R 6-40 and performance compared with the standardized sample which served as the control group (CG). Results showed lower subtest scores in the AG than in the CG. Approximately 84% of the AG had intellectual disability according to IQ scores. Individuals with preserved speech in the AG had higher IQ scores than patients without preserved speech. There was no relationship between intelligence and ASD symptom severity as reported by families.<hr/>Resumo A cognição de indivíduos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) apresenta grande variabilidade. Testes não-verbais podem ser mais adequados para avaliação cognitiva desta população. Investigou-se as habilidades cognitivas de indivíduos com TEA a partir do desempenho no Teste não verbal de inteligência SON-R 6-40. Participaram 37 indivíduos com TEA (GTEA) entre 6 e 24 anos, cujo desempenho no SON-R 6-40 foi comparado ao da amostra normativa do instrumento (GC). Houve pior desempenho do GTEA em todos os subtestes, com diferença significativa em relação ao GC. Quase 84% do GTEA apresentou QI compatível com deficiência intelectual. Aqueles com fala preservada apresentaram desempenho superior ao grupo não-verbal. Não houve relação entre inteligência e gravidade dos sintomas conforme relato das famílias. <![CDATA[Extensão do controle de estímulos produzida por três procedimentos de ensino de discriminações de pseudopalavras]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100304&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo Este estudo investigou o efeito de treino discriminativo de pseudopalavras com e sem a exigência de resposta de seleção sobre o controle por elementos e recombinações de elementos e sobre a observação dos estímulos. Oito universitários realizaram duas condições com treino discriminativo e teste de controle de estímulos. Na condição SEL, requeria-se uma resposta de seleção do S+; na condição OBS, apenas a observação. A resposta de seleção não foi determinante no controle pelos elementos e pela recombinação de elementos. Quatro participantes apresentaram controle restrito. Esse controle foi ampliado na condição adicional DOR, que requeria a observação diferencial dos elementos, e foi acompanhado por aumento da observação do S+. A ampliação do controle de estímulos, ocasionada pelo DOR, ainda requer avaliação independente de condições de ensino anteriores.<hr/>Abstract This study investigated the effect of a discrimination training of pseudowords with and without the requirement of selection responses upon the control by the elements and recombination of the elements, and upon stimulus observation. Eight undergraduates underwent two conditions with discriminative training and stimulus control test. The SEL condition required a selection response to S+, and the OBS condition, only observation. Test results suggest that the selection response was not determinant in the control by elements or by the recombination of elements. Four participants presented restricted control. This control was extended in the additional DOR condition, that required differential element observation, and was accompanied by increases in S+ observation. The broadening of stimulus control, promoted by DOR, still needs evaluation independent of previous teaching conditions. <![CDATA[Reconhecimento de Expressões Faciais Emocionais: Diferenças no Desenvolvimento]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100305&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMEN El trabajo se propuso caracterizar el reconocimiento facial de emociones en población infanto-juvenil. Se administró una adaptación digital del Test Pictures of Facial Affects a 147 participantes de entre 9 y 18 años. Los resultados evidenciaron una asociación negativa entre la edad y la tasa de aciertos para alegría y positiva para asco y miedo. Además, se evidenció un efecto significativo de la edad en los tiempos de respuesta de todas las emociones a excepción del miedo. Los resultados sugieren que a medida que aumenta la edad el reconocimiento emocional es más veloz, sin embargo, esto se refleja en una mejoría en el reconocimiento emocional sólo en asco y miedo. Se discuten la importancia de estas emociones para la adolescencia.<hr/>RESUMO Este trabalho se propôs a caracterizar o reconhecimento facial de emoções na população infanto-juvenil. Aplicou-se uma versão digital do Test Pictures of Facial Affects a 147 participantes com idades entre 9 e 18 anos. Os resultados evidenciaram uma associação negativa entre a idade e taxa de acertos para alegria, bem como uma associação negativa para nojo e medo. Identificou-se, ainda, um efeito significativo da idade nos tempos de resposta para todas as emoções, com exceção de medo. Os resultados sugerem que, conforme aumenta a idade, o reconhecimento facial se torna mais rápido. No entanto, isso só se refletiu em uma melhora no reconhecimento facial para nojo e medo. Discute-se a importância dessas emoções para a adolescência.<hr/>ABSTRACT This research aimed to characterize the recognition of basic emotions in facial expressions in children and adolescents. A digital adaptation of the Pictures of Facial Affects test was administered to 147 participants of both sexes, between 9 and 18 years old. Results showed a negative association between age and rate of success in recognition of joy, and a positive association between age and rate of success in recognition of disgust and fear. A significant effect of age on the recognition of all emotions except fear was found regarding reaction times. These results suggest that as age increases, emotional recognition is faster. However, this is not reflected in an improvement in emotional recognition. The only cases in which recognition was enhanced with age were disgust and fear. The importance of these emotions for adolescence is discussed. <![CDATA[Estratégias de Aprendizagem em Cursos Ofertados à Distância: Diferença entre Cursos de Licenciatura e Extensão]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100400&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The learning process includes several specific learning skills. The Learning Strategies, crucial to improve the selection and planning processes of teaching strategies in distance educational actions, is an example. The objective of this study, mainly quantitative in nature, was to compare the use of Learning Strategies by participants enrolled in university extension and teaching degree distance courses. Results found from t-Test point out that Cognitive Strategies, Self-Regulation and Emotion Control are most widely used by participants in the Extension course. It is highlighted the use of Learning Strategies that enable the monitoring and regulation of the organization and the cognitive process by teachers in initial or continuing education must be considered in order to achieve better course planning.<hr/>Resumo O processo de aprendizagem envolve, entre outros aspectos, capacidades específicas do aprendiz, tais como as estratégias de aprendizagem, as quais são fundamentais para aperfeiçoar a escolha e o planejamento de estratégias de ensino em ações educacionais ofertadas à distância. O objetivo deste estudo, predominantemente quantitativo, consiste em comparar o uso de estratégias de aprendizagem de participantes em cursos de licenciatura e extensão ofertados à distância. Os participantes são professores em formação inicial e continuada em cursos ofertados à distância por uma instituição de ensino superior de natureza pública. Os resultados encontrados através do Teste t apontam que os participantes do curso de extensão fazem maior uso de estratégias cognitivas, autorregulatórias e de controle da emoção. Destaca-se a necessidade do reconhecimento e uso de estratégias de aprendizagem que possibilitem ao professor em formação inicial ou continuada monitorar e regular a organização e o processamento cognitivo dessas informações. <![CDATA[Educação Positiva: Inovação em Intervenções Educacionais Baseadas na Psicologia Positiva]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100401&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT School is configured as a social space that can essentially contribute to cognitive and emotional evolvement. Furthermore, it emerges as an important resource for Positive Psychology. This review aimed to evaluate studies that present interventions based on Positive Education. Databases searched were MEDLINE, LILACS, Psycinfo, SciELO, and Scopus, using the terms "Positive Education" and "Intervention". The study's analysis was descriptive, and the characteristics of the interventions were reported. Fourteen studies that met the proposed eligibility criteria were included. As a result, nine studies were focused on positive education in the children's and adolescents, three were directed to college students, and two exclusively meant for teachers and school leaders. The importance of stimulating the development of strength of character among students were apparent.<hr/>RESUMO A escola é um ambiente social que essencialmente pode contribuir para o desenvolvimento cognitivo e emocional dos sujeitos, surgindo como um importante recurso da Psicologia Positiva. A presente revisão objetivou avaliar estudos que apresentam intervenções baseadas em Eduação Positiva. As bases acessadas foram MEDLINE, LILACS, Psycinfo, SciELO e Scopus, por meio dos termos "Positive Education" e "Intervention". Os estudos foram analisados de forma descritiva e as características das intervenções foram descritas. Quatorze estudos satisfizeram os critérios de inclusão desta revisão. Como resultado, 9 estudos focalizaram a eduação positiva de crianças e adolescentes, 3 foram direcionados para estudantes universitários e 2 consideraram exclusivamente professores e líderes escolares. Evidenciou-se a importância de estimular o desenvolvimento da força de caráter entre os alunos. <![CDATA[Fala-Ação na Sala de Aula: Regulação Semiótica de Processos Cognitivos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100402&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This article investigated how determined linguistic actions, the speech acts, create favorable conditions for the emergence and maintenance of Zones of Proximal Development (ZPDs), therefore of cognitive actions. A geography classroom setting of sixth year elementary school was analyzed. “The relief and its agents" was the main conversational topic. Through interactional analysis and videography, we identified patterns in the categories of speech acts used in class. Some types of speech acts were used for to maintain didactic contract and others speech acts were used to clarify school contents. These patterns provide favorable conditions for emergency and maintenance of ZPDs, which were understood as symbolic space built along the discourse of participants, and that promote learning.<hr/>Resumo Como determinadas ações linguísticas, os atos de fala, criam condições favoráveis à emergência e manutenção de ações cognitivas, as Zonas de Desenvolvimento Proximal (ZDPs)? Por meio da análise interacional e videográfica, investigou-se uma aula de geografia do sexto ano do ensino fundamental em que "o relevo e seus agentes" era o principal tópico conversacional. A partir da categorização dos atos de fala, foram observados dois padrões de organização conversacional: atos de fala voltados à manutenção do contrato didático e atos de fala direcionados aos conteúdos escolares relacionados ao tópico em curso. Tais padrões providenciam condições favoráveis à emergência e manutenção de ZDPs, compreendidas como espaços simbólicos que favorecem a aprendizagem, construídos ao longo do discurso pelos participantes. <![CDATA[Concepções parentais sobre emoções e o desenvolvimento emocional de crianças]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100403&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract Mothers’ and fathers’ conceptualizations of joy, sadness, anger, fear, pride and shame were assessed. Their beliefs regarding the importance of children’s manifestation of those emotions and the connection with the profiles of autonomy, relatedness and related-autonomy were also assessed. Sixty mother- father dyads with children up to three years old participated in the study. Questionnaires of parents’ conceptualizations of emotions were used. Most participants considered joy an important emotion to be manifested by children of their kids’ age (with an individual character motivation). However, anger, pride and shame were associated with older children. Mothers’ and fathers’ conceptualizations and beliefs were not divergent. The autonomous-related self model correlated positively with the importance mothers and parents attributed to all studied emotions.<hr/>Resumo Foram analisadas concepções de mães e pais sobre alegria, tristeza, raiva, medo, orgulho e vergonha, bem como suas crenças quanto à importância da manifestação dessas emoções por crianças, além da articulação com perfis de autonomia, relação e autonomia-relacionada. Participaram 60 duplas mãe-pai de filhos com até três anos de idade. Aplicado o questionário sobre concepções parentais de emoções, a alegria foi considerada pela maioria dos participantes como manifestada por crianças na idade de seus filhos e importante (com motivação de caráter individual), mas a raiva, o orgulho e a vergonha foram mais consideradas para crianças maiores. Não houve divergência nas concepções e crenças entre mães e pais. O modelo de self autônomo-relacionado correlacionou-se positivamente com a importância que mães e pais atribuíram a todas as emoções estudadas. <![CDATA[Compreensão Narrativa: Análise do Conceito e uma Proposta Metodológica]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100404&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumen El análisis conceptual es un eje metodológico de la investigación científica. Aunque un concepto a menudo sufre cambios como parte de una teoría, el análisis de su operación lógica original es condición previa para comprender estos cambios y evaluar su utilidad. Se analizó el funcionamiento lógico del concepto de comprensión, con fundamento en técnicas de la Filosofía del Lenguaje Ordinario. Son características lógicas importantes del concepto: (1) comprender es un verbo de logro (2) puede haber diferentes grados de logro (3) es un concepto polimórfico y (4) es un concepto disposicional. Son discutidas implicaciones metodológicas y teóricas de este análisis, ejemplificadas con una propuesta para el análisis de la comprensión de textos narrativos.<hr/>Abstract Conceptual analysis is a methodological axis of scientific research. Although a concept often undergoes changes as part of a theory, analysis of its original logical functioning is a precondition for understanding those changes and evaluating their usefulness. We analyzed the logical functioning of the concept of comprehension, based on techniques of Ordinary Language Philosophy. We present as central logical characteristics of the concept: (1) to understand/comprehend is an accomplishment verb (2) there can be different degrees of accomplishment (3) it is a polymorphous concept and (4) it is a dispositional concept. We discuss methodological and theoretical implications of this analysis and illustrate them with a proposal for evaluating narrative comprehension.<hr/>RESUMO A análise conceitual é um eixo metodológico da pesquisa científica. Embora um conceito muitas vezes sofra mudanças como parte de uma teoria, a análise de seu funcionamento lógico original é uma pré-condição para compreender essas mudanças e avaliar sua utilidade. Analisamos o funcionamento lógico do conceito de compreensão, baseado em técnicas da Filosofia da Linguagem Ordinária. São características lógicas centrais do conceito: (1) compreender é um verbo de realização (2) pode haver diferentes graus de compreensão e (3) é um conceito polimórfico e (4) é um conceito disposicional. Discutimos as implicações metodológicas e teóricas desta análise e a ilustramos com uma proposta de avaliação da compreensão de narrativas. <![CDATA[Significados Atribuídos à Escola: Revisão Integrativa da Literatura Nacional]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100405&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This paper aims to understand the meanings that students, parents, and teachers, assigned to the school, through an integrative review of the last ten years of Brazilian literature (2007-2017). The search in the databases included material from BVS-Psi, SciELO, and PePSIC, using the following terms in both English and Portuguese: meaning AND school; perception AND school; “social representation” AND school. Considering the inclusion and exclusion criteria, 11 papers were selected. The meanings were classified into two categories: (a) Meanings that strengthen the bonds and (b) Meanings that weaken the bonds. Results indicate that the school is represented in several ways, and the research are predominantly conducted with students.<hr/>Resumo Este artigo tem como objetivo compreender quais são os significados que alunos, pais e professores atribuem à escola, por meio de uma revisão integrativa da literatura brasileira dos últimos dez anos (2007-2017). A busca foi realizada nas bases de dados BVS-Psi, SciELO e PePSIC a partir dos termos em inglês: meaning AND school; perception AND school; “social representation” AND school e em português. Após critérios de inclusão e exclusão, foram selecionados 11 artigos. A análise foi categorizada a partir de duas categorias: (a) Significados que fortalecem os vínculos e (b) Significados que fragilizam os vínculos. Os resultados mostraram que a escola é representada de diversas formas, sendo a maior parte das pesquisas realizadas com os alunos. <![CDATA[Efeito do Suporte Social e Personalidade no Bem-Estar Psicológico em Adolescentes de Diferentes Contextos Relacionais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100500&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO O suporte social e as características da personalidade são evidenciados na literatura como fatores relevantes na promoção do bem-estar psicológico de jovens. Pretendeu-se analisar o efeito preditor do suporte social e da personalidade no bem-estar psicológico, testando ainda o efeito moderador dos contextos relacionais na associação anterior. Tratou-se de um estudo transversal de cariz exploratório. A amostra foi constituída por 350 jovens adolescentes portugueses de ambos os sexos, com idades entre 13 e 18 anos, provenientes de famílias tradicionais (seio familiar apenas com pais e filhos) e em acolhimento residencial. Os resultados sugeriram uma predição do bem-estar psicológico através das dimensões do suporte social e da personalidade. Verificou-se o papel moderador do contexto relacional e foi discutido o papel das ligações afetivas desenvolvidas enquanto fator promotor de bem-estar nos jovens.<hr/>ABSTRACT Social support and personality characteristics are highlighted in the literature as relevant factors promoting young psychological well-being. This research aims to analyze the effect of social support and personality on psychological well-being, also testing the moderating effect of relational context on the previous association. It was conducted a cross-sectional and exploratory study. The sample was composed of 350 young Portuguese adolescents of both sexes, aged between 13 and 18 years, from traditional families (family only with parents and child) and residential care. The results suggested there was a prediction of psychological well-being through the dimensions of social support and personality. There was a moderating role of relational context. The results were discussed, highlighting the role of affective bonds developed as well-being promoting factors in young people. <![CDATA[Caracterização do Atendimento Psicológico na Saúde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100501&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Este trabalho caracteriza as atividades realizadas pelo Serviço de Psicologia em um complexo de atenção à saúde prestador de serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS). A utilização das intervenções foi medida pelo número absoluto e relativo de pacientes atendidos. A partir disso, foi identificado: perfil sociodemográfico, especialidade médica de origem, agente solicitante, motivos da solicitação e tipo de intervenção realizada. Um maior percentual de mulheres foi atendido, havendo o predomínio de quadros de ansiedade e depressão. As intervenções mais utilizadas foram a avaliação psicológica e o atendimento do familiar/cuidador. Estudos rotineiros de caracterização da assistência são essenciais para o monitoramento do desempenho dos serviços, permitindo verificar sua adequação e a necessidade de melhorias.<hr/>ABSTRACT This paper characterizes the activities of the Psychology Service in a health care complex that provides services to the Single Health System (SUS). The use of interventions was measured by absolute and relative number of patients. It was identified: socio-demographic profile, medical specialty of origin, requesting agent, request the reasons, and type of intervention. A higher percentage of women were attended, and anxiety and depression were predominant. The most used interventions were psychological evaluation and interventions with family members/caregivers. Routine studies of characterization of care are essential for monitoring the performance of services, making it possible to verify their adequacy and the need for improvement. <![CDATA[Escutar (as) Vozes: Da Qualificação da Experiência à Possibilidade de Cuidado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100502&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This article aimed to analyze hearing voices experiences in patients of a Psychosocial Care Center. In this regard, ten people were interviewed. The qualitative method was used, with content analysis. Four categories were chosen: “origin” of voices, phenomenology of voices, coping strategies, and family support. Hallucinatory experiences have emerged in contexts of violence and isolation. Topographic variables of the voices indicate possibilities of understanding the phenomenon. The movement is a basic condition to deal with the experiences. Family support is key to cope with difficulties. It is necessary to qualify the auditory hallucination as a meaningful experience, which must be respected in any intervention that intends care.<hr/>Resumo Este artigo teve como objetivo analisar experiências de audição de vozes de pacientes de um Centro de Atenção Psicossocial. Para isso, foram entrevistadas dez pessoas. Foi utilizado o método qualitativo, com análise de conteúdo. Foram eleitas quatro categorias: “origem” das vozes, fenomenologia das vozes, estratégias de lida, e suporte familiar. Observou-se que as vivências alucinatórias surgiram em meio a contextos de violência e isolamento. Variáveis topográficas que constituem as vozes indicam possibilidades de compreender o fenômeno. Movimentar-se apresentou-se como condição básica para a lida com as experiências. O suporte familiar mostrou-se essencial para o enfrentamento das dificuldades. Conclui-se que é necessária uma qualificação da alucinação auditiva como experiência plena de sentido, a qual deve ser respeitada em qualquer intervenção que se proponha ao cuidado. <![CDATA[<em>Sexting</em> e Violência de Gênero entre Jovens: Uma Revisão Integrativa de Literatura]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100503&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This review aimed to systematize the studies on sexting and gender violence published between 2000 and 2016 in national and international journals. The search was performed in the databases - BVS-Psi, Psychlit, Medline, LILACS, and Oasis. We found 383 articles. After applying the exclusion criteria, 21 articles were analyzed. The results showed that sexting is not an a priori risk factor. The risk is related to variables such as the content of the messages, when it expresses violence, and age of the practitioners, indicating that the younger the age the greater the risk. It has been found that there are modalities related to gender violence, such as revenge pornography and slut-shaming, but these contents are not inherent to sexting.<hr/>Resumo Esta revisão teve como objetivo sistematizar os estudos sobre sexting e violência de gênero publicados entre 2000 e 2016 em revistas nacionais e internacionais. A busca foi realizada nas bases de dados - BVS- Psi, Psychlit, Medline, LILACS e Oasis. Foram encontrados 383 artigos. Aplicados os critérios de exclusão, foram analisados 21 artigos. Os resultados evidenciaram que o sexting não é um fator de risco a priori. O risco está relacionado a variáveis como conteúdo das mensagens, quando expressam violência, e idade dos praticantes, indicando que, quanto menor a idade, maior o risco. Encontrou-se que existem modalidades relacionadas à violência de gênero, como pornografia de vingança e slut-shaming, porém esses conteúdos não são inerentes ao sexting. <![CDATA[Relações Interpessoais de Adolescentes em Medida Socioeducativa de Internação<sup>,</sup>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100504&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This research characterized interpersonal relationships established by juvenile offenders at treatment facilities, from the juvenile offenders’ perspective. It is a multiple case study conducted through four focus groups with 25 juvenile offenders, aged from 15 to 19 years old, inmate in treatment facilities of two Brazilian States. Participants characterized relationships with the treatment facilities’ workers as hostile and distant. Relationships with peers were mediated by values that perpetuate offending behavior. Adolescents related an approach with their families, as they were a source of social support during the moment of adversity. The period in treatment facilities thus constitutes a time of intense suffering and ineffective in its function of promoting development.<hr/>Resumo O objetivo desta pesquisa é caracterizar as relações interpessoais estabelecidas por adolescentes em medida socioeducativa de internação, a partir da perspectiva dos adolescentes. Trata-se de um estudo de múltiplos casos conduzido por meio de quatro grupos focais com 25 adolescentes, entre 15 e 19 anos, internos em unidades socioeducativas de dois estados brasileiros. Os participantes caracterizaram as relações com os funcionários como hostis e distantes. As relações com os pares parecem mediadas por valores que perpetuam a conduta infracional. Os adolescentes relataram aproximação com a família, por se constituírem como fonte de apoio social frente à situação de adversidade. A internação se constitui, assim, como um período de intenso sofrimento e pouco efetivo na função de promover o desenvolvimento. <![CDATA[Pensando a Homoparentalidade: Um Estudo Qualitativo com Jovens Adultos Portugueses sem Filhos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100505&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Resumo: O momento atual caracteriza-se por importantes mudanças sociais e legais, com potenciais repercussões na vida de pessoas lésbicas e gays. O presente estudo teve como objetivo identificar perceções de jovens adultos portugueses sem filhos relativamente ao eventual projeto de parentalidade. Foram realizadas entrevistas a sete pessoas que se autoidentificaram como lésbicas, gays e bissexuais e que se voluntariaram para participar no estudo. As transcrições das entrevistas foram submetidas a Análise Interpretativa Fenomenológica. Os temas emergentes revelaram que o desejo e a intenção de ter filhos se associavam à ponderação de desafios ligados ao heterossexismo, mas também à reflexão sobre condições e recursos a mobilizar para o enfrentar. São apresentadas implicações com vista à otimização das experiências individuais a este nível.<hr/>Abstract: The present period is characterized by important social and legal changes with potential repercussions in the lives of lesbian and gay people. This study aimed to identify perceptions of Portuguese childless young adults regarding the possible parenthood project. Interviews were conducted with seven people who self-identified as lesbian, gay and bisexual and who volunteered to participate in the study. Interview transcripts were subjected to Interpretative Phenomenological Analysis. Emerging themes revealed that desire and intention to have children arose associated with the consideration of challenges related to heterosexism, but also associated with reflection on the conditions and resources to be mobilized to tackle it. Implications for the optimization of individual experience at this level are presented. <![CDATA[Mal-Estar e Bem-Estar no Trabalho: Representações de Trabalhadores de Empresa Pública Brasileira]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100600&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The present work aims to identify the thematic cores concerning employees’ representations of well-being and ill-being at work in a Brazilian public company. Data were collected using open-ended questions from the Quality of Work Life Assessment Questionnaire. 5,833 workers participated in the study and were predominantly male (62%), with a mean age of 46.7 (SD = 11.61), married (58.7%), and with higher education (37.17%). We used the software Alceste for data treatment. The results revealed that the main sources of ill-being at work was bureaucratic labor organization (25%) and of well-being at work was importance and meaningfulness of work (24%). Organizational management is at the origin of ill-being at work and must be the object of corporate changes.<hr/>Resumo A pesquisa buscou identificar os núcleos temáticos das representações de bem-estar e mal-estar no trabalho de empregados de empresa pública brasileira. Os dados foram coletados por meio de questões abertas do Inventário de Avaliação de Qualidade de Vida no Trabalho. Participaram 5.833 trabalhadores: idade 46,7 (DP 11,61); sexo masculino (62%); casados (58,7%); curso superior (37,17%). Utilizou-se o aplicativo Análise Lexical do Contexto de um Conjunto de Segmentos de Textos (Alceste) no tratamento dos dados. Os resultados revelaram as principais fontes de mal-estar no trabalho (e.g. organização burocrática do trabalho, 25%) e de bem-estar no trabalho (e.g. importância e significado do trabalho, 24%). A gestão organizacional está na origem do mal-estar no trabalho e deve ser objeto das mudanças corporativas. <![CDATA[Aposentadoria e Atribuição de Significado: Um Estudo com Trabalhadores Ativos no Brasil]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100601&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract The aim of this study was to investigate the meanings attributed to retirement by active workers. For this purpose, the Retirement Meaning Scale was constructed and administered to 275 active workers (53.5% women) aged 22 to 67 years. The results reveal an ambiguous meaning attribution to the phenomenon: on one hand, there is a positive idea of freedom; on the other hand, the workers report experiences of anguish and insecurity related to retirement. Among the variables investigated, the proximity to retirement was especially relevant to the perception of the phenomenon, which influenced three of the four factors identified. This study has implications for policies and programs that aim to promote healthy experiences in retirement.<hr/>Resumo O objetivo deste estudo foi investigar os significados atribuídos à aposentadoria por trabalhadores ativos. Para isto, foi construída e aplicada a Escala de Significado da Aposentadoria, numa amostra de 275 trabalhadores ativos (53,5% mulheres) com idades entre 22 e 67 anos. Os resultados revelam o significado ambíguo do fenômeno da aposentadoria: há uma ideia positiva, de liberdade; mas, por outro lado, os trabalhadores relatam angústia e insegurança relacionadas à aposentadoria. Entre as variáveis estudadas, é especialmente relevante o impacto da proximidade da aposentadoria na percepção do fenômeno, que revelou influência sobre três dos quatro fatores identificados. Esta investigação tem implicações para programas e políticas de preparação para a aposentadoria que visam promover a saúde e o bem-estar dos trabalhadores. <![CDATA[Fatores Associados aos Transtornos Mentais Comuns em Caminhoneiros]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100602&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to identify the risk factors of Common Mental Disorders (CMD) using a sample of 565 Brazilian truck drivers. For data capture were applied the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Scale subscale of Psychosocial risks and questionnaire with socio-demographic, working and occupational stressors. The results obtained by multivariate binary logistic regression analysis, have explained the 39.9% of variation on CMD. The occupational stressor working hours is the predictor variable with highest impact, may implying in an increase of 5.41 times more chance of the trucker to present CMD. The results indicate actions by management level as work organization and public authorities with regard to the external work conditions.<hr/>Resumo Este estudo objetivou identificar os fatores de risco dos Transtornos Mentais Comuns (TMC) em uma amostra de 565 caminhoneiros brasileiros. Para a coleta de dados, foram utilizados o Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Subescalas da Escala de Riscos Psicossociais e questionários sociodemográfico, laboral e de estressores ocupacionais. Os resultados obtidos por meio da análise de Regressão Logística Binária Multivariada explicaram 39,9% das variações dos TMC. A variável preditora de maior impacto foi o estressor ocupacional jornada de trabalho que implicou em um aumento de 5,41 vezes mais chance do caminhoneiro apresentar TMC. Os resultados sugerem ações por parte dos gestores quanto à organização do trabalho e por parte do poder público no que diz respeito às condições externas de trabalho. <![CDATA[ERRATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100901&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to identify the risk factors of Common Mental Disorders (CMD) using a sample of 565 Brazilian truck drivers. For data capture were applied the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Scale subscale of Psychosocial risks and questionnaire with socio-demographic, working and occupational stressors. The results obtained by multivariate binary logistic regression analysis, have explained the 39.9% of variation on CMD. The occupational stressor working hours is the predictor variable with highest impact, may implying in an increase of 5.41 times more chance of the trucker to present CMD. The results indicate actions by management level as work organization and public authorities with regard to the external work conditions.<hr/>Resumo Este estudo objetivou identificar os fatores de risco dos Transtornos Mentais Comuns (TMC) em uma amostra de 565 caminhoneiros brasileiros. Para a coleta de dados, foram utilizados o Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Subescalas da Escala de Riscos Psicossociais e questionários sociodemográfico, laboral e de estressores ocupacionais. Os resultados obtidos por meio da análise de Regressão Logística Binária Multivariada explicaram 39,9% das variações dos TMC. A variável preditora de maior impacto foi o estressor ocupacional jornada de trabalho que implicou em um aumento de 5,41 vezes mais chance do caminhoneiro apresentar TMC. Os resultados sugerem ações por parte dos gestores quanto à organização do trabalho e por parte do poder público no que diz respeito às condições externas de trabalho. <![CDATA[ERRATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100902&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to identify the risk factors of Common Mental Disorders (CMD) using a sample of 565 Brazilian truck drivers. For data capture were applied the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Scale subscale of Psychosocial risks and questionnaire with socio-demographic, working and occupational stressors. The results obtained by multivariate binary logistic regression analysis, have explained the 39.9% of variation on CMD. The occupational stressor working hours is the predictor variable with highest impact, may implying in an increase of 5.41 times more chance of the trucker to present CMD. The results indicate actions by management level as work organization and public authorities with regard to the external work conditions.<hr/>Resumo Este estudo objetivou identificar os fatores de risco dos Transtornos Mentais Comuns (TMC) em uma amostra de 565 caminhoneiros brasileiros. Para a coleta de dados, foram utilizados o Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Subescalas da Escala de Riscos Psicossociais e questionários sociodemográfico, laboral e de estressores ocupacionais. Os resultados obtidos por meio da análise de Regressão Logística Binária Multivariada explicaram 39,9% das variações dos TMC. A variável preditora de maior impacto foi o estressor ocupacional jornada de trabalho que implicou em um aumento de 5,41 vezes mais chance do caminhoneiro apresentar TMC. Os resultados sugerem ações por parte dos gestores quanto à organização do trabalho e por parte do poder público no que diz respeito às condições externas de trabalho. <![CDATA[ERRATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100903&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to identify the risk factors of Common Mental Disorders (CMD) using a sample of 565 Brazilian truck drivers. For data capture were applied the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Scale subscale of Psychosocial risks and questionnaire with socio-demographic, working and occupational stressors. The results obtained by multivariate binary logistic regression analysis, have explained the 39.9% of variation on CMD. The occupational stressor working hours is the predictor variable with highest impact, may implying in an increase of 5.41 times more chance of the trucker to present CMD. The results indicate actions by management level as work organization and public authorities with regard to the external work conditions.<hr/>Resumo Este estudo objetivou identificar os fatores de risco dos Transtornos Mentais Comuns (TMC) em uma amostra de 565 caminhoneiros brasileiros. Para a coleta de dados, foram utilizados o Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Subescalas da Escala de Riscos Psicossociais e questionários sociodemográfico, laboral e de estressores ocupacionais. Os resultados obtidos por meio da análise de Regressão Logística Binária Multivariada explicaram 39,9% das variações dos TMC. A variável preditora de maior impacto foi o estressor ocupacional jornada de trabalho que implicou em um aumento de 5,41 vezes mais chance do caminhoneiro apresentar TMC. Os resultados sugerem ações por parte dos gestores quanto à organização do trabalho e por parte do poder público no que diz respeito às condições externas de trabalho. <![CDATA[ERRATA]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722020000100904&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt Abstract This study aimed to identify the risk factors of Common Mental Disorders (CMD) using a sample of 565 Brazilian truck drivers. For data capture were applied the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Scale subscale of Psychosocial risks and questionnaire with socio-demographic, working and occupational stressors. The results obtained by multivariate binary logistic regression analysis, have explained the 39.9% of variation on CMD. The occupational stressor working hours is the predictor variable with highest impact, may implying in an increase of 5.41 times more chance of the trucker to present CMD. The results indicate actions by management level as work organization and public authorities with regard to the external work conditions.<hr/>Resumo Este estudo objetivou identificar os fatores de risco dos Transtornos Mentais Comuns (TMC) em uma amostra de 565 caminhoneiros brasileiros. Para a coleta de dados, foram utilizados o Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20), Subescalas da Escala de Riscos Psicossociais e questionários sociodemográfico, laboral e de estressores ocupacionais. Os resultados obtidos por meio da análise de Regressão Logística Binária Multivariada explicaram 39,9% das variações dos TMC. A variável preditora de maior impacto foi o estressor ocupacional jornada de trabalho que implicou em um aumento de 5,41 vezes mais chance do caminhoneiro apresentar TMC. Os resultados sugerem ações por parte dos gestores quanto à organização do trabalho e por parte do poder público no que diz respeito às condições externas de trabalho.