Scielo RSS <![CDATA[Revista Estudos Feministas]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=0104-026X20050001&lang=en vol. 13 num. 1 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <link>http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en</link> <description/> </item> <item> <title><![CDATA[<B>The conundrum of equality</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Scott estabelece, através deste artigo, uma discussão sobre os conceitos de igualdade e diferença, do gênero, das identidades individuais e de grupo, enfatizando a necessidade de historicidade do tema dentro da sociedade contemporânea. O artigo trata também de questões que envolvem as políticas de ação afirmativa, diferenças de gênero e raça no mundo do trabalho ou acesso de minorias a universidades. Scott argumenta que a questão da igualdade precisa ser entendida em termos de paradoxo.<hr/>Through this article, Scott sets up a discussion about the concepts of equality and difference, gender, individual identity and group identity, emphasizing that this theme needs to be historicized in contemporary society. This article draws attention to questions that envolve affirmative action policies, gender and race differences in the labour world or minorities' access to universities. Scott argues that the equality question must be understood in terms of paradox. <![CDATA[<B>The production of maternity in the Bolsa-Escola Program</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho, analiso alguns processos de produção e veiculação de representações de maternidade, tomando como referência o Programa Nacional Bolsa-Escola. Meu estudo insere-se nos campos dos Estudos Culturais e dos Estudos Feministas, nas vertentes que têm proposto uma aproximação crítica com a abordagem pós-estruturalista. Para a operacionalização da pesquisa, selecionei um conjunto de documentos referentes a esse Programa, produzidos e publicados no período de 1999 a 2003. Exploro os textos do Programa tomando como base os conceitos de discurso, representação, identidade, gênero e poder com o intuito de analisar os diferentes modos pelos quais a maternidade é, ali, representada e significada.<hr/>In this work I analyze some processes of production and conveyance of maternity representations, having the Programa Nacional Bolsa-Escola as its reference. My study is located in the field of cultural theory, mainly in the Cultural Studies and Feminist Studies perspectives, in approaches that have proposed a critical approximation to the post-structuralist analysis. In order to perform this research, I selected a set of documents related to the Program, which were produced and published from 1999 to 2003. I have explored the texts of the Program on the basis of concepts such as discourse, representation, identity, gender and power, aiming at analyzing the different ways by which maternity has been represented and signified there. <![CDATA[<B>A child if I want when I want… Reviewing women's aspiration through IVF uses in a French Hospital</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en A livre escolha da maternidade e do momento de vivê-la foram reivindicações centrais e unânimes do movimento de mulheres nos anos 1970. Em uma primeira fase, esse embate foi amplamente acompanhado por profissionais da área médica, com a difusão de práticas medicalizadas de contracepção e de aborto. Em contrapartida, as tecnologias reprodutivas que permitem adiar a idade da maternidade foram acolhidas com controvérsias pelas feministas: será que essa medicalização da procriação contribuiria para libertar as mulheres dos limites cronológicos ou, pelo contrário, as confinaria a um destino maternal? É essa questão que esse artigo pretende esclarecer, a partir da experiência social da fecundação in vitro nas duas últimas décadas, sobretudo a realizada em um hospital francês.<hr/>Choosing freely motherhood and its calendar was a central and unanimous claim of the women's lib in the seventies. First, women and professionals belonging to the medical circle fought together to make contraception and abortion available. Nevertheless, feminists have been divided before reproductive technologies that could allow to delay pregnancies: would this medicalization of procreation contribute to emancipate women from time constraints or, on the contrary, contribute to lock them into a maternal destiny? This paper will try to shed light on this problem by discussing IVF social experience in France during the last two decades. <![CDATA[<B>The two Fridas</B>: <B>history and transcultural identities</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, é feita uma análise do filme Frida (2003) dirigido por Julie Taymor e protagonizado por Salma Hayek e que tem como tema a relação amorosa entre o muralista Diego Rivera e a pintora Frida Kahlo. Não se trata absolutamente de uma biografia fílmica; enfoca apenas uma etapa da vida da pintora. De um lado, são feitas algumas comparações com o filme mexicano sobre a pintora, Frida, naturaleza viva (1983), de Paul Leduc, para contrastar as diferentes visões dos acontecimentos de uma mesma vida, por exemplo, com relação à política sexual. Por outro lado, explora-se até que ponto o polêmico filme de Taymor/Hayek é histórico, baseado na realidade, ou uma história contada pela imagem e pelo som a partir de uma biografia escrita.<hr/>This article analyzes the film Frida (2003), directed by Julie Taymor and starred by Salma Hayek, which features the love relationship between the mural artist Diego Rivera and the painter Frida Khalo. It is not a filmic biography, but focuses on a period of the painter's life. On the one hand, it presents some comparison with the Mexican movie about the painter, Frida, naturaleza viva (1983), by Paul Leduc, to contrast different views on the events of a life, as to, for example, what concerns sexual politics. On the other hand, the paper explores to what extent the polemical film by Taymor/Hayek is historical, based on reality, or whether it is a sight-and-sound fictional version of a written biography. <![CDATA[<B>As guerras na transformação das relações de gênero</B>: <B>entrevista com Luc Capdevila</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, é feita uma análise do filme Frida (2003) dirigido por Julie Taymor e protagonizado por Salma Hayek e que tem como tema a relação amorosa entre o muralista Diego Rivera e a pintora Frida Kahlo. Não se trata absolutamente de uma biografia fílmica; enfoca apenas uma etapa da vida da pintora. De um lado, são feitas algumas comparações com o filme mexicano sobre a pintora, Frida, naturaleza viva (1983), de Paul Leduc, para contrastar as diferentes visões dos acontecimentos de uma mesma vida, por exemplo, com relação à política sexual. Por outro lado, explora-se até que ponto o polêmico filme de Taymor/Hayek é histórico, baseado na realidade, ou uma história contada pela imagem e pelo som a partir de uma biografia escrita.<hr/>This article analyzes the film Frida (2003), directed by Julie Taymor and starred by Salma Hayek, which features the love relationship between the mural artist Diego Rivera and the painter Frida Khalo. It is not a filmic biography, but focuses on a period of the painter's life. On the one hand, it presents some comparison with the Mexican movie about the painter, Frida, naturaleza viva (1983), by Paul Leduc, to contrast different views on the events of a life, as to, for example, what concerns sexual politics. On the other hand, the paper explores to what extent the polemical film by Taymor/Hayek is historical, based on reality, or whether it is a sight-and-sound fictional version of a written biography. <![CDATA[<B>Gênero e juventude</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, é feita uma análise do filme Frida (2003) dirigido por Julie Taymor e protagonizado por Salma Hayek e que tem como tema a relação amorosa entre o muralista Diego Rivera e a pintora Frida Kahlo. Não se trata absolutamente de uma biografia fílmica; enfoca apenas uma etapa da vida da pintora. De um lado, são feitas algumas comparações com o filme mexicano sobre a pintora, Frida, naturaleza viva (1983), de Paul Leduc, para contrastar as diferentes visões dos acontecimentos de uma mesma vida, por exemplo, com relação à política sexual. Por outro lado, explora-se até que ponto o polêmico filme de Taymor/Hayek é histórico, baseado na realidade, ou uma história contada pela imagem e pelo som a partir de uma biografia escrita.<hr/>This article analyzes the film Frida (2003), directed by Julie Taymor and starred by Salma Hayek, which features the love relationship between the mural artist Diego Rivera and the painter Frida Khalo. It is not a filmic biography, but focuses on a period of the painter's life. On the one hand, it presents some comparison with the Mexican movie about the painter, Frida, naturaleza viva (1983), by Paul Leduc, to contrast different views on the events of a life, as to, for example, what concerns sexual politics. On the other hand, the paper explores to what extent the polemical film by Taymor/Hayek is historical, based on reality, or whether it is a sight-and-sound fictional version of a written biography. <![CDATA[<B>The feminine presence in youth subcultures</B>: <B>the art of getting visible</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Na produção bibliográfica existente, constata-se uma lacuna no que diz respeito à participação feminina nas (sub)culturas juvenis. Será que jovens-adolescentes do sexo feminino constituem uma minoria no movimento hip hop ou em outras manifestações culturais como as galeras ou gangues? O presente artigo questiona a ausência de estudos sobre jovens-adolescentes do sexo feminino, tanto nos trabalhos sobre juventude como nos estudos feministas, destacando a necessidade de pesquisas voltadas para a compreensão das ações juvenis em seus contextos específicos. Com base em dados empíricos sobre jovens-adolescentes negras e jovens de origem turca pertencentes ao movimento hip hop nas cidades de São Paulo e Berlim, discute ainda a luta pela conquista de espaço e de reconhecimento nesse movimento cultural de predominância masculina.<hr/>The omission of girls in the literature of youth (sub)cultures is evident. Are feminine groups, in fact, in a minority position in the hip hop movement or in other cultural expressions like the "galeras" or "gangs"? The present article interrogates the absence of research about girl-cultures in the area of youth studies and also in the gender studies. Based on empirical research among black girls and girls of Turkish origin who belong to the hip hop movement in the cities of São Paulo and Berlin, respectively, the paper shows the effort of these girls in the achievement of power and recognition in this male dominated culture. <![CDATA[<B>Ethnographies of the brau</B>: <B>body, masculinity and race in the reafricanization of Salvador</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo, o autor pretende explorar desenvolvimentos do processo conhecido como reafricanização da cultura e da política em Salvador corporificados na cristalização transitória de determinada figura social conhecida como o brau. Essa seria uma inflexão de masculinidade informada pelas tensões raciais e de gênero em Salvador, assim como uma re-apropriação localizada de temas culturais da diáspora africana. Braus foram (são) jovens negros da periferia que re-inventam uma visualidade/corporalidade negra a partir de releituras da 'cultura' soul norte-americana e ao mesmo tempo são estigmatizados pela classe média como violentos, de "mau-gosto" e hiper-sexualizados, ou seja, excessivamente 'negros' e excessivamente 'masculinos', em uma hiperbolização que em certo sentido contradiz com sua estigmatização.<hr/>In this article the author seeks to explore some developments of the process known as the cultural and political reafricanization of Salvador, through the transitory crystalization of social figure called "brau". This would be an inflexion of masculinity informed by racial and gender tensions in Salvador, as well as a localized appropriation of cultural themes of the African Diaspora. "Braus" were (are) young blacks from poor neighborhoods who re-created a black look/corporality from readings of North-American soul culture, while being stigmatized by the middle class as violents, ugly-looking and hyper-sexed, that is, excessively black and excessively male, a hyperbole which in a way contradicts this stigmatization. <![CDATA[<B>Gender socialization and adolescence</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en O trabalho objetiva desnaturalizar o conceito de adolescência, considerando-o como plural e perpassado por condicionantes diversos, particularmente pelas inserções de classe social e de gênero. Tomando-se os dados de uma pesquisa com 205 adolescentes de um bairro da periferia de Natal/RN, bem como os registros de atividades realizadas com adolescentes de 10 a 14 anos residentes no mesmo bairro, a análise destaca as marcantes influências das relações de gênero, agravadas pela precariedade do contexto sócio-econômico, na socialização dos adolescentes. O estudo permite uma reflexão a respeito do permanente processo de construção da subjetividade adolescente, a partir das experiências de vida compartilhadas nas diferentes interações sociais, oferecendo sugestões para o trabalho de intervenção nas áreas da saúde e da educação.<hr/>This paper aims to point out the concept of adolescence as plural and permeated by diverse conditionings, all of its possible expressions marked by insertions of social class and gender. Based in data obtained from a research with 205 adolescent of a low income neighbourhood in Natal/RN, and from records of the activities realized with adolescents from ten to fourteen years old living also in the same area, the analysis highlights the marked influence of social sexist experience aggravated by the precarious social economical context in the adolescent socialization process. The finding of this study permits to think about the construction process of adolescent subjectivity from shared experiences in the different social encounters, offering suggestions for improvement interventions in the areas of health and education. <![CDATA[<B>The sexual culture of marginalized youth in Cape Verde</B>: <B>pathways to the prostitution of poor young women</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta apontamentos sobre comportamento de jovens marginalizados em Cabo Verde e busca integrar essas notas etnográficas a teorias da masculinidade. Explorando os caminhos que levam à prostituição entre meninas pobres, o artigo focaliza como mudanças nas experiências da sexualidade conduziram a uma reversão de arranjos sociais prévios nos quais os homens eram 'caçadores de saia' e provedores, para este novo regime em que as mulheres buscam seus parceiros com base no desejo e buscam, inclusive na prostituição, os meios econômicos para sustentar tais relações. O artigo usa dados de entrevistas detalhadas, algumas discussões de grupo focais e observação participante para examinar percepções masculinas de caminhos femininos para a prostituição.<hr/>The paper provides insights into the behavior of marginalized youth in Cape Verde and integrates these insights into theories of masculinities. Exploring the pathways to prostitution among young poor urban women and their relationship to their peers, the poor young men they interact with, the paper focuses on how a change in sexual norms has led to a reversal of previous social arrangements, in which men were the 'skirt chasers' and the providers, to ones in which women seek partners based on desire and have the economic means to sustain such relationships. The paper uses data from some in-depth interviews, some focus group discussions, and participant observation to examine male perceptions of pathways to female prostitution. <![CDATA[<B>Butler e a desconstrução do gênero</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta apontamentos sobre comportamento de jovens marginalizados em Cabo Verde e busca integrar essas notas etnográficas a teorias da masculinidade. Explorando os caminhos que levam à prostituição entre meninas pobres, o artigo focaliza como mudanças nas experiências da sexualidade conduziram a uma reversão de arranjos sociais prévios nos quais os homens eram 'caçadores de saia' e provedores, para este novo regime em que as mulheres buscam seus parceiros com base no desejo e buscam, inclusive na prostituição, os meios econômicos para sustentar tais relações. O artigo usa dados de entrevistas detalhadas, algumas discussões de grupo focais e observação participante para examinar percepções masculinas de caminhos femininos para a prostituição.<hr/>The paper provides insights into the behavior of marginalized youth in Cape Verde and integrates these insights into theories of masculinities. Exploring the pathways to prostitution among young poor urban women and their relationship to their peers, the poor young men they interact with, the paper focuses on how a change in sexual norms has led to a reversal of previous social arrangements, in which men were the 'skirt chasers' and the providers, to ones in which women seek partners based on desire and have the economic means to sustain such relationships. The paper uses data from some in-depth interviews, some focus group discussions, and participant observation to examine male perceptions of pathways to female prostitution. <![CDATA[<B>A tragédia de Flora Emília</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta apontamentos sobre comportamento de jovens marginalizados em Cabo Verde e busca integrar essas notas etnográficas a teorias da masculinidade. Explorando os caminhos que levam à prostituição entre meninas pobres, o artigo focaliza como mudanças nas experiências da sexualidade conduziram a uma reversão de arranjos sociais prévios nos quais os homens eram 'caçadores de saia' e provedores, para este novo regime em que as mulheres buscam seus parceiros com base no desejo e buscam, inclusive na prostituição, os meios econômicos para sustentar tais relações. O artigo usa dados de entrevistas detalhadas, algumas discussões de grupo focais e observação participante para examinar percepções masculinas de caminhos femininos para a prostituição.<hr/>The paper provides insights into the behavior of marginalized youth in Cape Verde and integrates these insights into theories of masculinities. Exploring the pathways to prostitution among young poor urban women and their relationship to their peers, the poor young men they interact with, the paper focuses on how a change in sexual norms has led to a reversal of previous social arrangements, in which men were the 'skirt chasers' and the providers, to ones in which women seek partners based on desire and have the economic means to sustain such relationships. The paper uses data from some in-depth interviews, some focus group discussions, and participant observation to examine male perceptions of pathways to female prostitution. <![CDATA[<B>Corpo, gênero e sexualidade</B>: <B>discussões</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta apontamentos sobre comportamento de jovens marginalizados em Cabo Verde e busca integrar essas notas etnográficas a teorias da masculinidade. Explorando os caminhos que levam à prostituição entre meninas pobres, o artigo focaliza como mudanças nas experiências da sexualidade conduziram a uma reversão de arranjos sociais prévios nos quais os homens eram 'caçadores de saia' e provedores, para este novo regime em que as mulheres buscam seus parceiros com base no desejo e buscam, inclusive na prostituição, os meios econômicos para sustentar tais relações. O artigo usa dados de entrevistas detalhadas, algumas discussões de grupo focais e observação participante para examinar percepções masculinas de caminhos femininos para a prostituição.<hr/>The paper provides insights into the behavior of marginalized youth in Cape Verde and integrates these insights into theories of masculinities. Exploring the pathways to prostitution among young poor urban women and their relationship to their peers, the poor young men they interact with, the paper focuses on how a change in sexual norms has led to a reversal of previous social arrangements, in which men were the 'skirt chasers' and the providers, to ones in which women seek partners based on desire and have the economic means to sustain such relationships. The paper uses data from some in-depth interviews, some focus group discussions, and participant observation to examine male perceptions of pathways to female prostitution. <![CDATA[<B>Sexos em guerra</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta apontamentos sobre comportamento de jovens marginalizados em Cabo Verde e busca integrar essas notas etnográficas a teorias da masculinidade. Explorando os caminhos que levam à prostituição entre meninas pobres, o artigo focaliza como mudanças nas experiências da sexualidade conduziram a uma reversão de arranjos sociais prévios nos quais os homens eram 'caçadores de saia' e provedores, para este novo regime em que as mulheres buscam seus parceiros com base no desejo e buscam, inclusive na prostituição, os meios econômicos para sustentar tais relações. O artigo usa dados de entrevistas detalhadas, algumas discussões de grupo focais e observação participante para examinar percepções masculinas de caminhos femininos para a prostituição.<hr/>The paper provides insights into the behavior of marginalized youth in Cape Verde and integrates these insights into theories of masculinities. Exploring the pathways to prostitution among young poor urban women and their relationship to their peers, the poor young men they interact with, the paper focuses on how a change in sexual norms has led to a reversal of previous social arrangements, in which men were the 'skirt chasers' and the providers, to ones in which women seek partners based on desire and have the economic means to sustain such relationships. The paper uses data from some in-depth interviews, some focus group discussions, and participant observation to examine male perceptions of pathways to female prostitution. <![CDATA[<B>Nísia Floresta e mulheres de letras no Rio Grande do Norte</B>: <B>pioneiras na luta pela cidadania</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta apontamentos sobre comportamento de jovens marginalizados em Cabo Verde e busca integrar essas notas etnográficas a teorias da masculinidade. Explorando os caminhos que levam à prostituição entre meninas pobres, o artigo focaliza como mudanças nas experiências da sexualidade conduziram a uma reversão de arranjos sociais prévios nos quais os homens eram 'caçadores de saia' e provedores, para este novo regime em que as mulheres buscam seus parceiros com base no desejo e buscam, inclusive na prostituição, os meios econômicos para sustentar tais relações. O artigo usa dados de entrevistas detalhadas, algumas discussões de grupo focais e observação participante para examinar percepções masculinas de caminhos femininos para a prostituição.<hr/>The paper provides insights into the behavior of marginalized youth in Cape Verde and integrates these insights into theories of masculinities. Exploring the pathways to prostitution among young poor urban women and their relationship to their peers, the poor young men they interact with, the paper focuses on how a change in sexual norms has led to a reversal of previous social arrangements, in which men were the 'skirt chasers' and the providers, to ones in which women seek partners based on desire and have the economic means to sustain such relationships. The paper uses data from some in-depth interviews, some focus group discussions, and participant observation to examine male perceptions of pathways to female prostitution. <![CDATA[<B>As várias dimensões do masculino</B>: <B>traçando itinerários possíveis</B>]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-026X2005000100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta apontamentos sobre comportamento de jovens marginalizados em Cabo Verde e busca integrar essas notas etnográficas a teorias da masculinidade. Explorando os caminhos que levam à prostituição entre meninas pobres, o artigo focaliza como mudanças nas experiências da sexualidade conduziram a uma reversão de arranjos sociais prévios nos quais os homens eram 'caçadores de saia' e provedores, para este novo regime em que as mulheres buscam seus parceiros com base no desejo e buscam, inclusive na prostituição, os meios econômicos para sustentar tais relações. O artigo usa dados de entrevistas detalhadas, algumas discussões de grupo focais e observação participante para examinar percepções masculinas de caminhos femininos para a prostituição.<hr/>The paper provides insights into the behavior of marginalized youth in Cape Verde and integrates these insights into theories of masculinities. Exploring the pathways to prostitution among young poor urban women and their relationship to their peers, the poor young men they interact with, the paper focuses on how a change in sexual norms has led to a reversal of previous social arrangements, in which men were the 'skirt chasers' and the providers, to ones in which women seek partners based on desire and have the economic means to sustain such relationships. The paper uses data from some in-depth interviews, some focus group discussions, and participant observation to examine male perceptions of pathways to female prostitution.