Scielo RSS <![CDATA[Revista Ciência Agronômica]]> http://www.scielo.br/rss.php?pid=1806-669020200003&lang=pt vol. 51 num. 3 lang. pt <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielo.br/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielo.br <![CDATA[Estudo da curva de crescimento da cavidade interna de frutos de coco anão verde]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300401&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The aim of the work was to evaluate the adjustment of the logistic and gompertz model with structure of first-order autoregressive errors in the study on the ‘Dwarf green’ coconut fruit growth based on longitudinal and cross-sectional internal cavity diameter data (DLCI and DTCI). Model adjustments showed positive residual autocorrelation, according to the Durbin-Watson test and for both variables, DLCI and DTCI, the residue was modeled according to first-order autoregressive process (AR1). The analysis was performed using the least squares method in the PROC MODEL of the SAS software and results indicated that for both characteristics under study, the logistic model was the most appropriate in describing fruit growth and, according to the model, fully developed ‘Dwarf green’ coconut fruits have longitudinal and cross-sections internal cavity diameter of approximately 7.39 cm and 7.60 cm, respectively.<hr/>RESUMO O objetivo do trabalho foi avaliar o ajuste do modelo logístico e gompertz com estrutura de erro autoregressiva de primeira ordem no estudo do crescimento de frutos de coqueiro anão verde, com base nos dados de diâmetro longitudinal e transversal da cavidade interna (DLCI e DTCI). Os ajustes dos modelos apresentaram autocorrelação residual positiva, de acordo com o teste de Durbin-Watson e para ambas as variáveis, DLCI e DTCI, o resíduo foi modelado segundo um processo autorregressivo de primeira ordem (AR1). A análise foi feita por meio do método de mínimos quadrados no PROC MODEL do programa SAS e os resultados indicaram que para as duas características em estudo, o modelo logístico foi o mais adequado na descrição do crescimento do fruto e de acordo com o modelo, o fruto do coqueiro anão verde, totalmente desenvolvido, tem diâmetro longitudinal e transversal da cavidade interna aproximadamente de 7,39 cm e 7,60 cm, respectivamente. <![CDATA[Associação das características edafoclimáticas e variabilidade no teor de taninos condensados em espécies da Caatinga]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300402&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Condensed tannin (CT) concentrations in plants are influenced by species, plant part, season, growth phase, environmental conditions, disease and defoliation. The objectives of this study were to determine the effects of edaphoclimatic factors on the concentration of CT stored in leaves and bark from Mimosa tenuiflora (Wild.) Poiret and Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan., collected at three distinct locations in northeastern Brazil. At each study site, sampling was carried out by randomly selecting five trees, each tree represented one replication and samples of leaves and bark of each plant species was collected. Soil samples were collected near the base of each plant for moisture, physical and chemical analysis. Meteorological data from each month and site were obtained of the INMET automatic station. We conducted a principal components analysis using a multivariate technique to observe the influence of soil and weather on condensed tannin concentration. Overall, Anadenanthera macrocarpa has the least total CT concentration in both plant fraction and site. Our results suggest that soil chemical characteristics, soil moisture and weather explain 76.27% and 75.92% of the variation in CT produced by Mimosa tenuiflora and Anadenanthera macrocarpa, respectively. Condensed tannin concentration in these two species is negatively associated with soil moisture and rainfall, and positively associated with temperature and soil chemical elements.<hr/>RESUMO As concentrações de tanino condensado (TC) nas plantas são influenciadas por espécies, parte da planta, estação do ano, fase de crescimento, condições ambientais, doenças e desfolhação. O objetivo deste estudo foi determinar o efeito dos fatores edafoclimáticos na concentração de TC armazenados em folhas e casca de Mimosa tenuiflora (Wild.) Poiret e Anadenanthera macrocarpa (Benth.) Brenan., coletados em três locais distintos no Nordeste do Brasil. Em cada local de estudo, a amostragem foi realizada selecionando-se aleatoriamente cinco árvores, cada árvore representou uma repetição e amostras de folhas e casca de cada espécie de planta foram coletadas. Amostras de solo foram coletadas próximo da base de cada planta para análises físicas, químicas e de umidade. Os dados meteorológicos de cada mês e local foram obtidos em estação automática do INMET. Realizou-se uma análise de componentes principais usando uma técnica multivariada para observar a influência do solo e do clima na concentração de tanino condensado. No geral, Anadenanthera macrocarpa apresentou a menor concentração total de TC em todas as frações e locais de coleta. Estes resultados sugerem que as características químicas do solo, a umidade do solo e as variáveis meteorológicas explicam 76.27% and 75.92% da variação do TC produzido por Mimosa tenuiflora e Anadenanthera macrocarpa, respectivamente. A concentração de tanino condensado nestas duas espécies está negativamente associada à umidade do solo e à precipitação, e positivamente associada à temperatura e aos elementos químicos do solo. <![CDATA[Trocas gasosas e crescimento do milho em função da porosidade de aeração e compactação]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300403&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Based on the hypothesis that less than 10% aeration porosity is sufficient to ensure plant development, the objective of this study was to evaluate the effect of levels of aeration porosity and soil density on the gas exchange and growth of maize plants. The experiment was conducted in a greenhouse, in randomized blocks in a 2 × 5 factorial arrangement: two densities (1.6 and 1.7 Mg m-3) and five aeration porosities (0.07, 0.08, 0.09, 0.10 and 0.12 m3 m-3), with five replicates. The interaction between the factors did not have an effect on the analyzed variables. Aeration porosity had a significant effect on photosynthesis, stomatal conductance, relative chlorophyll index (SPAD), plant height and biomass production, whose data were fitted by quadratic models. The highest aeration porosity reduced conductance by 11%, followed by 7% reduction in photosynthesis and 6.4% in SPAD. Aeration porosities lower than 0.10 m3 m-3 did not cause significant reduction in the values of gas exchange and growth of maize. At soil density of 1.7 Mg m-3, photosynthesis, SPAD, chlorophyll b, total chlorophyll and carotenoids were higher, but with no increments in biomass and leaf area. It is concluded that aeration porosities greater than 0.10 m3 m-3 are more limiting to plants due to changes in soil attributes, such as penetration resistance and water content. The highest contents of chlorophyll b and carotenoids at the highest density are acclimatization responses to the stress condition.<hr/>RESUMO Partindo da hipótese de que menos de 10% de porosidade de aeração são suficientes para garantir o desenvolvimento das plantas, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de níveis de porosidades de aeração e densidade do solo nas trocas gasosas e no crescimento em plantas de milho. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, em blocos aleatorizados no arranjo fatorial (2 × 5): duas densidades (1.6 e 1.7 Mg m-3) e cinco porosidades de aeração (0.07, 0.08, 0.09, 0.10 e 0.12 m3 m-3), com cinco repetições. A interação entre os fatores não causou efeito nas variáveis analisadas. Houve efeito significativo da porosidade de aeração na fotossíntese, condutância estomática, índice relativo de clorofilas (SPAD), altura de plantas e produção de biomassa, com ajustes ao modelo quadrático. A maior porosidade de aeração reduziu a condutância em 11%, seguido de 7% de redução na fotossíntese e 6.4% no SPAD. Porosidades de aeração menores que 0.10 m3 m-3, não causaram expressiva redução nos valores de trocas gasosas e crescimento do milho. Na densidade do solo de 1.7 Mg m-3 a fotossíntese, SPAD, clorofila b, total e de carotenoides foram maiores, mas sem incremento na biomassa e área foliar. Conclui-se que porosidades de aeração maiores que 0.10 m3 m-3 são mais limitantes às plantas em decorrência de modificações nos atributos do solo, como a resistência à penetração e o conteúdo de água. Os maiores teores de clorofila b e carotenoides na maior densidade são repostas de aclimatação à condição de estresse. <![CDATA[Uso de fósforo na soja em sistema integrado de produção sob antecipação de adubação fosfatada]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300404&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Conservation agriculture practices, such as integrated crop-livestock system (ICLS), can result in efficiency of phosphorus use and, economic and environmental benefits. The higher nutrient cycling, deposited crop and animal residues in the soil surface can promote the maintenance of soil fertility. Thus, the anticipated of phosphate fertilization may be a viable strategy of fertilization for soybean crop, in this system. The objective of this work was to determine the yield, accumulation of P and phosphorus use efficiency (PUE) on the dry biomass and grains of the soybean crop, in an integrated crop-livestock system (ICLS) due to anticipated fertilization of sources and doses phosphates annually applied in the soil surface. The experiment was conducted over a period of five years, in Castro-PR, under a Typic Dystrudept, using a randomized block design, in an incomplete factorial scheme (3×3+1), with four replications. The treatments consisted of three doses (60, 120 and 180 kg ha-1 of total P2O5) plus absolute control, and three sources (triple superphosphate, rock phosphate - Arad and magnesium thermophosphate) of P. The different sources no influenced and there were no interactions between P sources and doses for the attributes: grain yield (GY), shoot dry mass (SDM), weight of thousand seeds (WTS), P accumulation in soybean (PAS), P concentration in soybean grains (PCSG), PUE and P in residual dry mass (PRDM). Linear increases were observed in GY, SDM, WTS, PCSG and PRDM and quadratic increases in PAS and PUE.<hr/>RESUMO Práticas de agricultura conservacionista, como o sistema integrado de produção agropecuária (SIPA), podem resultar em eficiência no uso de P e em benefícios econômicos e ambientais. A maior ciclagem de nutrientes e a deposição de resíduos vegetais e animais na superfície do solo podem promover a manutenção da fertilidade do solo. Assim, a antecipação da adubação fosfatada pode ser uma estratégia viável de adubação para a cultura da soja, neste sistema. O objetivo deste trabalho foi determinar o rendimento, eficiência de uso de P (EUP) e acúmulo deste nutriente na biomassa seca e nos grãos da cultura da soja, em SIPA devido à adubação antecipada de fontes e doses fosfatos aplicados anualmente na superfície do solo. O experimento foi conduzido durante cinco anos, em Castro-PR, sob um Cambissolo Háplico, em delineamento de blocos ao acaso, em esquema fatorial incompleto (3×3+1), com quatro repetições. Os tratamentos consistiram de três doses (60, 120 e 180 kg ha-1 de P2O5 total), mais um controle absoluto, e três fontes (superfosfato triplo, fosfato natural reativo - Arad e termofosfato magnesiano) de P. As diferentes fontes não influenciaram e não houve interação entre fontes e doses de P para os atributos: rendimento de grãos (RG), massa seca da parte aérea (MSPA), peso de mil sementes (PMS), acúmulo de P na soja (APS), concentração de P nos grãos de soja (CPGS), EUP e P na massa seca residual (PMSR). Aumentos lineares foram observados em PG, MSPA, PMS, CPGS e PMSR e aumentos quadráticos em APS e EUP. <![CDATA[Valor nutritivo da torta de babaçu em substituição ao volumoso na alimentação de ovinos]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300405&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The use of agro-industrial by-products in feeding ruminants has nutritional, environmental and economic advantages, and helps to sustain the production system. The aim of this study was to evaluate the nutritional value of diets containing babassu cake as a substitute for Tifton-85 hay (70, 140, 210, 280 and 350 g kg-1 dry matter: DM). Twenty-five castrated male sheep with a mean body weight of 49.6 ± 9.4 kg were used, distributed in metabolic cages in a completely randomised design. Voluntary intake was obtained from the difference between the amount of feed provided and the leftovers the following morning. To evaluate nutrient digestibility and nitrogen (N) balance, samples of urine and faeces were collected separately. There was no effect on DM intake; however, crude protein (CP) and ether extract intake increased linearly increased linearly. The addition of babassu cake had no effect on DM digestibility (mean value of 604.6 ± 272.8 g kg-1). Apparent CP digestibility and total digestible nutrient content showed increasing linear behaviour, while the digestibility of acid detergent fibre decreased linearly. The level of retained N varied from 9.72 ± 1.12 to 15.51 ± 1.84 g day-1 with the ratio to ingested N ranging from 521.0 ± 26.7 to 578.4 ± 31.8 g kg-1 N. The addition of babassu cake to replace the roughage, increased the nutritional value of the diet. Babassu cake can be included up to a total of 350 g kg-1 DM in the diet as a substitute for Tifton-85 hay.<hr/>RESUMO A utilização de subprodutos agroindustriais na alimentação de ruminantes apresenta vantagens nutricionais, ambientais e econômicas, contribuindo para a sustentabilidade do sistema de produção. Assim, objetivou-se avaliar o valor nutritivo de dietas contendo torta de babaçu em substituição ao feno de Tifton-85 (70; 140; 210; 280 e 350 g kg-1 de matéria seca; MS). Foram utilizados 25 ovinos machos castrados, com peso corporal médio de 49,6 ± 9,4 kg, alocados em gaiolas metabólicas em delineamento inteiramente casualizado. O consumo voluntário foi obtido pela subtração da quantidade de alimento fornecido pela sobra pesada na manhã seguinte. Para avaliação da digestibilidade dos nutrientes e balanço de nitrogênio (N), amostras de urina e fezes foram coletadas separadamente. O consumo de MS não foi influenciado, contudo o consumo de proteína bruta (PB) e extrato etéreo aumentaram linearmente. A inclusão da torta de babaçu não afetou a digestibilidade da MS (média de 604,6 ± 272,8 g kg-1). A digestibilidade aparente da PB e os teores de nutrientes digestíveis totais apresentaram comportamento linear crescente, enquanto a digestibilidade da fibra em detergente ácido decresceu linearmente. O teor de N retido variou de 9,72 ± 1,12 a 15,51 ± 1,84 g dia-1 e sua relação com o N ingerido variou entre 521,0 ± 26,7 e 578,4 ± 31,8 g kg-1 de N. A inclusão da torta de babaçu, em substituição ao volumoso, incrementou o valor nutritivo da dieta, podendo ser incluída em até 350 g kg-1 da MS na dieta, em substituição ao feno de Tifton-85. <![CDATA[Características químicas, cinética de degradação e produção de gases de espécies arbóreas para ruminantes]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300406&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The breeding systems of the small ruminants are extensive in the great majority, in which the animals are created in areas of native pasture named Caatinga, being necessary the knowledge on the chemical composition and its characteristics of feed degradation is crucial to increase nutrient use efficiency. Thereat, the objective of this study was to evaluate the chemical composition, the minerals, the carbohydrates and nitrogenous compounds fractionation, the degradability, in vitro dry matter digestibility and the in vitro gas production of arboreal species, those are consumed by goats and sheeps. The species evaluated were Cnidoscolus phyllacanthus (Muell. Arg.) Pax. et K. Hoffman, Mimosa tenuiflora (Willd.) Poiret, Myracrodruon urundeuva Fr. All., Poincianella bracteosa (Tul.) L. P. Queiroz, Spondias tuberosa Arr. Cam. and Ziziphus joazeiro Mart. It was found that Mimosa tenuiflora has a higher crude protein quantity (174.9 g.kg-1 DM). Spondias tuberosa and Myracrodruon urundeuva had the highest values for total carbohydrates compared to the other species analyzed. As for the fractionation of nitrogenous compounds, the highest proportion of fraction A was found for Cnidoscolus phyllacanthus (375.5 g.kg-1 CP). Among the species studied, Cnidoscolus phyllacanthus is highlighted with the highest ruminal degradation (61.63%) and dry matter digestibility (627.1 g.kg-1 DM), reflecting higher gas production (206.02 mL.g-1 DM). Cnidoscolus phyllacanthus, Poincianella bracteosa and Myracrodruon urundeuva showed a greater availability of nutrients in the rumen which is fundamental to increase the amount of ruminal microbial protein which reaches the small intestine for use by the animal.<hr/>RESUMO Os sistemas de criação dos pequenos ruminantes são extensivos na grande maioria, em que os animais são criados em áreas de pastagem nativa denominada Caatinga, sendo necessário o conhecimento da composição química e suas características de degradação alimentar para aumentar a eficiência do uso de nutrientes. Com isso, objetivou-se avaliar a composição química, os minerais, o fracionamento dos carboidratos e dos compostos nitrogenados, a degradabilidade, a digestibilidade in vitro da matéria seca e a produção de gás in vitro de espécies arbóreas, que são consumidas por caprinos e ovinos. As espécies avaliadas foram Cnidoscolus phyllacanthus (Muell. Arg.) Pax. e K. Hoffman, Mimosa tenuiflora (Willd.) Poiret, Myracrodruon urundeuva Fr. All., Poincianella bracteosa (Tul.) L.P. Queiroz, Spondias tuberosa Arr. Cam. e Ziziphus joazeiro Mart. Verificou-se que Mimosa tenuiflora possui uma maior quantidade de proteína bruta (174,9 g.kg-1 MS). Spondias tuberosa e Myracrodruon urundeuva apresentaram os maiores valores de carboidratos totais em comparação com as demais espécies analisadas. Quanto ao fracionamento de compostos nitrogenados, a maior proporção da fração A foi encontrada para Cnidoscolus phyllacanthus (375,5 g.kg-1 PB). Entre as espécies estudadas, Cnidoscolus phyllacanthus é destacado com maior degradação ruminal (61,63 %) e digestibilidade da matéria seca (627,1 g.kg-1 MS), refletindo uma maior produção de gás (206,02 mL.g-1 MS). Cnidoscolus phyllacanthus, Poincianella bracteosa e Myracrodruon urundeuva apresentaram maior disponibilidade de nutrientes no rúmen, o que é fundamental para o aumento potencial da quantidade de proteína microbiana ruminal que chega ao intestino delgado para ser utilizada pelo animal. <![CDATA[Xilanase e β-glucanase em dietas para codornas japonesas em postura]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300407&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO As rações dos animais monogástricos no Brasil constituem-se de milho e farelo de soja. Dentre os entraves do uso de grãos de cereais nas dietas destaca-se a presença de polissacarídeos não amiláceos, constituintes de baixa digestibilidade, não digeridos pelas aves. Desse modo, faz-se importância estudar ingredientes não convencionais e uso de aditivos, tais como as enzimas nas rações. Objetivou-se avaliar a produtividade e o metabolismo de codornas japonesas em postura, alimentadas com rações à base de milho ou sorgo contendo ou não xilanase e β-glucanase. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x2, sendo quatro tratamentos, com cinco repetições e sete aves em cada, perfazendo 140 animais. Os tratamentos foram: 1) ração à base de farelo de soja e milho (RFSM); 2) RFSM + enzimas; 3) ração à base de farelo de soja e sorgo (RFSS); e 4) RFSS + enzimas. As variáveis avaliadas foram: desempenho zootécnico; metabolizabilidade das rações e das excretas; qualidade e processo oxidativo dos ovos; biometria de órgãos e bioquímica sérica. Não houve interação significativa entre os fatores (ingredientes x enzimas) para todas as características avaliadas. As rações não provocaram alterações nas variáveis produtivas, de metabolizabilidade, qualidade dos ovos, biometria dos órgãos do trato gastrintestinal e do fêmur de codornas japonesas em postura. A massa total de ovos apresentou-se maior nas diferentes rações com uso enzimático. As concentrações de cálcio e fosfato séricos foram mais elevadas nas RFSM e RFSM + enzimas, entretanto, as relações Ca:P mantiveram-se, indicando condição de normalidade metabólica nas codornas de 26 a 35 semanas de idade.<hr/>ABSTRACT The rations of monogastric animals in Brazil are composed of corn and soybean meal. Among the obstacles to the use of cereal grains in diets is the presence of non-starch polysaccharides, constituents of low digestibility, undigested by poultry. Thus, it is important to study non-conventional ingredients and the use of additives, such as enzymes in animal feed. The objective of this study was to evaluate the productivity and metabolism of Japanese laying quails fed with corn or sorghum feeds containing or not xylanase and β-glucanase. The experimental design was completely randomized in a 2x2 factorial scheme, with four treatments, with five replicates and seven birds each, to 140 animals. The treatments were: 1) ration based on soybean meal and maize (RSMM); 2) RSMM with enzymes; 3) ration based on soybean meal and sorghum (RSMS) and 4) RSMS with enzymes. The evaluated variables were: zootechnical performance; metabolizable rations and excreta; quality and oxidative process of eggs; biometrics of organs and serum biochemistry. There was no significant interaction between the factors (ingredients x enzymes) for all evaluated characteristics. The rations did not cause changes in the productive variables, metabolizable, egg quality, biometry of the gastrointestinal tract organs and femur of Japanese laying quails. The total egg mass was higher in the different rations with enzymatic use. Serum calcium and phosphate concentrations were higher in the RSMM and RSMM with enzymes, however, the Ca:P ratios remained, indicating a metabolic normality condition in the Japanese quails from 26 to 35 weeks of age. <![CDATA[Produção de agrião com águas salobras e diferentes tempos de circulação da solução nutritiva]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300408&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT In view of the limitations on good quality water, the use of low-quality water in agriculture is seen as a suitable alternative. The aim of this study was to evaluate, in a protected environment, the production of broadleaf watercress in an NFT (Nutrient Film Technique) hydroponic system as a function of the use of brackish water and different circulation times for the nutrient solution. The experiment was carried out in the experimental area of UFC, in Fortaleza, Ceará, from December 2018 to March 2019 (two crop cycles). The treatments were distributed in a randomised block design in a 5 x 2 factorial scheme, five levels of water salinity (0.6, 1.6, 2.6, 3.6 and 4.6 dS m-1) and two circulation times for the nutrient solution (10 and 15 min), totalling 10 treatments with 4 replications, resulting in 40 experimental plots. The parameters under evaluation were plant height and number of leaves at 6, 10, 14, 20 and 25 days after transplanting (DAT), leaf area, shoot and root fresh weight, and shoot and root dry weight for each cycle. Water salinity maintained at 2.6 dS m-1 was considered satisfactory for watercress production in both crop cycles under evaluation. A circulation time of 15 minutes for the nutrient solution gave the best results in the watercress at all levels of salinity.<hr/>RESUMO O aproveitamento de águas de qualidade inferior na agricultura tem se tornado uma alternativa condizente, tendo em vista a restrição de água de boa qualidade. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar, em ambiente protegido, a produção da cultura do agrião d’ água da variedade folha larga em sistema hidropônico NFT (técnica do fluxo laminar de nutrientes) em função do uso de águas salobras e tempos de circulação da solução nutritiva. O experimento foi realizado na área experimental da UFC, Fortaleza - CE, no período de dez/2018 a mar/2019 (dois ciclos de cultivo). Os tratamentos foram distribuídos em delineamento de blocos casualizados em esquema fatorial 5 x 2, cinco níveis de salinidade da água (0,6; 1,6; 2,6; 3,6 e 4,6 dS m-1) e dois tempos de circulação da solução nutritiva, (10 e 15 min), totalizando 10 tratamentos com 4 repetições, resultando em 40 parcelas experimentais. Os parâmetros avaliados foram altura da planta e número de folhas aos 6; 10; 14; 20 e 25 dias após o transplantio (DAT), área foliar, massa fresca da parte área e raiz, massa seca da parte aérea e raiz em ambos os ciclos. A salinidade da água mantida em 2,6 dS m-1 pode ser considerada satisfatória para produção da cultura do agrião, em ambos ciclos de cultivo avaliados. O tempo de 15 minutos de circulação da solução nutritiva foi o que proporcionou os melhores resultados para a cultura do agrião em todos os níveis de salinidade. <![CDATA[Aptidão de pedúnculos de novos clones de cajueiro para fins comerciais]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300409&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt RESUMO Devido a sua riqueza em compostos bioativos, sabor exótico, polpa carnuda, pele macia e alto teor de açúcares, o pedúnculo do cajueiro é consumido, tanto na forma in natura quanto destinado à industrialização na forma de sucos e derivados. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade físico-química e sensorial de pedúnculos de cinco novos clones de cajueiro e compará-los com dois clones comerciais, de forma a auxiliar a seleção de novos materiais adequados para a comercialização como fruta ou para processamento. Foram avaliados acidez titulável, pH, sólidos solúveis, relação Brix/acidez, ácido ascórbico e polifenois totais. O perfil sensorial foi determinado por análise descritiva quantitativa clássica. Os resultados foram submetidos à Anova, teste de Tukey, Análise de Agrupamentos Hierárquicos (AAH), Análise de Componentes Principais (ACP) e correlação de Pearson. Os novos clones possuem características físico-químicas e sensoriais diferentes, permitindo a seleção de cultivares de acordo com o interesse comercial. O clone PRO 555/2 apresenta características físico-químicas e sensoriais semelhantes ao CCP 76 (material de referência), podendo ser indicado para o consumo de mesa. Os clones HAC 276/1 e SLC 12-20 apresentam elevada adstringência, e os clones CAPI 17 e PRO 805/4 destacam-se pela elevada fibrosidade e baixas maciez e suculência. Portanto, esses materiais são mais indicados para o processamento de sucos.<hr/>ABSTRACT Due to its richness in bioactive compounds, exotic flavor, fleshy pulp, soft skin, and high sugar content, the cashew apple is consumed as fresh fruit and intended for industrialization in the form of juices and derivatives. The objective of this study is to evaluate the chemical and sensory qualities of peduncles of five new cashew tree clones and compare them with two commercial clones, thus assisting the selection of new materials that are suitable for commercialization either as fresh fruit or for processing. Titratable acidity, pH, soluble solids, brix/acid ratio, ascorbic acid, and total polyphenols were evaluated. The sensory profile was determined by classical quantitative descriptive analysis. The results were submitted to Anova, Tukey test, Hierarchical Cluster Analysis (HCA), Principal Component Analysis (PCA), and Pearson correlation. The new clones have different chemical and sensory characteristics, which allow the selection of cultivars according to commercial purposes. Clone PRO 555/2 has chemical and sensory characteristics similar to CCP 76 (quality reference) and may be suitable for table consumption. The HAC 276/1 and SLC 12-20 clones have high astringency; and clones CAPI 17 and PRO 805/4 stand out for their high fibrosity, low softness, and juiciness. Therefore, these materials are most suitable for juice processing. <![CDATA[Porta-enxerto da videira ‘BRS Magna’ cultivada em região tropical afeta a qualidade do suco armazenado]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300410&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The ‘BRS Magna’ grapevine has the advantage of adapting to different regions of Brazil and producing juice of good quality. However, it is necessary to define the components of the cropping system, such as the rootstock, for each region. The aim of this study was to characterise the chemical composition and antioxidant capacity of grape juice collected from ‘BRS Magna’ grapevines grown on different rootstock under the tropical conditions of the Sub-middle São Francisco Valley. The grapes were harvested in the Experimental Area of Bebedouro/Embrapa Semiárido, in Petrolina, Pernambuco, Brazil. The treatments corresponded to the ‘IAC 766’, ‘IAC 572’, ‘IAC 313’, ‘Freedom’, ‘Paulsen 1103’, ‘Harmony’ and ‘SO4’ rootstock. The grape juice was prepared from two harvests for evaluation after storage. For each harvest, a randomised block design was used, with four replications. The quality of the juice varied with the treatment in each storage period. At nine months, the juice from the first harvest showed a loss of pigment and phenolic compounds, while the juice made with grapes from plants grafted onto ‘Harmony’ stood out for soluble solids content (SS), colour intensity (CI), anthocyanins, total polyphenol index (TPI) and antioxidant capacity. Juice from the second harvest was characterised at four months by higher levels of various compounds, especially the ‘SO4’ treatment for SS, CI, total extractable polyphenols, TPI and antioxidant capacity. Considering storage potential and the preparation process, the less-vigorous rootstock resulted in better quality juice.<hr/>RESUMO A videira ‘BRS Magna’ tem como vantagens a adaptação a diferentes regiões brasileiras e a elaboração de suco de qualidade. Entretanto, requer a definição de componentes do sistema de cultivo, como porta-enxerto, para cada região. O objetivo deste estudo foi caracterizar a composição química e o potencial antioxidante de sucos de uvas colhidas de videiras ‘BRS Magna’ cultivadas sobre diferentes porta-enxertos, nas condições tropicais do Submédio do Vale do São Francisco. As uvas foram colhidas no Campo Experimental de Bebedouro/Embrapa Semiárido, em Petrolina-PE, Brasil. Os tratamentos corresponderam aos porta-enxertos ‘IAC 766’, ‘IAC 572’, ‘IAC 313’, ‘Freedom’, ‘Paulsen 1103’, ‘Harmony’ e ‘SO4’. Foram elaborados os sucos de uvas de duas safras, para avaliação após o armazenamento. Para cada safra, adotou-se o delineamento experimental em blocos ao acaso, com quatro repetições. A qualidade dos sucos variou com os tratamentos, em cada duração do armazenamento. Aos nove meses, os sucos da primeira safra apresentaram perda de pigmentos e de compostos fenólicos, sendo que aquele elaborado com uvas de plantas enxertadas sobre ‘Harmony’ distinguiu-se pelos teores de sólidos solúveis (SS), intensidade de cor (IC), antocianinas, índice de polifenois totais (IPT) e capacidade antioxidante. Os sucos da segunda safra, aos quatro meses, caracterizaram-se por maiores teores de alguns compostos, destacando-se o tratamento ‘SO4’ pelos SS, IC, polifenóis extraíveis totais, IPT e capacidade antioxidante. Os porta-enxertos menos vigorosos conferiram melhor qualidade ao suco, desde que se considere o potencial de armazenamento e o processo de elaboração. <![CDATA[Bioacessibilidade de compostos bioativos e atividade antimicrobiana de extratos aquosos de <em>Physalis angulata</em> L.]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300411&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Plant diversity around the world, as well as the chemical variation, involves a large amount of bioactive substances. The use of plant extracts with biological properties appears as a viable and healthy alternative when compared to synthetic substances. In this context, the objective of this study was to evaluate the aqueous extracts of native and cultivated leaves of Physalis angulata L., as well as the influence of the extraction method on the bioaccessibility of bioactive compounds, antioxidant activity and antimicrobial activity. The extracts were obtained from the native and cultivated leaves of P. angulata using three different extraction methods: decoction, maceration and an ultrasound-assisted method. The analysis of variance showed significant differences between the extraction methods and the type of plant material. The extracts obtained by decoction showed the highest levels of phenolic compounds and higher antioxidant potential for both analytical methods (ABTS and DPPH), differing significantly from the other extraction methods. The bioaccessibility indices of the phenolic compounds obtained from the extracts were considered reduced after the simulated gastrointestinal digestion, and consequently, showed low antioxidant potential. The antimicrobial potential of the extracts was observed against the Gram-positive bacteria Staphylococcus aureus and Listeria monocytogenes.<hr/>RESUMO A diversidade de plantas em todo o mundo, bem como a variação química implica em uma grande quantidade de substâncias bioativas. O uso de extratos de plantas com propriedades biológicas surge como uma alternativa viável e saudável quando comparada a substâncias sintéticas. Neste contexto, objetivou-se esta pesquisa avaliar os extratos aquosos das folhas de Physalis angulata L., nativas e cultivadas, quanto a influência do método de extração na bioacessibilidade de compostos bioativos, atividade antioxidante e atividade antimicrobiana. Os extratos foram obtidos a partir das folhas nativas e cultivadas de P. angulata e três diferentes métodos extrativos, decocção, maceração e assistidos por ultrassom. A análise de variância mostrou diferenças significativas entre os métodos extrativos e o tipo de material vegetal. Os extratos obtidos por decocção apresentaram os maiores teores de compostos fenólicos e maior potencial antioxidante para ambos os métodos analíticos (ABTS e DPPH), diferindo significativamente dos demais métodos extrativos. Os índices de bioacessibilidade de compostos fenólicos dos extratos foram considerados reduzidos após a digestão gastrointestinal simulada, e consequentemente, apresentaram baixo potencial antioxidante. O potencial antimicrobiano dos extratos foi observado frente as bactérias Gram-positivas, Staphylococcus aureus e Listeria monocytogenes. <![CDATA[Adubação verde, <em>Trichoderma asperellum</em> e homeopatia no cultivo da pimenta biquinho]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300412&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The aim of this work was to study the effects of green manure, Trichoderma asperellum and homeopathy on the agronomic performance of the biquinho pepper (Capsicum chinense Jacq.). The design was of randomised blocks with four replications, in subdivided plots, with homeopathic remedies applied in the plots: 1) Arnica montana 6CH; 2) Pulsatilla nigricans 6CH; and 3) no homeopathic remedies; and seven treatments applied in the sub-plots: 1, 2 and 3) Crotalaria juncea ‘IAC-KR-1’ (sunn hemp P50 D25, P50 D50, and P0 D50); 4) Canavalia ensiformis (common jack-bean P0 D25); 5) Cajanus cajan ‘IAPAR 43 Aratã’ (pigeon-pea 00 D25); 6) Trichoderma asperellum; and 7) control (with no green manure or T. asperellum). The green manure was sown at a density of 25 kg ha-1 (D25) and 50 kg ha-1 (D50) when transplanting the biquinho pepper (P0) and 50 days prior to transplanting (P50). The stem height and diameter, relative chlorophyll index, normalised difference vegetation index (NDVI), and fruit production were evaluated in the biquinho pepper. The intercrop with sunn hemp, sown 50 days before transplanting at a density of 50 kg ha-1, increased the height of the pepper plant by 8%, added 0.47 kg ha-1 dry biomass to the system, and showed similar productivity to the control treatment. The pepper plants treated with Pulsatilla nigricans 6CH were taller and had a larger stem diameter, with an increase of 11% and 6% respectively. Homeopathy had no influence on productivity in the pepper. T. asperellum brought no benefits to the biquinho pepper.<hr/>RESUMO Objetivou-se com este trabalho estudar os efeitos da adubação verde, Trichoderma asperellum e da homeopatia no desempenho agronômico da pimenta biquinho (Capsicum chinense Jacq.). O delineamento foi em blocos casualizados com quatro repetições, em parcelas subdivididas, sendo na parcela aplicação dos medicamentos homeopáticos: 1) Arnica montana 6CH; 2) Pulsatilla nigricans 6CH; 3) e sem medicamento homeopático; e na sub-parcela 7 tratamentos: 1, 2 e 3) Crotalaria juncea ‘IAC-KR-1’ (crotalária-juncea P50 D25; P50 D50; e P0 D50), 4) Canavalia ensiformis cultivar comum (feijão-de-porco P0 D25), 5) Cajanus cajan ‘IAPAR 43 Aratã’ (guandu-anão P0 D25), 6) Trichoderma asperellum; e 7) controle (sem adubo verde e sem T. asperellum). A densidade de semeadura dos adubos verdes foi 25 kg ha-1 (D25) ou 50 kg ha-1 (D50), juntamente com o transplantio da pimenta biquinho (P0) ou 50 dias antes do transplantio (P50). Avaliaram-se a altura e diâmetro do caule das plantas de pimenta biquinho, o índice relativo de clorofila, o índice de vegetação por diferença normalizada (NDVI) e a produção de frutos. O consórcio com crotalária-juncea, semeada 50 dias antes do transplantio na densidade de 50 kg ha-1, aumentou em 8% a altura da pimenteira, adicionou 0,47 kg ha-1 de fitomassa seca ao sistema, e apresentou produtividade semelhante ao tratamento controle. As pimenteiras tratadas com Pulsatilla nigricans 6CH ficaram mais altas e apresentaram maior diâmetro de caule, com incremento de 11% e 6%, respectivamente. A homeopatia não influenciou na produtividade da pimenta. T. asperellum não trouxe benefícios à pimenta biquinho. <![CDATA[Aplicação exógena de bioestimulante em abobrinha submetida ao estresse salino]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300413&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT The physiological potential of seeds is one of the main factors that should be considered at the planting of a crop. This study aimed to evaluate the exogenous application of biostimulant in zucchini, cv. Caserta Italiana, under salt stress conditions. For this, the experiment was divided into two parts. The first one was carried out in the laboratory, using a completely randomized experimental design, in a 5 x 3 factorial scheme (biostimulant doses and seed soaking times), with four replicates of 25 seeds. The second one was carried out in a greenhouse, in a completely randomized experimental design, in a 2 x 6 factorial scheme with four replicates, corresponding to two levels of irrigation water salinity (0.5 and 5.0 dS m-1) and six forms of biostimulant application in seeds and leaves. Treatment of zucchini seeds, cv. Caserta Italiana, with biostimulant (Stimulate®) at the dose of 10 mL L-1, for 8 hours, proved to be viable and resulted in vigorous seedlings when irrigated with 5.0 dS m-1 saline water.<hr/>RESUMO O potencial fisiológico das sementes é um dos principais fatores que devem ser considerados no momento da implantação de uma cultura. Com isso, objetivou-se avaliar a aplicação exógena de bioestimulante em abobrinha, cv. Caserta Italiana, em condições de estresse salino. Para isso, o experimento foi dividido em duas partes, a primeira foi realizada em laboratório, utilizando o delineamento experimental inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5 x 3 (dosagens de bioestimulante e tempos de embebição das sementes), com quatro repetições de 25 sementes. A segunda parte, foi realizado em casa de vegetação, em delineamento experimental inteiramente casualizado, no esquema fatorial 2 x 6, com quatro repetições, sendo dois níveis de salinidade da água de irrigação (0,5 e 5,0 dS m-1) e seis formas de aplicação do bioestimulante via sementes e folhas. O tratamento de sementes de abobrinha, cv. Caserta Italiana, com bioestimulante (Stimulate®) na dosagem de 10 mL L-1, durante 8 horas, mostrou-se viável e resultou em mudas vigorosas quando irrigadas com água salina de 5,0 dS m-1. <![CDATA[Toxicidade aguda da amônia não ionizada sobre alevinos de tambacu (<em>Colossoma macropomum</em> x <em>Piaractus mesopotamicus</em>)]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300901&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Ammonia is a toxic compound to aquatic organisms and at high concentrations in water, it can cause various changes in the animal. Therefore, it becomes important to determine the tolerance of farmed aquatic animals for that substance. Thus, the aim of this study was to determine the mean lethal concentration (LC50-96 h) of un-ionized ammonia (NH3) in tambacu fingerlings (Colossoma macropomum x Piaractus mesopotamicus) in acute toxicity test. The fingerlings were exposed to ammonia at concentrations of: 0.09 (control); 0.54; 1.23; 2.52; 3.44 and 3.66 mg L-1 NH3, which were obtained from the application of NH4Cl. The test lasted 96 hours and mortalities were recorded over that period. The LC50 was determined by the Trimmed Spearman Karber statistical method. The LC50-96 h of non-ionized ammonia (NH3) for fingerlings of the tambacu hybrid was 1.63 mg L-1.<hr/>RESUMO A amônia é um composto tóxico para os organismos aquáticos e em elevadas concentrações na água pode causar diversas alterações no animal. Dessa forma, torna-se importante determinar o limite de tolerância dos animais aquáticos cultivados à essa substância. Sendo assim, o objetivo do trabalho foi determinar a concentração letal média (CL50-96 h) da amônia não ionizada (NH3) em alevinos de tambacu (Colossoma macropomum x Piaractus mesopotamicus), em teste de toxicidade aguda. Os alevinos foram expostos à amônia, nas concentrações de: 0,09 (controle); 0,54; 1,23; 2,52; 3,44 e 3,66 mg L-1 NH3, que foram obtidas a partir da aplicação de NH4Cl. O teste teve duração de 96 h e as mortalidades foram registradas ao longo desse período. A CL50 foi determinada pelo método estatístico Trimmed Spearman Karber. A CL50-96 h da amônia não ionizada (NH3) para alevinos do híbrido tambacu foi 1,63 mg L-1. <![CDATA[Efeito das condições climáticas e geográficas na ocorrência da resinose do cajueiro no nordeste brasileiro]]> http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-66902020000300902&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt ABSTRACT Cashew gummosis is one of the main diseases of the cashew in the semi-arid region of the northeast and is characterised by a decline in the plants and a reduction in stand. Lasiodiplodia theobromae, the causal agent, is an endophytic fungus that eventually takes on pathogenic characteristics; however, the environmental conditions that cause this change in behaviour are still unknown. It is assumed that stress in the host caused by environmental changes stimulate pathogenicity. The aim of this study was to define the relationship between climate and geographical factors and the occurrence of gummosis. Rainfall data, maximum and minimum temperature, thermal amplitude, and the altitude of 14 micro-regions in the northeast were compared and classified into five frequencies of disease occurrence: 0 (no occurrence), 1 (rare occurrence), 2 (frequent occurrence), 3 ( generalised occurrence) and 4 (generalised high-severity occurrence). The data were submitted to the Doornik-Hansen test for multivariate normality, and principal component analysis was carried out using the correlation matrix between the climate and geographical variables and occurrence of the disease. Areas of disease severity were correlated (Pearson’s correlation). Only thermal amplitude, altitude and latitude were associated with the different areas of gummosis occurrence. The districts of Buíque, in the state of Pernambuco, and São Raimundo Nonato, Canto do Buriti and Pio IX, in Piauí, with the highest incidence of the disease, had the highest values for thermal amplitude, altitude and latitude. Whereas the districts of Pacajus and Beberibe had a lower occurrence of gummosis, with lower values for thermal amplitude, altitude and latitude.<hr/>RESUMO A resinose é uma das principais doenças do cajueiro no semiárido nordestino e caracteriza-se pelo declínio das plantas e redução do estande. Lasiodiplodia theobromae, agente causal, é um fungo endofítico que, eventualmente, assume o caráter patogênico, entretanto, as condições de ambiente que provocam esta mudança de comportamento ainda são desconhecidas. Presume-se que estresses no hospedeiro provocados por mudanças ambientais estimulam a patogenicidade. Este trabalho teve como objetivo estabelecer relações entre fatores climáticos e geográficos com a ocorrência da resinose. Foram comparados os dados de precipitação pluviométrica, temperaturas máxima e mínima, amplitude térmica e altitude de 14 microrregiões nordestinas classificadas em cinco frequências de ocorrência da doença: 0 (sem ocorrência), 1 (ocorrência rara), 2 (ocorrência frequente) e 3 (ocorrência generalizada) 4 (ocorrência generaliza em alta severidade). Os dados foram submetidos à análise de normalidade multivariada pelo teste de Doornik e Hansen e a análise dos componentes principais foi realizada por meio da matriz de correlação das variáveis climáticas, geográficas e da ocorrência da doença. As áreas de severidade da doença foram correlacionadas (Correlação de Pearson). Somente, a amplitude térmica, altitude e latitude foram associadas às diferentes áreas de ocorrência da resinose. Os municípios Buíque, em Pernambuco, São Raimundo Nonato, Canto do Buriti e Pio IX, no Piauí, em que ocorre a maior incidência da doença apresentaram os maiores valores de amplitude térmica, altitude e latitude. Enquanto que, os municípios Pacajus e Beberibe tiverem menores ocorrências da resinose e apresentaram os menores valores de amplitude térmica, altitude e latitude.