SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 issue2AIctal electroencephalographic subclinical pattern in a case of benign partial epilepsy with centrotemporal spikes author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282XOn-line version ISSN 1678-4227

Abstract

TURCATO, Marlene de Fátima; FERNANDES, Regina Maria França; WICHERT-ANA, Lauro  and  FUNAYAMA, Carolina Araújo Rodrigues. Hiperamonemia secundária ao uso terapêutico de ácido valpróico: relato de caso. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2005, vol.63, n.2a, pp.364-366. ISSN 1678-4227.  https://doi.org/10.1590/S0004-282X2005000200034.

O ácido valpróico tem sido amplamente utilizado no tratamento da epilepsia, sendo usualmente bem tolerado, não obstante alguns efeitos colaterais que lhe são atribuídos. Um efeito ainda pouco conhecido é a hiperamonemia, independente da hepatotoxicidade da droga. A hiperamonemia se estabelece no início ou no decurso do tratamento, sendo caracterizada por vômitos, alteração progressiva da consciência, sinais neurológicos focais e aumento na freqüência das crises epilépticas. Descrevemos o caso de menino de seis anos de idade que desenvolveu hiperamonemia pelo uso terapêutico de ácido valpróico. Os exames descartaram aminoacidopatias, acidemias orgânicas e distúrbios do ciclo da uréia, sendo a hipótese de efeito secundário reiterada pela normalização da concentração sangüínea de amônia, após a retirada do medicamento. Os mecanismos da hiperamonemia são discutidos, concluindo-se que o monitoramento da amônia é importante nos pacientes que utilizam o ácido valpróico.

Keywords : hiperamonemia; encefalopatia; ácido valpróico; epilepsia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License