SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue116The process of regionalization of SUS and municipal autonomy in the use of financial resources: an analysis of the state of São Paulo (2009-2014) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Saúde em Debate

Print version ISSN 0103-1104On-line version ISSN 2358-2898

Abstract

MOROSINI, Márcia Valéria Guimarães Cardoso; FONSECA, Angélica Ferreira  and  LIMA, Luciana Dias de. Política Nacional de Atenção Básica 2017: retrocessos e riscos para o Sistema Único de Saúde. Saúde debate [online]. 2018, vol.42, n.116, pp.11-24. ISSN 2358-2898.  https://doi.org/10.1590/0103-1104201811601.

O artigo discute os significados e as implicações das mudanças introduzidas pela Política Nacional de Atenção Básica 2017, que promovem a relativização da cobertura universal, a segmentação do acesso, a recomposição das equipes, a reorganização do processo de trabalho e a fragilização da coordenação nacional da política. Argumenta-se que sua revisão indica sérios riscos para as conquistas obtidas com o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde no Brasil. Na conjuntura atual de fortalecimento da ideologia neoliberal, tais modificações reforçam a subtração de direitos e o processo de desconstrução do Sistema Único de Saúde em curso no País.

Keywords : Atenção Primária à Saúde; Saúde da família; Política pública; Política de saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )