SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue2Muscle function and quality of life in the Crohn’s diseaseFalls, muscle strength, and functional abilities in community-dwelling elderly women author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Fisioterapia em Movimento

On-line version ISSN 1980-5918

Abstract

CASSEMIRO, Bruna Montechieze et al. Efeitos do treinamento resistido funcional na força muscular e desconforto musculoesquelético. Fisioter. mov. [online]. 2017, vol.30, n.2, pp.347-356. ISSN 1980-5918.  http://dx.doi.org/10.1590/1980-5918.030.002.ao15.

Introdução:

O treinamento resistido funcional (TRF) está se tornando cada vez mais popular para melhorar a aptidão física dos praticantes, entretanto, ainda não está totalmente esclarecido sobre a eficácia do TRF em relação ao treinamento resistido convencional (TRC) em diversos âmbitos, como queixas de desconforto osteomuscular.

Objetivo:

Comparar o TRF e TRC nas queixas de desconforto osteomuscular e na magnitude de ganho de força muscular em mulheres saudáveis.

Métodos:

O estudo foi composto por 52 mulheres divididas em três grupos: TRF (n = 15; 22 ± 2.35 anos): treinamento resistido funcional, TRC (n = 14; 22.5 ± 1.78 anos): treinamento resistido convencional e GC (n = 13; 20.6 ± 1.10 anos): nenhum tipo de intervenção. O treinamento foi periodizado em 30 sessões durante 12 semanas com três sessões semanais. Para a variável força muscular utilizou-se o teste de 1RM e para as queixas osteomusculares, o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares (QNSO). Em relação a análise estatística, todos os resultados levaram em consideração o nível de 5% de significância.

Resultados:

Notou-se ganho considerável de força muscular para todos os exercícios em ambos os grupos de treinamento. Além disso, observou-se uma tendência no TRC a relatar um maior número de queixas osteomusculares, apresentando 27,3% mais queixas comparadas ao TRF no QNSO.

Conclusão:

O TRF foi tão eficaz quanto o TRC para melhorar a força muscular, e, ainda, houve uma tendência de que o TRF provoque menores quantidades de desconfortos osteomusculares.

Keywords : Treinamento de Resistência; Técnicas de Exercício e de Movimento; Dor Musculoesquelética; Força Muscular.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )