SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue4EMERGENCE RATE OF THE MEXICAN BEAN WEEVIL IN VARIETIES OF BEANS FROM THE SOUTHWESTERN AMAZONGROWTH DYNAMICS OF SESAME CULTIVARS author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Caatinga

Print version ISSN 0100-316XOn-line version ISSN 1983-2125

Abstract

NASCIMENTO, MARIA DA PENHA MARTINS DO; OLIVEIRA, CARLOS ROMERO FERREIRA DE; MATOS, CLÁUDIA HELENA CYSNEIROS  and  BADJI, CÉSAR AUGUSTE. EFEITO DO EXTRATO AQUOSO DE Prosopis juliflora NO CONTROLE DO ÁCARO Tetranychus bastosi EM PINHÃO-MANSO. Rev. Caatinga [online]. 2018, vol.31, n.4, pp.1054-1060. ISSN 1983-2125.  https://doi.org/10.1590/1983-21252018v31n429rc.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência, fitotoxicidade e efeito residual do extrato aquoso de folhas de Prosopis juliflora (Sw.) DC. (Fabaceae) para Tetranychus bastosi Tuttle, Baker & Sales (Acari: Tetranychidae) em Jatropha curcas L. (Euphorbiaceae). Para a avaliação da eficiência de controle plantas de pinhão-manso foram infestadas com 30 fêmeas adultas do ácaro e após 12 dias, foram pulverizadas com as concentrações letais (m/v) do extrato (CL50 = 53,45% ou CL90 = 85,35%) e com água destilada (testemunha), correspondendo aos tratamentos. Decorridas 24, 48, 72 e 96 e 120 horas após a aplicação do extrato, duas folhas do terço inferior, médio e superior das plantas foram amostradas e contabilizou-se os ácaros vivos por tratamento. A avaliação do efeito residual foi feita três, 24, 48, 96, 192 e 288 horas após a pulverização. Para avaliação do efeito fitotóxico do extrato foram atribuídas notas de acordo com a intensidade dos sintomas nas plantas. Constatou-se eficiência de controle por todo período avaliado, com média de 81,67% para a CL50 e 73,05% para CL90, sem diferença significativa entre os intervalos de avaliação. O extrato apresentou baixo efeito residual sobre T. bastosi, mas ao final de 12 dias a porcentagem média de redução da oviposição do ácaro foi de 49,21% e 68,86% para a CL50 e CL90, respectivamente. As plantas não apresentaram fitotoxicidade. O extrato de algarobeira apresenta potencial para o controle alternativo de T. bastosi em pinhão-manso em razão de sua eficiência sobre a mortalidade deste ácaro, redução da oviposição de fêmeas e ausência de efeito fitotóxico nas plantas.

Keywords : Acaricida natural; Efeito residual; Tetranychidae; Algaroba; Fitotoxicidade; Jatropha curcas..

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )