SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.86 issue4Copepod distribution and production in a Mid-Atlantic Ridge archipelagoA two-plasmid strategy for engineering a dengue virus type 3 infectious clone from primary Brazilian isolate author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Anais da Academia Brasileira de Ciências

Print version ISSN 0001-3765

Abstract

SIEGLOCH, ANA EMILIA; SURIANO, MARCIA; SPIES, MARCIA  and  FONSECA-GESSNER, ALAÍDE. Effect of land use on mayfly assemblages structure in Neotropical headwater streams. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2014, vol.86, n.4, pp.1735-1747.  Epub Oct 14, 2014. ISSN 0001-3765.  https://doi.org/10.1590/0001-3765201420130516.

O objetivo deste estudo foi testar o efeito do uso do solo para agricultura e silvicultura na estrutura das comunidades de Ephemeroptera em riachos de baixa ordem. Vinte e nove riachos foram investigados no estado de São Paulo. Nós analisamos 15 riachos em áreas pristinas (floresta ombrófila mista, semidecídua e floresta ombrófila densa) e 14 riachos com cana-de-açúcar, eucalipto e pastagem. A riqueza de Ephemeroptera obtida pelas curvas de rarefação foi maior nos riachos pristinos (21 gêneros), especialmente na floresta ombrófila mista e semidecídua quando comparada com os de uso do solo, particularmente menor na plantação de cana-de-açúcar (3 gêneros). A ordenação do escalonamento multidimensional não-métrico (NMDS) mostrou clara diferença nas comunidades de Ephemeroptera entre áreas de uso do solo e pristinas, suportada pela análise de similaridade (R=0.67, p=0.001). Na análise de redundância parcial (pRDA), os descritores ambientais que melhor explicaram as diferenças na estrutura da comunidade foram os valores do protocoloRiparian, Channel and Environmental Inventory (RCE), porcentagem de sedimento fino no substrato, pH e altitude. Nossos resultados mostraram que o uso do solo para agricultura e silvicultura tem um forte efeito negativo na estrutura das comunidades de Ephemeroptera. Estes resultados confirmam o uso de Ephemeroptera como indicadores ambientais, uma vez que alguns gêneros foram sensíveis às mudanças no uso do solo, enquanto outros responderam as alterações que ocorrem naturalmente na área de estudo.

Keywords : Mata Atlântica; integridade ambiental; Ephemeroptera; riqueza; insetos aquáticos.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )