SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.87 issue4Dialogues between social and natural sciences: contribution to the debate on socio-environmental conflicts author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Anais da Academia Brasileira de Ciências

Print version ISSN 0001-3765On-line version ISSN 1678-2690

Abstract

OKUMURA, Mercedes  and  ARAUJO, Astolfo G.M.. Contributions to the Dart versus Arrow Debate: New Data from Holocene Projectile Points from Southeastern and Southern Brazil. An. Acad. Bras. Ciênc. [online]. 2015, vol.87, n.4, pp.2349-2373.  Epub Dec 04, 2015. ISSN 1678-2690.  https://doi.org/10.1590/0001-3765201520140625.

Pontas bifaciais líticas são muito comuns nas regiões sul e sudeste do território brasileiro. Essas pontas, datadas desde o começo do Holoceno até o fim desse período, não têm sido estudadas em termos de seus sistemas de propulsão. Dadas as características do arco e flecha e comparando-as com dardo e propulsor, verifica-se que há diferenças importantes no tamanho e na massa de pontas de flecha e pontas de dardo. Aplicando-se as técnicas propostas por Shott (1997), Bradbury (1997), Fenenga (1953), Hughes (1998) e Hildebrandt e King (2012) a espécimes escavados em oito sítios datados do início até o fim do Holoceno, este trabalho tem como objetivo apresentar resultados preliminares para uma melhor compreensão da presença potencial de dardos e flechas nas regiões sul e sudeste do Brasil. Houve uma variação nos resultados de acordo com a aplicação de diferentes técnicas. Pelo menos um conjunto de pontas, datado do início do Holoceno, apresentou uma proporção relativamente alta de espécimes classificados como flechas, indicando a presença de pontas que poderiam ser usadas como flechas.

Keywords : arqueologia; flecha; propulsor; arco; dardo; Tradição Umbu.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )