SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.67 número2Satisfação do paciente com degeneração macular relacionada à idade após terapia térmica transpupilarAnálise da aferição dos tonômetros de aplanação de Goldmann em serviços oftalmológicos de Recife índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Arquivos Brasileiros de Oftalmologia

versão impressa ISSN 0004-2749versão On-line ISSN 1678-2925

Resumo

ARAGAKI, Wagner Koji; SCARPI, Marinho Jorge  e  LINZMAYER, Eduardo. Metodologia para implantação de programa de manutenção de um aparelho de facoemulsificação. Arq. Bras. Oftalmol. [online]. 2004, vol.67, n.2, pp.259-265. ISSN 1678-2925.  https://doi.org/10.1590/S0004-27492004000200014.

OBJETIVOS: Introduzir metodologia para Implantação de um programa de manutenção preventiva pleno, para os usuários do aparelho de facoemulsificação. MÉTODOS: Para implantação de um programa de manutenção de aparelho de facoemulsificação foi adotado como modelo de equipamento o Legacy 20000™ (Alcon). Foi utilizado o manual de operações como busca preliminar, a fim de se quantificar a probalidade de falha ou quebra do equipamento. Verificaram-se as condições de manutenção do Legacy 20000™ em alguns hospitais de São Paulo por meio de visita aos engenheiros clínicos destas instituições e o levantamento das requisições de serviço de manutenção. Pesquisou-se a opinião dos cirurgiões do Setor de Catarata da Universidade Federal de São Paulo a respeito do funcionamento do aparelho, para se detectar as principais falhas ou defeitos do Legacy 20000™, sob o ponto de vista do usuário. Após os resultados da pesquisa nos hospitais e com os cirurgiões, foi sugerido um Manual de Manutenção preventiva para o Legacy 20000™ utilizando-se as ferramentas da manutenção preventiva. RESULTADOS: A análise referente as "mensagens de erro" do manual de operações demonstrou que a maioria dos potenciais problemas e ações corretivas a serem realizadas são por problemas de conexão ou fixação dos terminais. Foi no Hospital São Paulo, onde havia um aparelho comprado e onde a sua utilização foi maior, que se verificaram os principais defeitos do Legacy 20000™ relacionados principalmente a quebra da caneta de ultra-som, quebra dos componentes eletrônicos e mecânicos, falhas no "setup", problemas de calibração, vácuo e aspiração. A pesquisa com os cirurgiões de catarata da Universidade Federal de São Paulo demonstrou falta de conhecimento técnico devido ao desconhecimento do manual de operações e ausência de treinamento formal com relação aos recursos do aparelho. CONCLUSÕES: Não existe programa de manutenção pleno e preditivo desenvolvido para o Legacy 20000™ nos hospitais pesquisados, somente manutenção corretiva. Os itens do manual de manutenção preventiva sugerido para o Legacy 20000™ foram elaborados a partir dos resultados da pesquisa utilizando as ferramentas da manutenção preventiva.

Palavras-chave : Facoemulsificação; Instrumentos cirúrgicos; Extração de catarata [instrumentação]; Segurança de equipamentos; Análise de falha de equipamentos; Fatores de tempo.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons