SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue2Scintigraphic study of gastric emptying and intragastric distribution of a solid meal: gender differencesAcute appendicitis: model experimental in rabbits author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Gastroenterologia

Print version ISSN 0004-2803On-line version ISSN 1678-4219

Abstract

TINCANI, Alfio José et al. A importância da endoscopia digestiva alta com solução de lugol no diagnóstico de câncer superficial e displasia em esôfago de doentes com neoplasias de cabeça e pescoço. Arq. Gastroenterol. [online]. 2000, vol.37, n.2, pp.107-113. ISSN 1678-4219.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032000000200007.

Os tumores localizados em região de cabeça e pescoço apresentam alta incidência em nosso meio, principalmente se associados com fatores etiológicos ligados aos hábitos de etilismo e tabagismo. Estes mesmos hábitos relacionam-se também com a incidência de câncer em esôfago. Assim sendo, é de se esperar que estes pacientes venham a apresentar outra neoplasia primária neste último órgão. Foi realizado estudo prospectivo com 60 pacientes portadores de câncer em mucosa da região de cabeça e pescoço na Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e no Serviço de Endoscopia Digestiva do Gastrocentro - UNICAMP, com o objetivo de diagnosticar neoplasias malignas superficiais no esôfago, caracterizadas como segundo tumor primário, e displasias. A endoscopia digestiva alta foi indicada utilizando-se a solução de lugol a 2%, para coloração do epitélio esofagiano, evidenciando-se em 33 pacientes (55%), 42 áreas iodo-claras (suspeitas de neoplasias), que foram submetidas a biopsias para estudo anatomopatológico. Foram diagnosticados cinco carcinomas superficiais de esôfago (8,3%), sendo que três deles eram intra-epiteliais ¾ in situ (5,0%) e cinco áreas de displasia (8,3%). Concluiu-se que o método de coloração da mucosa esofagiana com a solução de lugol a 2%, através da endoscopia digestiva alta, apresenta alta sensibilidade e baixa especificidade para o diagnóstico de um segundo tumor primário e de displasia, em pacientes portadores de carcinoma em mucosa de região de cabeça e pescoço.

Keywords : Neoplasias esofágicas; Endoscopia do sistema digestivo; Neoplasias de cabeça e pescoço; Coloração; Iodetos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License