SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue4Evaluation of the immunoexpression of COX-1, COX-2 and p53 in Crohn's diseasep53, p16 E COX-2 expression in esophageal squamous cell carcinoma and histopathological association author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivos de Gastroenterologia

Print version ISSN 0004-2803On-line version ISSN 1678-4219

Abstract

PFEIFER, Gustavo Kuhn; CORLETA, Oly  and  GUS, Pedro. Avaliação do desempenho da colonografia tomográfica computadorizada (colonoscopia virtual) no diagnóstico de pólipos colorretais. Arq. Gastroenterol. [online]. 2008, vol.45, n.4, pp.301-307. ISSN 1678-4219.  https://doi.org/10.1590/S0004-28032008000400008.

RACIONAL: A colonografia tomográfica computadorizada tem sido proposta como teste substituto da colonoscopia para o diagnóstico de pólipos colorretais em programas de rastreamento de câncer de intestino grosso. OBJETIVO: Avaliar o desempenho da colonografia tomográfica computadorizada na detecção de pólipos colorretais, considerando a colonoscopia como padrão-ouro. MÉTODOS: Foram estudados 20 pacientes com alto risco para neoplasia colorretal (14 homens e 6 mulheres com idades médias de 55 e 59 anos, respectivamente). A colonografia tomográfica computadorizada foi realizada até 3 horas antes da colonoscopia. Um cateter com balão foi introduzido no reto com insuflação dos cólons e do reto com ar ambiente até que fosse obtida distensão satisfatória dos mesmos. Para otimizar a distensão colônica, minimizar artefatos decorrentes da peristalse e diminuir o espasmo, foram administrados 20 mg de hioscina intravenosa imediatamente antes do exame radiológico. RESULTADOS: A imagem radiológica do cólon foi considerada de qualidade satisfatória em todos os casos. A colonoscopia detectou o total de 85 pólipos em 19 dos 20 pacientes (95%). Todos os pólipos observados foram removidos e encaminhados para exame anatomopatológico. A colonografia tomográfica computadorizada identificou 8 dos 10 pólipos com diâmetros > 10 mm (80%), 2 dos 19 com diâmetro entre 5 e 9 mm (18,2%), e apenas 1 dos 53 <5 mm (9,1%). Dos 43 pólipos adenomatosos, 17 eram > 5 mm. Destes, 8 (47%) foram corretamente identificados pela colonografia tomográfica computadorizada. Nenhuma das neoplasias com diâmetros <5mm foi observada no exame radiológico. Dezenove dos 20 pacientes (95%) submetidos a ambos os testes prefeririam submeter-se a nova colonoscopia, ao invés de uma colonografia tomográfica computadorizada, na eventualidade hipotética de ser necessário repetir um dos dois testes. CONCLUSÃO: Para pacientes com risco aumentado para pólipos colorretais, a colonografia tomográfica computadorizada é um teste de baixa sensibilidade e alta especificidade para detecção dessas lesões. Estes achados sugerem que este exame tem valor limitado no rastreamento de lesões neoplásicas do cólon.

Keywords : Pólipos do colo [diagnóstico]; Colonografia tomográfica computadorizada.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License