SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.73 issue4Minimum Initial Application and Price Discrimination in the Fund MarketO Investimento na Indústria Antes de 1930: Uma Análise Empírica Com Registros de Empresas da Junta Comercial do Estado de São Paulo, 1911-1920 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Economia

Print version ISSN 0034-7140On-line version ISSN 1806-9134

Abstract

CAVALCANTI, Marco A. F. H; VEREDA, Luciano; ZANDERER, Rafael  and  RABELO, Matheus. Impactos Macroeconômicos do Choque Fiscal de 2015: A Regularização de Despesas Públicas Não Contabilizadas. Rev. Bras. Econ. [online]. 2019, vol.73, n.4, pp.489-527.  Epub Jan 27, 2020. ISSN 1806-9134.  http://dx.doi.org/10.5935/0034-7140.20190023.

O trabalho analisa os impactos macroeconômicos da explicitação e regularização, ao longo de 2015, de despesas públicas não contabilizadas no passado, a partir de um modelo DSGE com setor público detalhado e calibrado para o Brasil. A gradual explicitação da existência e magnitude desses passivos fiscais configurou uma série de “choques informacionais” para os agentes privados. Resultados de simulação indicam que esses choques - e o ajuste fiscal implementado para contrabalançá-los - geraram efeitos macroeconômicos relevantes, com queda do produto e aumento da inflação, e que a protelação do ajuste - ou a adoção de um ajuste mais “brando” no curto prazo - teriam prejudicado ainda mais o desempenho econômico.

Keywords : Modelos DSGE; política fiscal; transparência fiscal; contabilidade criativa.

        · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )