SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 número2AIDS e a escola: proposta interdisciplinar e institucional de prevençãoEnfermeira interagindo terapeuticamente com paciente idosa em depressão crônica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Enfermagem

versão impressa ISSN 0034-7167

Resumo

ORNELLAS, Cleuza Panisset. Os hospitais: lugar de doentes e de outros personagens menos referenciados. Rev. bras. enferm. [online]. 1998, vol.51, n.2, pp.253-262. ISSN 0034-7167.  https://doi.org/10.1590/S0034-71671998000200007.

Os hospitais foram, desde sua origem, um lugar de recolhimento e abrigo de doentes. A igreja, na Idade Média, fundou hospitais nos mosteiros, onde os doentes recebiam cuidados e assistência, antes religiosa que terapêutica. Ao final da Idade Média, os hospitais tornaram-se um lugar de exclusão, para onde foram encaminhados os loucos, os leprosos e os mendigos, juntamente com os doentes. Com o surgimento da clínica, o hospital tornou-se o espaço privilegiado onde os doentes puderam ser observados e a arte de cuidar consolidou-se. A apreensão das práticas de cuidar pelo modo de produção capitalista muda o caráter acolhedor do hospital, que passa a ser um instrumento de trabalho, espaço produtivo não só de tratamentos mas, principalmente, de valores.

Palavras-chave : Hospitais; Modo de produção; Prática médica; Arte de cuidar.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons