SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.78 issue2Retinopathy of prematurity: analysis of a damage reduction attemptResults of Scharioth macular lens implant in patients with age-related macular degeneration author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Oftalmologia

Print version ISSN 0034-7280On-line version ISSN 1982-8551

Abstract

LIBORIO, João Lucas de Oliveira Pegurin et al. Correlação entre parâmetros cardiovasculares e alterações glaucomatosas do nervo óptico em portadores de insuficiência cardíaca congestiva. Rev. bras.oftalmol. [online]. 2019, vol.78, n.2, pp.122-126.  Epub May 13, 2019. ISSN 1982-8551.  http://dx.doi.org/10.5935/0034-7280.20180109.

Objetivos:

Correlacionar parâmetros oftalmoscópicos e cardiovasculares em pacientes com diagnóstico de insuficiência cardíaca com fração de ejeção reduzida (ICFER) e avaliar a associação entre ICFER e alterações do nervo óptico sugestivas de glaucoma.

Métodos:

Estudo descritivo, observacional, prospectivo, composto por amostra 30 pacientes com diagnóstico de ICFER. Os pacientes foram submetidos ao exame oftalmológico, que incluiu biomicroscopia, avaliação da acuidade visual, aferição da PIO (pressão intraocular), gonioscopia e medida de ECC (espessura central corneana). A avaliação de parâmetros cardiovasculares, como PAM (pressão arterial média), FEVE (fração de ejeção do ventrículo esquerdo), comorbidades e tempo de diagnóstico de IC foi realizada a partir de revisão de prontuário médico. Arbitrariamente foi escolhido o olho esquerdo para análise estatística dos dados. A correlação estatística foi realizada através do teste de Spearman, e a comparação através do teste U de Mann-Whitney.

Resultados:

Observou-se uma alta prevalência de atrofia peripapilar (73,3%), além de uma correlação positiva, moderada e estatisticamente significativa entre FEVE e PPO (pressão de perfusão ocular) (r = 0,517; p = 0,004). Apesar da ausência de significância das comparações pelo Teste U de Mann-Whitney, evidenciou-se uma maior prevalência de atrofia peripapilar nos pacientes que apresentavam uma menor PAM, menor FEVE e menor PPO.

Conclusão:

A ICFER pode ser um fator de risco para o desenvolvimento de alterações glaucomatosas no disco do nervo óptico. A atrofia peripapilar e a baixa pressão de perfusão ocular resultantes do déficit contrátil cardíaco podem estar relacionadas com a teoria vascular do desenvolvimento do glaucoma de pressão.

Keywords : Glaucoma de ângulo aberto; Insuficiência cardíaca; Nervo óptico; Pressão intraocular; Doenças do nervo óptico.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )