SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.63 número3Avaliação de um programa interlaboratorial de controle de qualidade de resultados de análise de soloAcúmulo de carbono e dióxido de carbono pelo capim-marandu sob adubação nitrogenada e irrigação índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Ceres

versão impressa ISSN 0034-737Xversão On-line ISSN 2177-3491

Resumo

SCHWERZ, Felipe et al. Avaliação do efeito de doses e fontes de nitrogênio sobre variáveis morfológicas, interceptação de radiação e produtividade do girassol. Rev. Ceres [online]. 2016, vol.63, n.3, pp.380-386. ISSN 2177-3491.  https://doi.org/10.1590/0034-737X201663030015.

Objetivou-se, com este trabalho, avaliar o efeito de doses e de fontes de nitrogênio sobre as variáveis morfológicas relacionadas com a produtividade de dois cultivares de girassol. O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial 5 x 2 x 2, com cinco doses de adubação nitrogenada (0, 40, 80, 120 e 160 kg ha-1), duas fontes de nitrogênio (N), fertilizante convencional (ureia), com 44% de N e fertilizante nitrogenado de liberação lenta, com 26% de N, e dois cultivares de girassol (Olisun 3 e Aguará 6), com três repetições. Avaliaram-se altura de plantas, índice de área foliar, interceptação de radiação global, massa de mil aquênios, diâmetro do capítulo, produtividade de aquênios e estimou-se o teor de clorofila. Doses crescentes de N promovem aumento do índice de área foliar e de interceptação da radiação global, do florescimento pleno e da produtividade do girassol, de forma diferenciada entre cultivares. O fertilizante nitrogenado de liberação lenta possibilita índice de área foliar, no início de enchimento de aquênios, maior que o obtido por uso de ureia, a partir da dose de 120 kg ha-1 de N. O cultivar Olisun 3 apresenta maior índice de área foliar no florescimento pleno e maior produtividade, a partir das doses de 80 e de 120 kg ha-1 de N, respectivamente.

Palavras-chave : área fo liar; taxa fotossintética; Helianthus annuus L.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )