SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número2Utilização de antimicrobianos em uma população urbanaSaúde sexual e reprodutiva em penitenciária feminina, Espírito Santo, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0034-8910versão On-line ISSN 1518-8787

Resumo

FRAZAO, Paulo; NARVAI, Paulo Capel; LATORRE, Maria do Rosário Dias de Oliveira  e  CASTELLANOS, Roberto Augusto. Má oclusão severa é mais freqüente na dentição permanente do que na decídua?. Rev. Saúde Pública [online]. 2004, vol.38, n.2, pp.247-254. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102004000200014.

OBJETIVO: Analisar a prevalência e severidade de problemas oclusais em populações em idades relacionadas à dentição decídua e permanente, e efetuar uma meta-análise para estimar odds ratio ponderada para problemas oclusais comparando os dois grupos. MÉTODOS: Foram analisados os dados de uma amostra probabilística (n=985) de escolares de cinco e de 12 anos de idade obtidos de um estudo epidemiológico transversal realizado no Município de São Paulo, Brasil, usando regressão logística múltipla. Mediante meta-análise, foram examinados os resultados de estudos transversais publicados nos últimos 70 anos. RESULTADOS: A prevalência dos problemas oclusais aumentaram de 49,0% (IC 95% =47,4-50,6) na dentição decídua para 71,3% (IC 95% =70,3-72,3) na dentição permanente (p<0,001). O tipo de dentição foi a única variável estatisticamente associada à presença de má oclusão moderada/severa (OR=1,87; IC 95% =1,43-2,45; p<0,001). Sexo, tipo de escola e etnia não foram estatisticamente associados. A meta-análise mostrou que o odds ratio ponderado foi 1,95 na comparação da dentição permanente com a dentição decídua/mista. CONCLUSÕES: No planejamento de ações e serviços odontológicos, algumas atividades são indicadas com a finalidade de reduzir a proporção de má oclusão moderada/severa para níveis mais aceitáveis socialmente e sustentáveis economicamente.

Palavras-chave : Maloclusão [epidemiologia]; Dentição primária; Dentição permanente; Prevalência; Meta-análise; Estudos transversais; Serviços de saúde bucal.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons