SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50Fatores associados ao uso de anti-hipertensivos em idososEffects of neighborhood socioeconomic status on blood pressure in older adults índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0034-8910versão On-line ISSN 1518-8787

Resumo

IMADA, Katiuscia Shirota; ARAUJO, Thiago Santos de; MUNIZ, Pascoal Torres  e  PADUA, Valter Lúcio de. Fatores socioeconômicos, higiênicos e de saneamento na redução de diarreia na Amazônia. Rev. Saúde Pública [online]. 2016, vol.50, 77.  Epub 22-Dez-2016. ISSN 1518-8787.  https://doi.org/10.1590/s1518-8787.2016050006505.

OBJETIVO

Analisar as contribuições das melhorias socioeconômicas, higiênicas e de saneamento na redução da prevalência de diarreia em uma cidade na Amazônia.

MÉTODOS

Neste estudo transversal de base populacional, foram analisados dados dos inquéritos realizados no município de Jordão, Acre. Em 2005 e 2012, foram avaliadas, respectivamente, 466 e 826 crianças menores de cinco anos. Foram aplicados questionários sobre as condições socioeconômicas, construção dos domicílios, hábitos higiênicos e alimentares e saneamento ambiental. Foi aplicado o teste Qui-quadrado de Pearson e a Regressão de Poisson para verificar a relação existente entre procedência da água, tipo de construção do domicílio, idade de introdução de leite de vaca na dieta e local de nascimento e a prevalência de diarreia.

RESULTADOS

A prevalência de diarreia foi reduzida de 45,1% para 35,4%. Foi identificada maior probabilidade de desenvolvimento de diarreia em crianças que não utilizaram água da rede pública, as que receberam leite de vaca no primeiro mês após o nascimento e as residentes em domicílios de paxiúba. As crianças que nasceram no domicílio apresentaram menor risco de diarreia quando comparadas às que nasceram em hospital, com essa diferença se invertendo para o inquérito de 2012.

CONCLUSÕES

Ocorreu melhora nas condições de saneamento com aumento no número de banheiro com vasos sanitários, implantação do Programa de Saúde da Família e tratamento de água na sede do município. O modelo de regressão multivariada identificou associação estatisticamente significativa entre utilização de água da rede pública, construção da moradia, introdução tardia de leite de vaca e acesso a serviço de saúde com ocorrência de diarreia.

Palavras-chave : Pré-Escolar; Diarreia, epidemiologia; Saneamento Básico; Abastecimento de água; Esgotos Domésticos; Desenvolvimento da Comunidade; Fatores Socioeconômicos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )