SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número5Evaluation of the allergenicity of spore and mycelia extracts of Pisolithus tinctoriusHistoplasmin reaction. Comparison of a polysaccharide antigen to the filtrate antigen índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

versão On-line ISSN 1678-9946

Resumo

NUNES, Cáris Maroni et al. Cross-Reactions between Toxocara canis and Ascaris suum in the diagnosis of visceral larva migrans by western blotting technique. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1997, vol.39, n.5, pp.253-256. ISSN 1678-9946.  https://doi.org/10.1590/S0036-46651997000500002.

A Larva Migrans Visceral (LMV), uma zoonose emergente, é uma síndrome clínica decorrente da infecção humana por larvas de Toxocara spp, parasita intestinal de cães e gatos. A dificuldade de detecção das larvas nos tecidos e a inespecificidade dos sinais clínicos tornam os testes sorológicos os meios diagnósticos mais adequados. Os antígenos excretores-secretores de T. canis (TES) empregados no teste ELISA embora tenham contribuído para melhorar a especificidade deste, apresentam reações cruzadas com diversos parasitas, particularmente com Ascaris sp. No Brasil o diagnóstico é rotineiramente feito após a absorção das amostras de soro com antígenos de A. suum, nematóide antigenicamente relacionado a A. lumbricoides o qual é comumente observado em crianças. O presente trabalho objetivou evidenciar frações protéicas que apresentam reações cruzadas com antígenos de Ascaris suum através do western blotting. Soro de indivíduos sadios bem como soro de pacientes com suspeita clínica de LMV, além de uma amostra de soro controle positiva foram utilizadas na avaliação. Observou-se padrão de reatividade composto por frações de 210-200 kDa, 116-97 kDa, 55-50 kDa e 35-29 kDa. Observou-se também reatividade dos soros à pelo menos uma proteína de 55-66 kDa responsável pela reatividade cruzada observada entre T. canis e A. suum

Palavras-chave : Toxocara canis antigens; Immunodiagnosis; Visceral larva migrans; Ascaris suum; Western blotting.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons