SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue2IDENTIFICATION OF Leishmania infantum IN PUERTO IGUAZÚ, MISIONES, ARGENTINANEW WILDLIFE HOSTS OF Leptospira interrogans IN CAMPECHE, MEXICO author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

ONUMA, Selma Samiko Miyazaki et al. Detecção de anticorpos para Leptospira spp. e Brucella abortus em onças-pintadas (Panthera onca) de vida livre em duas áreas protegidas no Pantanal Norte, Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2015, vol.57, n.2, pp.177-180. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652015000200014.

Este estudo teve como objetivo avaliar a exposição de onças-pintadas de vida livre (Panthera onca) para Leptospira spp. e Brucella abortus em duas unidades de conservação no Pantanal de Mato Grosso, Brasil. A presença de anticorpos em amostras de sangue de onze onças foi investigada utilizando antígenos autóctones isoladas no Brasil adicionais a coleção de antígenos de referência aplicada usualmente ao diagnóstico da leptospirose pelo teste de soroaglutinação microscópica (MAT). Para os anticorpos de B. abortus, foi utilizado o teste de Rosa Bengala. Duas onças-pintadas (18,2%) foram reagentes para Leptospira spp. e o sorotipo considerado como o mais provável pela infecção em ambos os animais foi um isolado brasileiro do sorovar Canicola (L01). Todas as onças-pintadas foram soronegativas para B. abortus. Estes dados indicam que a inclusão de antígenos autóctones em estudos sorológicos pode aumentar significativamente o número de animais reativos, assim como modificar a caracterização do sorotipo mais prevalente.

Keywords : Zoonotic diseases; Leptospira spp.; B. abortus; Serology; Panthera onca.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )