SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue2Investigation of pathogenic bacteria in pasteurized type C milk sold in Recife City, Pernambuco, BrazilUse of a condom in sex relations by HIV carriers author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682On-line version ISSN 1678-9849

Abstract

HOMEM, Valéria Stacchini Ferreira et al. Estudo epidemiológico da leptospirose bovina e humana na Amazônia oriental brasileira. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2001, vol.34, n.2, pp.173-180. ISSN 1678-9849.  https://doi.org/10.1590/S0037-86822001000200004.

Realizou-se o estudo da soroprevalência da leptospirose em bovinos e humanos especificamente em propriedades familiares na região de fronteira agrícola da rodovia Transamazônica, na Amazônia Oriental. A prevalência da leptospirose bovina foi 97% [90,9 - 99,5%] de propriedades com pelo menos um animal positivo na soroaglutinação microscópica para o diagnóstico da leptospirose. Em 61,2% dos rebanhos o sorotipo hardjo foi apontado como o mais provável, em 9% deles o sorotipo bratislava e em 4,5% o shermani. A prevalência sorológica da leptospirose humana foi 32,8% [23,4 - 43,5%] de núcleos familiares com pelo menos um indivíduo positivo na soroaglutinação microscópica para o diagnóstico da leptospirose. Em 9% dos núcleos familiares o sorotipo bratislava foi apontado como o mais provável, em 6% deles o sorotipo hardjo e em 4,5% o grippotyphosa. Foi discutido o impacto desses achados sobre a produção animal e saúde pública na região e feitas sugestões para minorar o problema.

Keywords : Bovino; Humano; Leptospirose; Rodovia Transamazônica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License