SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue5Sporothrix schenckii associated with armadillo hunting in Southern Brazil: epidemiological and antifungal susceptibility profilesImmunohistochemical expression of oestrogen and progesterone receptors during experimental acute and chronic murine Schistosomiasis mansoni author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

FREDRICH, Andréa Longoni et al. Fração de alta massa molecular em isolados clínicos de Paracoccidioides brasiliensis. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2010, vol.43, n.5, pp.526-530. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822010000500011.

INTRODUÇÃO: Diferentes níveis sorológicos de IgG/IgE contra a fração de alta massa molecular (hMM) (~366kDa) de Paracoccidioides brasiliensis têm sido encontrados na PCM aguda e crônica. Considerando a inexistência de investigação sobre esta fração em isolados clínicos de P. brasiliensis, o objetivo deste estudo foi investigar a presença da fração hMM (~366kDa) no preparado livre de células (CFA) de P. brasiliensis obtidos de isolados clínicos. MÉTODOS: CFA de 10 isolados e de cepa de referência (Pb18) foram submetidas à eletroforese em gel de SDS-poliacrilamida (SDS-PAGE) seguida de captura de imagem e análise por densitometria. Adicionalmente, CFA de 20 isolados e de Pb18 foram analisados por ELISA captura (cELISA) utilizando anticorpos policlonal (polAb) ou monoclonal (mAb) para fração hMM. RESULTADOS: A presença do componente de hMM foi observada em todas as amostras analisadas por SDS-PAGE/densitometria e por cELISA. Adicionalmente, o teste de correlação de Pearson demonstrou forte relação entre os níveis de fração hMM usando pAb e mAb (R = 0.853) no cELISA. CONCLUSÕES: Conclui-se que a fração hMM está presente em todos os isolados clínicos de P. brasiliensis analisados e no isolado referencial, sugerindo a possibilidade dos mesmos serem utilizados como fonte desta fração antigênica. Este trabalho também introduz pela primeira vez o método de cELISA para detecção da fração hMM de P. brasiliensis, sugerindo que detecção utilizando anticorpos polAb ou mAb é viável e essa metodologia poderá ser útil para investigação futura desta fração solúvel (~366kDa) em soros de pacientes com PCM.

Keywords : Paracoccidioidomicose; Antígeno solúvel; ELISA de captura; Anticorpos monoclonais; IgG.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License