SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.66 número3Validação do Questionário de Estigma Sexual na Doença Mental (MISS-Q) em uma amostra de adultos brasileiros em atendimento psiquiátrico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Brasileiro de Psiquiatria

versão impressa ISSN 0047-2085versão On-line ISSN 1982-0208

Resumo

CARNEIRO, Adriana Munhoz; CAVALCANTI, André; CARVALHO, Lucas de Francisco  e  MORENO, Ricardo Alberto. Preditor de resposta ao tratamento e discriminação de pacientes com depressão maior e transtorno bipolar pela Escala Hamilton de Depressão. J. bras. psiquiatr. [online]. 2017, vol.66, n.3, pp.125-130. ISSN 1982-0208.  https://doi.org/10.1590/0047-2085000000161.

Objetivo

O presente estudo tem por objetivo investigar a habilidade diagnóstica da HAMD 17 comparada a versões breves de 7 e 6 itens.

Métodos

Foram selecionados 133 participantes recrutados de um ensaio clínico (60,2% com Depressão Maior e 39,8% com Transtorno Bipolar tipo I).

Resultados

A versão de 17 itens da HAMD mostrou resultados similares quando comparada às versões breves. Ademais, quase todos os pacientes diagnosticados com Depressão Maior apresentaram maiores pontuações, contudo, essa diferença não foi estatisticamente significativa.

Conclusão

Este estudo demonstra que o uso de uma versão breve da HAMD pode ser uma possibilidade adequada e que os sintomas depressivos se mostraram similares entre os grupos de bipolares e depressivos.

Palavras-chave : Depressão; escalas de graduação psiquiátrica; psicometria; estudos de seguimento.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )