SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.69 número2Prevalência e correlatos do transtorno de ansiedade generalizada em idosos atendidos em atenção primária índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Jornal Brasileiro de Psiquiatria

versão impressa ISSN 0047-2085versão On-line ISSN 1982-0208

Resumo

SILVA, Rafael de Assis da; TANCINI, Marcelo Baggi; CHENIAUX, Elie  e  MOGRABI, Daniel C.. Metacognição no transtorno bipolar: uma revisão sistemática. J. bras. psiquiatr. [online]. 2020, vol.69, n.2, pp.131-139.  Epub 30-Abr-2020. ISSN 1982-0208.  https://doi.org/10.1590/0047-2085000000264.

Objetivo

Realizar uma revisão sistemática investigando a metacognição no transtorno bipolar (TB). Os objetivos secundários incluem explorar os correlatos clínicos e sociodemográficos da metacognição no TB e como a metacognição varia de acordo com o estado afetivo, estabelecer uma comparação com outros transtornos mentais e investigar se as intervenções metacognitivas no TB são eficazes ou não.

Métodos

Realizou-se uma revisão sistemática da literatura científica sobre a metacognição em pacientes com TB. Foram buscados estudos clínicos originais sobre o tema nas bases de dados Medline, ISI , PsycINFO e SciELO. Os termos de busca empregados foram: “metacognition” OR “metacognitive” OR “metamemory” AND “bipolar” OR “mania” OR “manic” .

Resultados

Foram selecionados nove artigos. A metacognição parece estar mais prejudicada no TB do que em controles e menos prejudicada do que na esquizofrenia. Por sua vez, parece não haver diferença entre bipolares e deprimidos unipolares quanto à capacidade metacognitiva. Maior nível educacional e maior duração da doença parecem estar associados a uma melhor capacidade metacognitiva, enquanto a maior gravidade dos sintomas de TB está associada a uma pior metacognição. O treinamento metacognitivo em pacientes com TB é uma perspectiva clínica promissora.

Conclusão

Os estudos sobre metacognição no TB são escassos, mas a literatura existente indica possíveis fatores clínicos e sociodemográficos associados a pior metacognição no transtorno, sugerindo também que intervenções terapêuticas metacognitivas podem ser clinicamente relevantes para o manejo do TB.

Palavras-chave : Metacognição; metacognitivo; metamemória; bipolar; mania.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )