SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número1Fungos micorrízicos arbusculares em um latossolo vermelho sob manejos e usos no cerradoIntervalo hídrico ótimo como indicador de melhoria da qualidade estrutural de latossolo degradado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciência do Solo

versão On-line ISSN 1806-9657

Resumo

BAQUERO, José Euripides et al. Propriedades físicas de solo e crescimento radicular de cana-de-açúcar em um latossolo vermelho. Rev. Bras. Ciênc. Solo [online]. 2012, vol.36, n.1, pp.63-70. ISSN 1806-9657.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-06832012000100007.

A cana-de-açúcar é, na atualidade, uma das culturas de maior importância no agronegócio brasileiro, a qual envolve o uso de máquinas agrícolas em todas as fases do cultivo - do preparo do solo até a colheita. O objetivo deste trabalho foi estudar os atributos físicos e o crescimento de raízes em Latossolo Vermelho eutroférrico cultivado com cana-de-açúcar por diferentes períodos de tempo. O estudo foi conduzido em uma área de produção de cana-de-açúcar em Rolândia, Paraná, com diferentes tratamentos (número de cortes: 1, 3, 8, 10 e 16); a colheita foi realizada com cana queimada e corte manual, determinando-se: densidade, macro e microporosidade, resistência do solo à penetração, densidade do solo, densidade de comprimento e área de raízes. Conclui-se que as práticas de manejo na cultura da cana-de-açúcar promovem alterações na resistência, densidade e porosidade do solo, em comparação com a mata nativa; essas alterações nos atributos físicos foram impeditivas ao pleno desenvolvimento radicular da cana-de-açúcar além de 10 cm de profundidade, em todos os períodos de cultivo analisados.

Palavras-chave : Saccharum spp; compactação; monocultivo.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons