SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 número11Métodos de inoculação em casa de vegetação, para avaliação da resistência da soja à síndrome da morte súbitaDesempenho de clones de copa de seringueira resistentes ao mal-das-folhas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pesquisa Agropecuária Brasileira

versão impressa ISSN 0100-204Xversão On-line ISSN 1678-3921

Resumo

GRUNVALD, Anna Karolina; CARVALHO, Claudio Guilherme Portela de; OLIVEIRA, Ana Cláudia Barneche de  e  ANDRADE, Carlos Alberto de Bastos. Adaptabilidade e estabilidade de genótipos de girassol no Brasil Central. Pesq. agropec. bras. [online]. 2008, vol.43, n.11, pp.1483-1493. ISSN 1678-3921.  https://doi.org/10.1590/S0100-204X2008001100006.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a adaptabilidade e estabilidade de genótipos de girassol, no Brasil Central, quanto ao rendimento de grãos e de óleo. Os dados foram obtidos de ensaios de genótipos de girassol coordenados pela Embrapa Soja, de 2004 a 2007. Foram usados os métodos de Eberhart & Russell, Porto et al., Rocha et al. e Annicchiarico. Foi realizada a decomposição do índice de recomendação de Annicchiarico nos ambientes favoráveis e desfavoráveis. Este método e o de Porto et al. foram similares e mais adequados para avaliar a adaptabilidade dos genótipos. Em relação ao rendimento de grãos, as variedades BRSGira 02 e Nutrissol apresentaram adaptação ampla. Os híbridos Agrobel 959, MG50 e V03005 e as variedades Catissol e Multissol apresentaram adaptação aos ambientes favoráveis, e os híbridos BRHS 02 e BRHS 04 apresentaram adaptação aos ambientes desfavoráveis. Quanto ao rendimento de óleo, os híbridos Agrobel 959, V03005, MG50, VDH 487, EXP 1441, EXP 1447 e EXP 1446 e as variedades BRSGira 01, BRSGira 02 e Nutrissol apresentaram adaptação ampla. O híbrido MG52 e as variedades Catissol e Multissol mostraram adaptação aos ambientes favoráveis, e BRHS 04 e BRHS 02 mostraram adaptação aos ambientes desfavoráveis. Os genótipos selecionados mostraram-se estáveis, mas em níveis diferenciados.

Palavras-chave : Helianthus annuus; interação genótipo e ambiente; melhoramento genético.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons