SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.44 número8Comunidades de minhocas em um ecótono entre floresta e campo arável e suas relações com as propriedades do soloMinhocas do Mato Grosso e novos registros de espécies do estado índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Pesquisa Agropecuária Brasileira

versão impressa ISSN 0100-204Xversão On-line ISSN 1678-3921

Resumo

BARTZ, Marie Luise Carolina et al. Comunidades de minhocas em cultivo de café orgânico e convencional. Pesq. agropec. bras. [online]. 2009, vol.44, n.8, pp.928-933. ISSN 1678-3921.  https://doi.org/10.1590/S0100-204X2009000800019.

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do cultivo de café orgânico e convencional sobre a biomassa, densidade populacional e diversidade de minhocas em Lerroville, distrito de Londrina, Paraná. A comunidade de minhocas foi avaliada em três áreas de cultivo orgânico (CO1, CO2, CO3), duas áreas em cultivo convencional (CC1 e CC2) e um fragmento de mata nativa (MT). O solo das áreas CO1, CC1 e MT foi classificado como Nitossolo Vermelho e o solo das áreas CO2, CO3 e CC2 como Latossolo Vermelho. Oito amostras foram coletadas em cada área, em dois períodos, inverno e verão, pelo método do Tropical Soil Biology and Fertility (TSBF), na camada 0-20 cm. As minhocas foram separadas manualmente e preservadas em formol 4%, e, depois, foram pesadas, contadas e identificadas. A biomassa das minhocas, nas amostragens de inverno e de verão, foi maior na área CO3. A densidade populacional foi maior nas áreas CO1 e CO3. O maior número de espécies foi identificado nos cultivos orgânicos. A adoção de práticas orgânicas, no cultivo do café, favoreceu a diversidade, densidade populacional e biomassa das comunidades de minhocas.

Palavras-chave : biomassa; cultivo convencional; diversidade; Oligochaeta; cultivo orgânico; densidade populacional.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons