SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Reação de cultivares de morangueiro ao oídio sob condições de casa de vegetaçãoAnálise do custo de produção e lucratividade na cultura de pinha (Annona squamosa L.) na região de Jales-SP, ano agrícola 2001-2002 índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945versão On-line ISSN 1806-9967

Resumo

GIOLO, Fabrizio Pinheiro et al. Seletividade de agrotóxicos indicados na produção integrada de pêssego a Trichogramma pretiosum Riley, 1879 (Hymenoptera: trichogrammatidae). Rev. Bras. Frutic. [online]. 2005, vol.27, n.2, pp.222-225. ISSN 1806-9967.  https://doi.org/10.1590/S0100-29452005000200010.

A seletividade de agrotóxicos indicados nas Normas Técnicas Específicas da Produção Integrada de Pêssego (NTE-PIP) foi avaliada sobre Trichogramma pretiosum Riley, utilizando-se da metodologia padronizada internacionalmente pela International Organization for Biological and Integrated Control of Noxious Animals and Plants (IOBC). Os agrotóxicos (% ingrediente ativo na calda) Orthocide 500 (0,120) e Persist SC (0,160) foram classificados como inócuos; Hokko Cihexatim 500 (0,025) e Roundup WG (1,387) foram levemente nocivos; Assist (1,512) foi moderadamente nocivo; Sevin 480 SC (0,173), Tiomet 400 CE (0,048), Dipterex 500 (0,150) e Kumulus DF (0,480) foram nocivos a adultos de T. pretiosum no teste de toxicidade inicial em laboratório.

Palavras-chave : seletividade fisiológica; parasitóide de ovos; pesticidas; controle biológico; pessegueiro.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons