SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue5Pequi Kernel oil extraction by hydraulic pressing and its characterizationTipping off pruning and use of biofertilizer in the growth of pecan trees author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Fruticultura

Print version ISSN 0100-2945On-line version ISSN 1806-9967

Abstract

ALVAREZ, Gloria Edith Guerrero et al. Caracterização genética, físico-química e avaliação da atividade antioxidante de cultivares comerciais de abacate de Risaralda, Colômbia. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2020, vol.42, n.5, e-593.  Epub Sep 04, 2020. ISSN 1806-9967.  https://doi.org/10.1590/0100-29452020593.

Esta pesquisa teve como objetivo realizar a caracterização molecular de cultivares comerciais de abacate Papelillo (Persea americana cv. Lorena) do município de Marsella (Risaralda, Colômbia); bem como a caracterização físico-química e avaliação da atividade antioxidante da polpa e da semente. Realizou-se uma avaliação de 50 indivíduos entre variedades comerciais e possíveis padrões utilizando 17 marcadores microssatélites. Analisou-se a composição centesimal da polpa e avaliou-se o perfil de ácidos graxos dos óleos, o conteúdo fenólico total e a atividade antioxidante pelos métodos DPPH e FRAP. A partir da análise de cluster, índice de dados e análise de coordenadas principais, tornou-se evidente que todos os indivíduos mostraram uma tendência de agrupar por populações. Além disso, a polpa revelou altos teores de fibras (4.96 a 20.64%) e umidade (80.75 a 82.96%); no entanto, mostrou baixo teor de óleo (5.97-6.56%). O ácido graxo encontrado na maior proporção no óleo de semente é o ácido linoléico e o do óleo de polpa é o ácido oleico. A atividade antioxidante pelo método DPPH que o óleo de semente (87.87 a 91.04%) apresentou maior inibição em relação ao óleo de polpa (20.34% e 24.43%): essa mesma tendência foi observada pelo método FRAP. Com relação ao conteúdo de fenóis totais, o óleo de semente (31.94 a 76.30 mg de GAE g-1) tem um valor mais alto que a polpa (30.18 a 54.30 mg de GAE g-1). O conjunto de amostras foi caracterizado como uma fonte significativa de variabilidade genética, graças às excelentes alternativas que eles fornecem como porta-enxertos para variedades comerciais, como as cultivares ‘Lorena’. A classificação química realizada neste estudo é de grande importância, devido à falta de informações sobre o óleo do abacate ‘Papelillo’ cultivado em diferentes regiões da Colômbia.

Keywords : Ácidos graxos; antioxidantes; DNA; fenóis totais; microssatélites; Persea americana Mill.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )