SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue1A new method for intraoperative localization of epilepsy focus by means of a gamma probeSonography of the iliotibial band: spectrum of findings author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Radiologia Brasileira

Print version ISSN 0100-3984On-line version ISSN 1678-7099

Abstract

BRASILEIRO JUNIOR, Vilson Lacerda et al. Confiabilidade da radiografia panorâmica digital no diagnóstico de calcificações na artéria carótida. Radiol Bras [online]. 2014, vol.47, n.1, pp.28-32. ISSN 1678-7099.  https://doi.org/10.1590/S0100-39842014000100011.

Objetivo

O presente estudo avaliou a confiabilidade da radiografia panorâmica digital no diagnóstico de calcificações na artéria carótida.

Materiais e Métodos

Trinta e cinco pacientes de alto risco para o desenvolvimento de calcificações na artéria carótida que tinham a radiografia panorâmica digital foram encaminhados para realização do exame de ultrassonografia. Assim, 70 artérias foram avaliadas pelos dois exames. Os principais parâmetros utilizados para avaliar a confiabilidade da radiografia panorâmica no diagnóstico de calcificações na artéria carótida foram a precisão, a sensibilidade, a especificidade e o valor preditivo positivo desse método quando comparado à ultrassonografia. Além disso, o teste de McNemar foi utilizado para verificar se existia diferença estatisticamente significante entre a radiografia panorâmica digital e ultrassonografia.

Resultados

De acordo com a ultrassonografia, 17 (48,57%) pacientes apresentavam calcificações na artéria carótida. Esses indivíduos apresentavam um total de 29 (41,43%) artérias carótidas atingidas por calcificações. O exame radiográfico foi preciso em acertar 71,43% (n = 50) dos casos avaliados. O grau de sensibilidade desse método foi 37,93%, especificidade de 95,12% e valor preditivo positivo de 84,61%. Além disso, foi verificada diferença estatisticamente significante (p < 0,001) entre os exames avaliados na capacidade de diagnosticar calcificações na artéria carótida.

Conclusão

A radiografia panorâmica digital não deve ser indicada como exame de excelência para investigação da presença de calcificações na artéria carótida.

Keywords : Calcificação na artéria carótida; Estágio final da doença renal; Radiografia panorâmica; Ultrassonografia.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )