SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 número4Repercussões do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) na Reforma Curricular de Escolas Médicas Participantes do Programa de Incentivos às Mudanças Curriculares dos Cursos de Medicina (Promed)Avaliação das Atitudes de Estudantes da Área da Saúde em relação a Pacientes Esquizofrênicos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Educação Médica

versão impressa ISSN 0100-5502versão On-line ISSN 1981-5271

Resumo

SILVA, Jocekleyton Ramalho da et al. Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação no Curso de Medicina da UFRN. Rev. bras. educ. med. [online]. 2015, vol.39, n.4, pp.537-541. ISSN 1981-5271.  https://doi.org/10.1590/1981-52712015v39n4e02562014.

Está claro na literatura que as Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) oferecem um ambiente acadêmico virtual que melhora a interação entre docentes e alunos. Baseado nisto, nosso trabalho descreveu de que modo o estudante de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte utiliza as TICs. Também investigou quais dessas ferramentas são utilizadas e a interferência da língua inglesa emseu uso. Esta pesquisa éum estudo descritivo de delineamento transversal, cujo instrumento de coleta de dados foi um questionário autoaplicável, padronizado e anônimo.Ao final do estudo, obteve-se uma taxa geral de respostas de 82% (n = 489). Verificou-se que as redes sociais são utilizadas por quase a totalidade dos estudantes (97,3%), que há um uso mais frequente de artigos científicos para o aprendizado ao longo dos períodos e que o uso majoritário da língua inglesa nessas ferramentas não constitui uma barreira para a maior parte da amostra (72%).

Palavras-chave : Tecnologia; Educação Médica; Ensino; Rede Social.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )