SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue5Transhiatal esofagectomy for adenocarcinoma of the esophagusNeuroendocrine tumors of the gastrointestinal tract author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões

Print version ISSN 0100-6991On-line version ISSN 1809-4546

Abstract

CAMARGO, José Gonzaga Teixeira; RAPOPORT, Abrão; CHAGAS, José Francisco Salles  and  AQUINO, José Luis Braga. Viabilidade do retalho miofascial (RMF) de grande peitoral em cabeça e pescoço: estudo de 14 casos. Rev. Col. Bras. Cir. [online]. 1999, vol.26, n.5, pp.299-304. ISSN 1809-4546.  https://doi.org/10.1590/S0100-69911999000500009.

A maioria dos retalhos utilizados na reconstrução dos grandes defeitos pós-tratamento cirúrgico isolado ou  associado à radioterapia no câncer da cabeça e pescoço levou os autores a estudar a viabilidade do RMF em 14 pacientes, atendidos no Serviço de Cabeça e Pescoço do Hospital Celso Pierro, PUCCAMP, Campinas. Todos eram portadores de lesões epidermóides avançadas no estádio IV, localizadas na boca (dez), hipofaringe (dois), laringe (um) e pescoço (um). Através do teste exato de Fisher (p< 0,05), aferiu-se a existência ou não da relação da viabilidade do RMF com a idade, estado nutricional, tratamento prévio. Nestes 14 pacientes, foram empregados 16 retalhos, 13 deles viáveis (81,2%) e três (18,8%) com necrose total, não havendo associação entre a viabilidade e a necrose e a idade (p=1,0). Quanto à relação com o tratamento prévio com quimioterapia (três casos) e radioterapia (dois casos), estes não foram significantes (p=0,547).

Keywords : Retalho miofascial; Músculo Grande Peitoral; Reconstrução.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License