SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 número5Estudo cintilográfico da circulação esplênica em ratosOferta e utilização de serviços de hemodinâmica no estado do Rio de Janeiro, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões

versão impressa ISSN 0100-6991versão On-line ISSN 1809-4546

Resumo

FIORELLI, Stênio Karlos Alvim et al. Efeitos da suplementação suprafisiológica de b-caroteno em ratos espontaneamente hipertensos (SHR e SHR-sp). Rev. Col. Bras. Cir. [online]. 2014, vol.41, n.5, pp.351-355. ISSN 1809-4546.  https://doi.org/10.1590/0100-69912014005010.

Objetivo:

investigar o efeito da administração suprafisiológica de bcaroteno sobre parâmetros biológicos, laboratoriais e histológicos dos ratos espontaneamente hipertensos com tendência ao acidente vascular encefálico (SHR-sp).

Métodos:

utilizaram-se 36 ratos machos, distribuídos em três grupos, contendo cada um dos 12 ratos das linhagens Wistar, SHR e SHR-sp, subdivididos em seis animais controle e seis animais tratados com doses suprafisiológicas de âcaroteno por dois períodos de dez semanas, intercalados por uma semana de interrupção. No experimento foram avaliados diariamente o exame físico e a pressão arterial. Foi coletado sangue para dosagem sérica de malondialdeído; o fígado e as artérias carótidas para exame histológico.

Resultados:

alteração provisória na coloração dos pelos, diminuição significativa (p<0,0001) da pressão arterial (suplementação de 20mg de bcaroteno) e dos níveis séricos de malondialdeído (p<0,05) e aumento da quantidade de fibras elásticas na parede carotídea dos ratos SHR e SHR-sp.

Conclusão:

A suplementação suprafisiológica de bcaroteno não causou efeitos tóxicos, apresentou resposta positiva na modulação da pressão arterial e diminuição na concentração sérica de malondialdeído. Não foram encontradas alterações morfológicas significativas nos grupos estudados, exceto um aumento no número de fibras elásticas da camada muscular carotídea sugerindo elastose nos ratos SHR e SHR-sp.

Palavras-chave : Estresse oxidativo; Malondialdeído; Betacaroteno; Ratos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )