SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 número3Método mecânico de indução do parto em gestantes de alto risco com cesariana anteriorManejo pré-natal da hérnia diafragmática congênita: presente, passado e futuro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia

versão impressa ISSN 0100-7203

Resumo

BGEGINSKI, Roberta; ALMADA, Bruna Pereira  e  KRUEL, Luiz Fernando Martins. Respostas da frequência cardíaca fetal durante exercício de força materno: um estudo piloto. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. [online]. 2015, vol.37, n.3, pp.133-139. ISSN 0100-7203.  http://dx.doi.org/10.1590/SO100-720320150005132.

OBJETIVO:

O objetivo do presente estudo foi determinar a frequência cardíaca fetal (FCF) enquanto gestantes realizavam exercícios de força para os membros superiores e inferiores, com dois volumes diferentes, e 25 minutos pós-exercício.

MÉTODOS:

Dez gestantes (22-24 semanas, 25,2±4,4 anos, 69,8±9,5 kg, 161,6±5,2 cm) realizaram as seguintes sessões experimentais com 22-24, 28-32 e 34-36 semanas de gestação: A Sessão 1 foi a familiarização com os equipamentos e determinação de uma repetição máxima estimada. Para as Sessões 2, 3, 4 e 5, foi determinada a FCF durante a execução do exercício de força nos equipamentos extensão de joelhos bilateral e voador, com 1 e 3 séries de 15 repetições e carga de 50% de uma repetição máxima estimada. A FCF foi avaliada com um cardiotocógrafo digital portátil. Os resultados foram analisados com teste t de Student, ANOVA com medidas repetidas e Bonferroni (α=0,05; SPSS 17.0).

RESULTADOS:

A FCF não demonstrou diferença significativa entre os exercícios com 22-24 semanas (extensão de joelhos bilateral=143,8±9,4 bpm, voador=140,2±10,2 bpm, p=0,34), 28-30 semanas (extensão de joelhos bilateral=138,4±12,2 bpm, voador=137,6±14,0 bpm, p=0,75) e 34-36 semanas (extensão de joelhos bilateral=135,7±5,8 bpm, voador=139,7±13,3 bpm, p=0,38), entre os volumes (extensão de joelhos bilateral com 22-24 semanas: p=0,36, 28-30 semanas: p=0,19 e 34-36 semanas: p=0,87; voador com 22-24 semanas: p=0,43, 28-30 semanas: p=0,61 e 34-36 semanas: p=0,49) e 25 minutos pós-exercícios.

CONCLUSÃO:

Os resultados deste estudo piloto podem sugerir que o exercício de força materno é seguro para o feto.

Palavras-chave : Gestação; Feto; Frequência cardíaca fetal/fisiologia; Exercício/fisiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )